O USO DO FRAMEWORK PARA A IMPLANTAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO (CoInfo) EM BIBLIOTECAS = USE OF FRAMEWORK FOR THE IMPLEMENTATION AND DEVELOPMENT OF INFORMATION LITERACY IN LIBRARIES

Autores

Palavras-chave:

Competência em informação, Framework de competência em informação, Ensino e aprendizagem em bibliotecas

Resumo

Apresenta discussão sobre a implantação e o desenvolvimento da competência em informação a partir do uso do modelo framework em bibliotecas. Os frameworks são quadros compostos por referenciais teórico-práticos que tratam de disposições institucionais, didáticas, pedagógicas, operacionais, estratégicas e pessoais para o desenvolvimento da competência em informação em uma abrangência transversal. A partir de pesquisa bibliográfica, arquitetou o “Framework: Nível Institucional” que denota, de maneira holística e transversal, o contexto que a biblioteca está inserida e como ele irá conduzir todo o planejamento de implantação e desenvolvimento/aprimoramento da competência em informação; o Framework: Nível de Ensino” mapeia a competência em informação dos bibliotecários para verificar o grau de conhecimento e a percepção que eles possuem sobre a relevância, os fundamentos, os princípios, as práticas e as ações de ensino dessa competência; e o “Framework: Nível da Aprendizagem” que desenvolve/aprimora a competência em informação dos usuários. Esse framework oferece um conjunto de referenciais didáticos, educativos, conceituais e estratégicos projetivos que buscam ilustrar como a competência em informação pode ser institucionalizada a partir da adoção de ações e estratégias que iniciam na ambiência institucional, permeiam os aspectos da competência em informação dos profissionais (ensino) e desenvolvem/aprimoram a competência em informação dos usuários (aprendizagem). O modelo framework, em foco, é um conjunto de conceitos, ações e práticas nucleares integrados e interligados com opções flexíveis de implantação que transcende um conjunto prescritivo e fixo de resultados de ensino e aprendizagem para internalização e apropriação dessa competência.

Palavras-chave: Competência em informação. Framework de competência em informação. Ensino e aprendizagem em bibliotecas.

 Abstract

It presents a discussion on the implementation and development of information literacy using the framework model in libraries. The frameworks are composed of theoretical and practical references that deal with institutional, didactic, pedagogical, operational, strategic and personal provisions for the development of information literacy in a transversal scope. Based on bibliographic research, the “Framework: Institutional Level” was architected, which denotes, in a holistic and transversal way, the context in which the library is inserted and how it will conduct all the planning of implantation and development/improvement of information literacy; the “Framework: Level of Education” maps the information literacy of librarians to verify the degree of knowledge and perception they have about the relevance, fundamentals, principles, practices and teaching actions of that competence; and the “Framework: Level of Learning” that develops/improves users' information literacy. This framework offers a set of didactic, educational, conceptual and strategic projective references that seek to illustrate how information literacy can be institutionalized through the adoption of actions and strategies that start in the institutional environment, permeate aspects of professionals’ information literacy (teaching) and develop/improve users' information literacy (learning). The framework model in focus is a set of concepts, actions and core practices integrated and interconnected with flexible deployment options that transcend a prescriptive and fixed set of teaching and learning results for internalizing and appropriating this competence.

Keywords: Information literacy. Information literacy framework. Teaching and learning in libraries.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Araújo Santos, Universidade Estadual Paulista - UNESP - Campus de Marília

Coordenadora do Grupo de Trabalho de Competência em Informação - CoInfo da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FEBAB) e Docente Substituta da Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Campus de Marília.

Referências

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. Information literacy competency for higher education. Chicago: ACRL, 2000. Disponível em: https://alair.ala.org/bitstream/handle/11213/7668/ACRL%20Information%20Literacy%20Competency%20Standards%20for%20Higher%20Education.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 13 nov. 2020.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. Framework for information literacy for higher education. Chicago: ACRL, 2016. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/standards/ilframework. Acesso em: 28 set. 2020.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. Global perspectives on information literacy: fostering a dialogue for international understanding. Chicago: ACRL, 2017. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/publications/whitepapers/GlobalPerspectives_InfoLit.pdf. Acesso em: 15 set. 2020.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. ACRL's guide to policies and procedures. Chicago: ACRL, 2018. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/resources/policies. Acesso em: 24 set. 2020.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Construção de mapas: desenvolvendo competências em informação e comunicação. 2. ed. rev. e atual. Bauru: Cá entre Nós, 2007. Disponível em: https://labirintodosaber.com.br/wp-content/uploads/2019/06/Livro-Constru%C3%A7%C3%A3o-de-Mapas-Regina-Belluzzo-2007.pdf. Acesso em: 20 ago. 2020.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista; FERES, Glória Georges. Competência em informação, redes de conhecimento e as metas educativas para 2021: reflexões e inter-relações. In: BELLUZZO, Regina Célia Baptista; FERES, Glória Georges; VALENTIM, Marta Lígia Pomim (org.). Redes de conhecimento e competência em informação: interfaces da gestão, mediação e uso da informação. Rio de Janeiro: Interciência, 2015. p. 1-35.

BELLUZO, Regina Célia Baptista; KERBAUY, Maria Teresa Miceli. Em busca de parâmetros de avaliação da formação contínua de professores do ensino fundamental para o desenvolvimento da information literacy. Educação Temática Digital, Campinas, v. 5, n. 2, p. 129-139, 2004. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/766/781. Acesso em: 19 set. 2020.

BENITO MORALES, Félix. Nuevas necessidades, nuevas habilidades, fundamentos de la alfabetización em información. In: GOMÉZ HÉRNANDEZ, José A. (coord.). Estrategias y modelos para enseñar a usar la información. Murcia: Editorial KR, 2000.

BRUCE, Christine Susan. Las siete caras de la alfabetización en información en la enseñanza superior. Anales de Documentación, Murcia, n. 6, p. 289-294, 2003. Disponível em: https://revistas.um.es/analesdoc/article/view/3761/3661. Acesso em: 5 set. 2020.

BRUCE, Christine Susan. Informed learning. Chicago: ALA/ACRL, 2008. Disponível em: https://www.aab.es/publicaciones/bolet%C3%ADn-aab/bolet%C3%ADn-105/. Acesso em: 5 set. 2020.

BUNDY, Alan. El marco para la alfabetizacion informacional en Australia y Nueva Zelanda: principios, normas y práctica. Boletín de la Asociación Andaluza de Bibliotecarios, Málaga, n. 73, p. 109-120, dez. 2003. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/11878128.pdf. Acesso em: 13 nov. 2020.

CHARTERED INSTITUTE OF LIBRARY AND INFORMATION PROFESSIONALS. CILIP definition of information literacy 2018. [S. l.]: Information Literacy Group, 2018. Disponível em: www.informationliteracy.org.uk. Acesso em: 2 set. 2020.

EISENBERG, Mike; BERKOWITZ, Bob. Big6 skills. [S. l.]: Squarespace, 1990. Disponível em: https://thebig6.org/. Acesso em: 24 ago. 2020.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Declaração de Havana: 15 ações de competência em informação/ALFIN por um trabalho colaborativo e de criação de redes para o crescimento da competência em informação no contexto dos países iberoamericanos. Havana: IFLA, 2012. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/information-literacy/publications/Declaration/Compet.Declara-de-Havana.2012.Portu-Brasil.pdf. Acesso em: 28 set. 2018.

LAMB, Annette. 8 Ws model for information literacy. [S. l.: s. n.], 2001. Disponível em: https://www.eduscapes.com/instruction/inquiry/ws.htm. Acesso em: 28 ago. 2020.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração de Lyon sobre o acesso à informação e desenvolvimento. Lyon: ONU, 2014. Disponível em: https://www.lyondeclaration.org/content/pages/lyon-declaration-pt.pdf. Acesso em: 21 set. 2020.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999.

SANTOS, Camila Araújo dos. Competência em Informação na formação básica dos estudantes da educação profissional e tecnológica. 2017. 287 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2017. Disponível em: http://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/santos_ca_do.pdf. Acesso em: 20 set. 2020.

SANTOS, Camila Araújo dos; BELLUZZO, Regina Célia Baptista. A competência em informação (CoInfo) como pré-requisito diferencial e inovador no apoio à educação profissional. In: SIMEÃO, Elmira Luzia Melo Soares; BELLUZZO, Regina Célia Baptista (org.). Competência em informação: teoria e práxis. Brasília, DF: UnB, 2015. p. 89-102. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1vURH7O24TeLFUP3iONLe11G3zg67NjHP/view. Acesso em: 13 nov. 2020.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION. Understanding information literacy: a primer. Paris: UNESCO, 2007. Disponível em: Acesso em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000157020_eng. 13 nov. 2020.

URIBE TIRADO, Alejandro. Interrelaciones entre veinte definiciones-descripciones del concepto de alfabetización en información: propuesta de macro-definición. ACIMED, Havana, v. 20, n. 4, p. 1-22, 2009. Disponível em: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1024-9435200900100000. Acesso em: 13 nov. 2020.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 40, n. 1, p. 99-110, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-19652011000100008&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 ago. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-14

Como Citar

SANTOS, Camila Araújo.
O USO DO FRAMEWORK PARA A IMPLANTAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO (CoInfo) EM BIBLIOTECAS = USE OF FRAMEWORK FOR THE IMPLEMENTATION AND DEVELOPMENT OF INFORMATION LITERACY IN LIBRARIES
. Revista Bibliomar, v. 19, n. 2, p. 126–146, 14 Dez 2020 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/bibliomar/article/view/15400. Acesso em: 23 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos