Aprendizagem por meio de interações em Objetos de Aprendizagem no ensino de Física a partir de princípios do Design Instrucional

Autores

Palavras-chave:

Ensino de Física, Tipos de interações, Ambientes Multimodais, Processamento cognitivo.

Resumo

Neste trabalho foram analisadas interações presentes em Objetos de Aprendizagem em propostas direcionadas ao ensino de Física e divulgadas em artigos no Portal de Periódicos da Capes. As análises tiveram foco nos tipos de interações de ambientes multimodais de aprendizagem elencados por Moreno e Mayer (2007), evidenciando os princípios do Design Instrucional, responsáveis pelo gerenciamento do processamento cognitivo do aprendiz, relacionado a cada interação. Entre os resultados do estudo, destacam-se as potencialidades dos Objetos de Aprendizagem relativas ao processo de aprender e a possibilidade de que as pesquisas reflitam sobre o uso da tecnologia computacional no ensino de Física, uma vez que a sociedade atual se encontra cada vez mais submersa nos aparatos tecnológicos.

Learning through interactions in Learning Objects in Physics teaching from principles of Instructional Design

Abstract

In this work we analyzed the interactions present in Learning Objects in proposals aimed at teaching physics, and published in articles on the Capes Periodicals Portal. The analysis focused on the types of interactions of multimodal learning environments, listed by Moreno and Mayer (2007), highlighting the principles of Instructional Design responsible for managing the cognitive processing of the learner, related to each interaction. Among the results of the study, we highlight the potential of Learning Objects related to the learning process, and the possibility that research reflect on the use of computer technology in Physics teaching, since the current society is increasingly submerged in technological devices.

Keywords: Physics teaching. Types of interactions. Multimodal Environments. Cognitive Processing.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBINI, F. L. P.; GONZALEZ-BORRERO, P. P. Sistema Web de Ensino voltado aos conteúdos da Física. Sistemas, Cibernética e Informática, Paraná, v.7, n.2, 2010.

BRAGA, J. (Org.). Objetos de aprendizagem Volume 1: introdução e fundamentos. Editora da UFABC, Santo André, 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Sobre a doença. 2020. Disponível em: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#interna Acesso em: 15 maio 2020.

BULEGON, A.; TAROUCO, L. M. R. Contribuições dos objetos de aprendizagem para ensejar o desenvolvimento do pensamento crítico nos estudantes nas aulas de Física. Ciência & Educação, Bauru, v. 21, n. 3, p. 743-763, 2015.

COSTA, H. R. Investigando a produção de significados sobre os números quânticos, as formas dos orbitais e as transições eletrônicas do modelo quântico por meio das ferramentas socioculturais. 2016. 296 f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP, 2016.

COSTA, H. R.; SOUZA, A. R. A produção de significados no modelo quântico por meio de ferramentas socioculturais: uma proposta analítica da aprendizagem. Ensino e Multidisciplinaridade, São Luís, v. 3, n. 1, p. 17-37, 2017.

COSTA, O. S.; RAMOS, E. M. F. Jogos eletrônicos e Ensino de Física: estudo de algumas possibilidades. Revista de Enseñanza de la Física, Córdoba, v. 27, n. extra, p. 559-565, 2015.

ESCANHOELA, F. M.; STUDART, N. O que os professores pensam sobre o Pion, o Portal SBF de Ensino e Divulgação da Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 29, n. especial 1, p. 390-419, 2012.

FLÔRES, M. L. P. I.; TAROUCO, L. M. R. Diferentes tipos de objetos para dar suporte a aprendizagem. RENOTE, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2008.

GALAFASSI, F. P.; GUZ, J. C.; GALAFASSI, C. Análise crítica das pesquisas recentes sobre as tecnologias de objetos de aprendizagem e ambientes virtuais de aprendizagem. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre, v. 21, n. 3, p. 41-52, 2013.

GIORDAN, M. Computadores e linguagens nas aulas de ciências. Ijuí: Unijuí, 2008.

LAGRECA, M. C. B. et al. Estudo do Lançamento Vertical: uma proposta de ensino por meio de um objeto de aprendizagem. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 29, n. especial 1, p. 543-561, 2012.

MACÊDO, J. A. et al. Levantamento das abordagens e das tendências dos trabalhos sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação apresentados no XIX Simpósio Nacional de Ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 31, n. 1, p. 167-197, abr. 2014.

MORENO, R.; MAYER, R. Interactive multimodal learning environments. Educational Psychology Review, Berlin, v. 19, n. 3, p. 309-326, 2007.

PEDUZZI, L. O. Q.; TENFEN, D. N.; CORDEIRO, M. D. Aspectos da natureza da ciência em animações potencialmente significativas sobre a história da física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 29, n. Especial 2, p. 758-786, 2012.

PESSANHA, M. C. R.; COZENDEY, S. G.; SOUZA, M. O. Desenvolvimento de uma ferramenta para o ensino de Física experimental a distância. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 32, n. 4, 2010.

PRENSKY, M. Digital natives, digital immigrants. On the Horizon, Bradford, v. 9, n. 5, 2001.

PRENSKY, M. Aprendizagem baseado em jogos digitais. São Paulo: Editora Senac, 2012.

RICARDO, E. C. Educação CTSA: obstáculos e possibilidades para sua implementação no contexto escolar. Ciência & Ensino, Piracicaba, v. 1, 2007.

RICARDO, E. C.; FREIRE, J. C. A. A concepção dos alunos sobre a física do ensino médio: um estudo exploratório. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 251-266, 2007.

SAUERWEIN, R. A.; SAUERWEIN, I. P. S. Objeto de aprendizagem: máquinas térmicas. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 29, p. 812-830, 2012.

SILVA, J. R.; GERMANO, J. S. E; MARIANO, R. S. SimQuest–ferramenta de modelagem computacional para o ensino de física. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 33, n. 1, p. 01-088, 2011.

SILVA, S. R.; MELO, C. A. S. A utilização da simulação “Força e Movimento” da Plataforma PhET, como recurso didático no processo de ensino-aprendizagem no Ensino Médio. Revista Educação e Emancipação, São Luís, p. 257-277, 2016.

SILVA, T. Um jeito de fazer hipermídia para o Ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 29, n. Especial-2, 2012.

SIQUEIRA, L. M.; TORRES, P. L. O ensino híbrido da eletricidade utilizando objetos de aprendizagem na engenharia. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 27, n. 2, p. 334-354, 2010.

SOUZA, E. J.; MELLO, L. A. O uso de jogos e simulação computacional como instrumento de aprendizagem: campeonato de aviões de papel e o ensino de Hidrodinâmica. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 34, n. 2, p. 530-554, 2017.

VEEN, W.; VRAKKING, B. Homo Zappiens: educando na era digital. Porto Alegre: Artmed, 2009.

WERTSCH, J. V. Voices of the mind: a sociocultural approach to mediated action. Cambridge: Harvard University Press, 1991.

WERTSCH, J. V. Mind as action. New York: Oxford University Press, 1998.

Downloads

Publicado

2021-05-24

Como Citar

Ribeiro, L. A., Costa, H. R., & Lima, M. C. A. (2021). Aprendizagem por meio de interações em Objetos de Aprendizagem no ensino de Física a partir de princípios do Design Instrucional. Ensino &Amp; Multidisciplinaridade, 6(2), 82–93. Recuperado de http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/ens-multidisciplinaridade/article/view/16661

Edição

Seção

Artigos