Composição Histórica de Estudos do Comportamento da Paridade nas Interações Fracas

da Teoria de Fermi à Teoria V - A

Autores

  • Marcia da Costa Universidade Federal do Espírito Santo
  • Irinéa de Lourdes Batista Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.18764/2447-5777v8n1.2022.5

Palavras-chave:

Composição Histórica, Paridade, Interações Fracas, Decaimento β

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de apresentar uma composição histórica a respeito de estudos que tenham investigado o comportamento da paridade nas interações fracas, que representam uma relevante contribuição na área de física de partículas, culminando na reformulação da teoria que descrevia as interações fracas e posteriormente inspirando os estudos que levaram a elaboração da Teoria Eletrofraca. Neste artigo, será apresentado o problema que levou à discussão da conservação da paridade nas interações fracas e às proposições teóricas e experimentais que ajudaram a elucidar a questão da conservação, ou não, da paridade nas interações fracas. Este estudo foi elaborado com base nos pressupostos da elaboração de uma composição histórica e de pesquisas em História da Ciência, prezando pelas fontes primárias e secundárias, seguindo os princípios de inteligibilidade, valores cognitivos e fidedignidade, que resultam em um material que reúne elementos históricos, epistemológicos, axiológicos e científicos para a inteligibilidade de um conteúdo científico com objetivo pedagógico e de disseminação de conhecimentos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcia da Costa, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora na Universidade Federal do Espírito Santo, pelo departamento de Química e Física, doutora e mestre em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela UEL e licenciada em Física pela UNICENTRO. Atua em áreas relacionadas ao ensino de Física. 

Irinéa de Lourdes Batista, Universidade Estadual de Londrina

Graduada em Física, modalidade Licenciatura, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestre em Ensino de Ciências (Modalidade Física e Química) pela Universidade de São Paulo (1992), doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo/ Université Paris VII (1999), com pós-doutorado em Ciência, Tecnologia e Sociedade no Massachusetts Institute of Technologie (MIT), no período de 2009/10. Atualmente é Professora Associada no Departamento de Física da Universidade Estadual de Londrina (UEL), com atuação em cursos de graduação em Física, de especilaização em Ensino de Física e em História e Filosofia da Ciência, e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado e Mestrado) em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PECEM). 

Referências

ABDALLA, M. C. B. Sobre o Discreto Charme das Partículas Elementares. Física na Escola, v. 6, n. 1, p. 38-44, 2005.

BASSALO J. M F. Partículas Elementares: do átomo grego à supercorda. In: CARUSO, F.; SANTORO, A. Do átomo grego à Física faz Interações Fundamentais. Rio de Janeiro: Editora Aiafex, 1994.

BATISTA, I. L. A teoria universal de Fermi: da sua formulação inicial até a reformulação V-A. 1999. 122 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Departamento de Filosofia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.

BATISTA, I. L. A teoria de Fermi para o decaimento beta: da sua formulação inicial à sua universalização. In: PESSOA JR. O. (org.). Fundamentos da Física 2: Simpósio David Bohm. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2001. p. 107-118.

BATISTA, I. L. O ensino de teorias físicas mediante uma estrutura histórico-filosófica. Ciência e Educação, Bauru, v. 10, n. 3, p. 461-476, 2004. https://doi.org/10.1590/S1516-73132004000300010

BATISTA, I. L. As partículas estranhas e a Teoria Universal de Fermi. In: PIETROCOLA, M.; FREIRE JR., O. (orgs.). Filosofia, ciência e história: uma homenagem aos 40 de colaboração de Michel Paty com o Brasil. São Paulo: Editora Discurso, 2005. p. 437-471.

BATISTA, I. L. History and philosophy of science improving interdisciplinary teacher knowledge. In: SEROGLOU, F.; KOULOUNTZOS, V.; SIATRAS, A. (eds.). Science and culture: promise, challenge and demand-proceedings of the 11th international IHPST and 6th Greek history, philosophy and science teaching joint conference. Thessaloniki: Epikentro Publications, 2011.

