O PAPEL DE JESSE HAUK SHERA NO CURRÍCULO DA BIBLIOTECONOMIA BRASILEIRA = THE ROLE OF JESSE HAUK SHERA IN THE CURRICULUM OF BRAZILIAN LIBRARY

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2526-6160v21n1.2022.7

Palavras-chave:

Jesse Hauk Shera, Biblioteconomia brasileira, currículo

Resumo

Investiga a atuação da obra de Jesse Hauk Shera no currículo do ensino superior de Biblioteconomia no Brasil a partir da década de 1950. A análise parte da confirmação de uso da bibliografia do autor nas ementas dos cursos, por meio de pesquisa bibliográfica e documental. A interpretação ocorre a partir de um diálogo com Lemos (1973), Castro (2000), Souza (2018), estudiosos da história do ensino da Biblioteconomia, entre outros, de modo a compreender o contexto e a abrangência da obra de Shera. As ementas curriculares compõem as fontes documentais obtidas em diferentes universidades no país, como Universidade de São Carlos e Universidade Federal do Maranhão. Shera foi um dos intelectuais norte-americanos que influenciou a atualização da técnica e da teoria da Biblioteconomia no país e trouxe à tona novas concepções para os bibliotecários brasileiros sobre a interdisciplinaridade da ciência. Jesse Shera foi e ainda é um autor estudado nas academias, em particular pela dinamicidade de sua obra. Ao revisitar a sua teoria e os episódios do passado, é possível apreender as conjunturas que construíram a posição atual da Biblioteconomia Brasileira.

ABSTRACT

It investigates the work of Jesse Hauk Shera in the curricula of higher education of librarianship in Brazil since the 1950s. The analysis starts from the confirmation of the author's bibliography in the course menus, through bibliographic and documentary research. The interpretation occurs with dialogue with Lemos (1973), Castro (2000), Souza (2018) scholars of the history of the teaching of librarianship, among others, to understand the context and scope of Shera's work. The curricular menus compose the documental sources obtained in different universities in the country, such as Universidade de São Carlos and Universidade Federal do Maranhão. Shera was one of the American intellectuals who influenced the updating of the technique and theory of librarianship in the country, bringing to light new conceptions for Brazilian librarians about the interdisciplinarity of science. Jesse Shera was and still is an author studied in the academies for the dynamism of his work; revisiting his theory and the episodes of the past provides an understanding of the circumstances that built the current position of the Brazilian Librarianship.

Keywords: Jesse Hauk Shera; librarianship; curriculum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita de Cassia Lima Paiva, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Mestranda em Ciência da Informação pelo PPGCI IBICT-UFRJ. Especialização em Arquivologia pela Faculdade Dom Alberto. Especialização em Biblioteconomia e Gestão de Bibliotecas Escolares pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Diana Rocha da Silva, Universidade Federal do Maranhão

Professora do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Maranhão. Doutora em Educação Escolar - Unesp/Araraquara. Integrante do Núcleo de Estudo e Documentação em História da Eduação (NEDHEL).

Referências

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Correntes teóricas da Biblioteconomia. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, v. 9, n.1, p. 41-58,bjan./dez. 2013.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila; LAGE, Danilo Francisco de Souza; SOUZA, Ráisa Mendes Fernandes; ASSIS, Romênia Aparecida. A contribuição de J. H. Shera para a ciência da informação no Brasil. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.15, n.2, p. 71-89, jul./dez. 2010.

BRADFORD, Samuel Clement. Documentação. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

BRASIL. Ministério da educação. Diretrizes curriculares: cursos de graduação. Brasília, DF: [s.n.], 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/. Acesso em: 02 ago. 2020.

BROOKES, Bertram Claude. Jesse Shera and the theory of bibliography. Journal of Librarianship, v.5, n.4, out. 1973.

BROOKES, Bertram Claude. Jesse Shera and the theory of bibliography. In: Sage Journals. [S. l.], 1 out. 1973. Disponível em: https://journals.sagepub.com/. Acesso em: 31 out. 2019.

CASE Western Reserve University. The encyclopedia of Cleveland History. SHERA, Jesse Hauk. Ohio: [s. n.]. Disponível em: https://case.edu/. Acesso em: 24 jun. 2019.

CASTRO, César. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília, DF: Thesaurus, 2000

CHEGARÁ no dia 11 o deão da Western Reserve University. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, ano 28, n. 10658, p. 4, 9 ago. 1957. Disponível em: http://memoria.bn.br/. Acesso em: 24 ago. 2019.

ELIAS, Norbert. Introdução a Sociologia. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2008.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Bases de Dados na Pesquisa Agropecuária. Campinas, SP, 22 set. 1995. Disponível em:

https://www.bdpa.cnptia.embrapa.br/. Acesso em: 31 out. 2019.

FACULDADE DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Bibliografia. Brasília, DF: FCI, 2010. Disponível em: http://biblioteconomia.fci.unb.br/. Acesso em: 31 out. 2019.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Loyola, 2008.

FONSECA, Edson Nery da. Prefácio da edição brasileira. In: SHERA, Jesse Hauk. Catálogo sistemático: princípios básicos e utilização. Brasília, DF: Ed. Universidade de Brasília, DF, 1969.

FONSECA, Edson Nery da. Documentalistas em ação: ciências e técnicas a serviço da documentação. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2329, 31 ago./1 set., p. 7, 1957. Disponível em: http://memoria.bn.br/. Acesso em: 24 ago. 2019.

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO. Escola de Biblioteconomia. Programa de documentação. [São Paulo]: [s.n.], 1971.

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO. Escola de Biblioteconomia. Programa de documentação. [São Paulo]: [s.n.], 1972.

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO. Escola de Biblioteconomia. Bibliografia. [São Paulo]: [s.n.], 1973.

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO. Faculdade de Biblioteconomia e Documentação. Catalogação III. [São Paulo]: [s.n.], 1984.

GIMENO SACRISTÁN, José. O que significa o currículo? In: GIMENO SACRISTÁN, José. (org.). Saberes e incertezas sobre o currículo. Porto Alegre: Penso, 2013, p. 16-35.

GOMES, Winderson. [Re: Contato – Site]. Destinatário: Talita de Cássia Lima Paiva. São Luís, 18 dez. 2019. 1 mensagem eletrônica.

GRAMSCI, Antonio. Para a investigação do princípio educativo. In: Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

HENKLE, Herman H. Introdução. In: SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Catálogo sistemático: princípios básicos e utilização. Brasília, DF: UNB, 1969, p. 3.

LEITÃO, Bárbara Júlia Menezello. Bibliotecas públicas, bibliotecários e censura na era vargas e regime militar: uma reflexão. Rio de janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2011.

LEMOS, Antônio Agenor Brinquet de. Estado atual do ensino da Biblioteconomia no Brasil e a questão da Ciência da Informação. Revista de Biblioteconomia de Brasília, v. 1, n. 1, p. 51-58, 1 jan. 1973. Disponível em: https://periodicos.unb.br/. Acesso em: 02 ago. 2020.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 2006.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003. Disponível em: https://docente.ifrn.edu.br/. Acesso em: 18 nov. 2019.

MOURA, Washington José de Almeida. A propósito da vinda do professor Shera ao Brasil. IBBD Boletim Informativo, Rio de Janeiro, v. 3, n. 34, p. 165168, maio/ago. 1957.

ODDONE, Nanci. Revisitando a “epistemologia social”: esboço de uma ecologia sociotécnica do trabalho intelectual. Ciência da Informação, Brasília, v. 36, n. 1, p. 108-123, jan./abr. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/. Acesso em: 31 out. 2019.

OLIVEIRA, Marlene; CARVALHO, Gabrielle Francinne; SOUZA, Gustavo Tanus. Trajetória do ensino da biblioteconomia no Brasil. Informação e Sociedade: estudos, João Pessoa, v.19, n.3, p. 13-24, set./dez. 2009. Disponível em: https://www.brapci.inf.br/. Acesso em: 16 jun. 2019.

ORTEGA, Cristina Dotta. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. DataGramaZero, v. 5, n. 5, out. 2004.

PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Fontes ou recursos de informação: categorias e evolução conceitual. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia. Rio de Janeiro, v.1, n.1, 2006. Disponível em: https://ridi.ibict.br/. Acesso em: 12 set. 2018.

REVISTA DE BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Sobre esta revista. In: SAGE JOURNALS. [S. l.]. Disponível em: https://journals.sagepub.com/. Acesso em: 31 out. 2019.

ROLDÃO, Maria do Céu; ALMEIDA, Sílvia de. Gestão curricular: para autonomia das escolas e professores. [s. l.]: Ministério da Educação: 2018. Disponível em: https://www.dge.mec.pt/. Acesso em: 31 out. 2019.

RUSSO, Laura Garcia Moreno. A biblioteconomia brasileira 1915 - 1965. Rio de Janeiro: Instituto nacional do livro, 1966.

SHERA, Jesse Hauk. Sobre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. In: GOMES, H. E., org. Ciência da Informação ou informática? Rio de Janeiro: Calunga, 1980. p. 91-105.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Exame atual da Biblioteconomia e da Documentação. In: BRADFORD, S.C. Documentação. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961. p.15-61.

SHERA, Jesse Hauk. Bibliographie organization. Chicago: University of Chicago, 1951.

SHERA, Jesse Hauk; KENT, Allen; PERRY, James W. (ed.). Documentation in action. Nem York: Reinhold, 1956.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Catálogo sistemático: princípios básicos e utilização. Brasília, DF: Ed. Universidade de Brasília, 1969.

SHERA, Jesse Hauk. Curso de documentação e organização bibliográfica. [Rio de Janeiro]: Instituto brasileiro de bibliografia e documentação, 1958.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Prefácio. In: SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Catálogo sistemático: princípios básicos e utilização. Brasília, DF: Ed. Universidade de Brasília, 1969, p.24-25).

SHERA, Jesse Hauk. Information resources: a challenge to american science and industry. Cleveland [Estados Unidos]: Press of Western Reserve University, 1958.

SHERA, Jesse Hauk. Libraries and the organization of knowledge. London: C. Lockwood, 1965.

SHERA, Jesse Hauk. Libraries and the organization of knowledge. Hamden: Archon Books, [1965].

SHERA, Jesse Hauk. The classified catalog: basic principles and practices. Chicago: American Library Association, 1956.

SHERA, Jesse Hauk. Foundations of the public library: the origins of the public library movement in New England,1629-1855. Chicago: University of Chicago Press, 1947.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Bibliographia organization. Chicago: University of Chicago Press, 1951.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. Catálogo sistemático: princípios básicos e utilização. Brasília, DF: UNB, 1969.

SHERA, Jesse Hauk; EGAN, Margaret. The classified catalog, basic principles and practices. Chicago: ALA, 1956.

SHERA, Jesse Hauk. Epistemologia social e semântica geral e biblioteconomia. Ciência da Informação, v. 6, n. 1, p. 9-12, 1977.

SILVEIRA, Denise Tolfo; GERHARDT, Tatiana. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da Ufrgs, 2009.

SOUZA, Ágata Nelza Gomes de. Desenvolvimento e disseminação do ensino de Biblioteconomia no Brasil e em São Paulo: uma análise espaço-temporal. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 14, p. 195-219, set. 2018. ISSN 1980-6949. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/. Acesso em: 02

ago. 2020.

SOUZA, Francisco das Chagas de. O ensino da Biblioteconomia no contexto brasileiro. Florianópolis: 1990.

UNIVERSIDADE do Paraná reitoria. Diário do Paraná: órgão do diário associados, Curitiba, ano 3, n. 754, 27 set. 1957. Panorama Educacional: educação e ensino – vida universitária, p. 5. Disponível em: http://memoria.bn.br/. Acesso em: 16 ago. 2020.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Escola de Comunicação e Artes. Disciplina: CBD0223: fundamentos em biblioteconomia, documentação e ciência da informação. São Paulo: USP, 2016. Disponível em: https://uspdigital.usp.br/. Acesso em: 31 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Centro de Ciências Sociais. Departamento de Biblioteconomia. Fundamentos de Biblioteconomia. [São Luís]: [s. n.], [2017?].

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Centro de Ciências Sociais. Departamento de Biblioteconomia. Classificação II. [São Luís]: Departamento de Biblioteconomia, [1981a].

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Centro de Ciências Sociais. Departamento de Biblioteconomia. Classificação II. [São Luís]: Departamento de Biblioteconomia, [1978].

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Centro de Ciências Sociais. Departamento de Biblioteconomia. Classificação II. [São Luís]: Departamento de Biblioteconomia, [1976].

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Centro de Ciências Sociais. Departamento de Biblioteconomia. Catalogação III. [São Luís]: Departamento de Biblioteconomia, [1981b].

VEIGA-NETO, Alfredo. Currículo, cultura e sociedade. Educação Unisinos. Porto Alegre, v. 5, n. 9, p. 157-171, jul./dez. 2004. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/. Acesso em: 1 nov. 2019.

ZANDONADE, Tarcísio. As implicações da epistemologia social para uma teoria da recuperação da informação. 2003. 295 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) -Universidade de Brasília, Brasília, 2003. Disponível em: https://repositorio.unb.br/. Acesso em: 31 out. 2019.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Paiva, T. de C. L., & Silva, D. R. da. (2022). O PAPEL DE JESSE HAUK SHERA NO CURRÍCULO DA BIBLIOTECONOMIA BRASILEIRA = THE ROLE OF JESSE HAUK SHERA IN THE CURRICULUM OF BRAZILIAN LIBRARY. Revista Bibliomar, 21(1), 98–123. https://doi.org/10.18764/2526-6160v21n1.2022.7

Edição

Seção

Artigos