BATISTA, I. L. Uma adoção da história e filosofia da ciência no desenvolvimento dos saberes docentes interdisciplinares. In: BATISTA, I. L (org.). Conhecimentos e saberes na educação em ciências e matemática. Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 2016. 372 p.

BETHE, H. A. The meson theory of nuclear forces. Physical Review, v. 57, p. 260-272, 1940. https://doi.org/10.1103/PhysRev.57.260

BETHE, H. A.; NORDHEIM, L. W. On the theory of meson decay. Physical Review, v. 57, p. 998-1006, 1940. https://doi.org/10.1103/PhysRev.57.998

CHASE. C. T. The scattering of fast electrons by metal II. Polarization by double scattering at right angle. Physical Review, v. 36, 1930. https://doi.org/10.1103/PhysRev.36.1060

CHAVES, A. S. Desenvolvimento de um Criostato para Caracterização Elétricado GaAs Semi-isolante. 2012. 82 f. Dissertação (Mestrado em Materiais para Engenharia) – Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal de Itajubá. Itajubá, 2012.

CHIANG, T. C. Madame Chien-Shiung Wu: the first lady of Physics research. Tradução Frank Wong Tang-Fong. Singapore: World Scientific, 2014.

COSTA, M. Experimentos históricos em ambiente virtual: uma abordagem histórico-didática a respeito da teoria eletrofraca para o estudo de física de partículas no Ensino Superior. 2019. 423 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Centro de Ciências Exatas, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2019.

COSTA, M.; BATISTA, I. L. Abordagem histórico-didática para o ensino da teoria eletrofraca utilizando simulações computacionais de experimentos históricos. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 37, n. 1, p. 242-262, 2020. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p242

COSTA, M.; BATISTA, I. L. Composição histórica da teoria eletrofraca: da reformulação V-A à detecção dos bósons W+, W-e Z0. Ensino & Multidisciplinaridade, São Luís, v. 7, n. 1, p. 57-77, 2021. https://doi.org/10.18764/2447-5777v7n1.2021.4

COSTA, M. et al. Simulações virtuais de experimentos históricos para o ensino da teoria eletrofraca. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 38, n. 1, p. 346-404, 2021. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2021.e72923

COX, R. T. et al. Apparent evidence of polarization in a beam of β-rays. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 14, 1928. https://doi.org/10.1073/pnas.14.7.544

CREASE R. P.; MANN C. C. The second creation: makers of the revolution in twentieth century physics. New Jersey: Rutgers University Press, 1996.

FEYNMAN, R. P.; GELL-MANN, M. Theory of the Fermi Interactions. Physical Review, v. 109, p. 193-198, 1958. https://doi.org/10.1103/PhysRev.109.193

FORATO, T. C. M.; MARTINS, R. A.; PIETROCOLA, M. Enfrentando obstáculos na transposição didática da história da ciência para a sala de aula. In: PEDUZZI, L. O. Q.; MARTINS, A. F. P.; FERREIRA, J. M. H. (org.). Temas de história e filosofia da ciência no ensino. Natal: EdUFRN, 2012. v. 1. 372 p.

FORMAN, P. The fall of parity. The Physics Teacher, v. 20, n. 5, p. 281-288, 1982. https://doi.org/10.1119/1.2341037

FORTES, E. C. F. S.; TIJERO, M. C.; PLEITEZ, E. V. A descoberta das correntes neutras das interações fracas.

Revista Brasileira de Ensino de Física. São Paulo, v. 29, n. 3, p. 415-435, 2007. https://doi.org/10.1590/S1806-11172007000300014

FRANKLIN, A. The neglect of experiment. New York: Cambridge University Press, 1986.

FRANKLIN, A. Experiment right or wrong. New York: Cambridge University Press, 1990.

GARWIN, R. L.; LEDERMAN, L. M.; WEINRICH, M. Observation of the failure of conservation of parity and charge conjugation in meson decays: the magnetic moment of the free muon, Physical Review, v. 105, p. 1415, 1957. https://doi.org/10.1103/PhysRev.105.1415

HAMMOND, R. Chien-Shiung Wu: pioneering nuclear physicist. New York: Chelsea House Publications, 2010.

HUDSON, R. P. Reversal of the Parity Conservation Law in Nuclear Physics. In: LIDE, D. R. (ed.). A century of excellence in measurements, standards and technology. NIST Special Publication 958. Washington: NST, 2001.

LEE, T. D.; YANG, C. N. Mass degeneracy of the heavy mesons. Physical Review, v. 102, n. 1, p. 290-291, 1956. https://doi.org/10.1103/PhysRev.102.290

LEE, T. D.; YANG, C. N. Parity nonconservation and a two-component theory of the neutrino. Physical Review, v. 105, n. 5, 1957. https://doi.org/10.1103/PhysRev.105.1671

LEITE LOPES, J. J. Forty years of first attempt at the electroweak unification and of the prediction of the weak neutral boson Z0. preprint, Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, Rio de Janeiro, NF-022, 1998.

LESOV, A. The Weak FORCE: from Fermi to Feynman. preprint, arXiv, Ithaca, arXiv:0911.0058v1 [physics.hist-ph], 31, 2009.

MAIA FILHO, A.; SILVA, I. O experimento WS de 1950 e as suas implicações para a segunda revolução da mecânica quântica. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 41, p. e20180182-1-e20180182-10, 2019a. https://doi.org/10.1590/1806-9126-RBEF-2018-0182

MAIA FILHO, A.; SILVA, I. A trajetória de Chien-Shiung Wu e a sua contribuição à física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 36, p. 135-157, 2019b. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2019v36n1p135

MARTINS, A. F. P. História e filosofia da ciência no ensino: há muitas pedras nesse caminho. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 24, p. 112-131, 2007. https://doi.org/10.5007/%25x

PIRES, A. S. T.; CARVALHO, R. P. Por dentro do átomo: física de partículas para leigos. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2014.

PLEITEZ V. A física de partículas elementares e o Prêmio Nobel de Física de 2008. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 30, n. 4, p. 4301, 2008. https://doi.org/10.1590/S1806-11172008000400001

SALAM, A. Unificação das forças fundamentais. In: SALAM, A.; DIRAC, P.; HEINSENBERG, W. (orgs.). Em busca da unificação. Lisboa: Editora Gradativa, 1991.

SEGRÈ, E. Dos raios-X aos quarks: físicos modernos e suas descobertas. Tradução W. H. Ferreira. Brasília: Universidade de Brasília, 1987. 345 p. (Coleção Pensamento Científico, n. 24.)

SZPAK, W. Detecção acústica do efeito magnetocalórico: parâmetros que influenciam a ciclagem térmica. 2009. 195 f. Tese (Doutorado em Física) – Centro de Ciências Exatas, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2009.

WU, C. S. Parity violation. In: NEWMAN, H. B.; YPSILANTIS, T. History of original ideas and basic discoveries in particle physics. New York: Plenum Press, 1996.

WU, C. S. et al. Experimental test of parity conservation in beta decay. Physical Review, v. 105, p. 1413-1415, 1957. https://doi.org/10.1103/PhysRev.105.1413

Downloads

Publicado

2022-09-17

Como Citar

COSTA, M. da; BATISTA, I. de L. Composição Histórica de Estudos do Comportamento da Paridade nas Interações Fracas: da Teoria de Fermi à Teoria V - A. Ensino & Multidisciplinaridade, São Luís, v. 8, n. 1, p. e0522, 1–14, 2022. DOI: 10.18764/2447-5777v8n1.2022.5. Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/ens-multidisciplinaridade/article/view/18731. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos