A CONSCIÊNCIA ÉTICA E CRÍTICA DO OPRIMIDO EM CONTRAPOSIÇÃO ÀS TEORIAS LIBERAIS

Autores

  • Atair Silva de Sousa Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Teorias Liberais, Educação Libertadora, Estado e Sociedade, Direitos Humanos

Resumo

Para este estudo, foi realizada uma breve análise das teorias libertadoras da ação dialógica com foco na atividade colaborativa, organizacional e cultural em oposição às teorias liberais da atualidade. O objetivo consistiu em dialogar com o pensamento educacional freireano e verificar se há relação entre este pensamento e a construção histórica dos Direitos Humanos. A partir dessa verificação, associá-la com a prática educativa freireana na sua utilização como uma ferramenta de luta e em contraposição às investidas da classe dominante representada pelas teorias liberais. Adotou­-se uma metodologia com características bem definidas, sendo de natureza propositiva, com uma abordagem qualitativa, exploratória e com procedimentos bibliográfico e documental. As evidências dão conta de como o pensamento teórico e a concretude das ações dialógicas confirmam a presunção sobre o potencial educativo das práticas da libertação em ações formativas de causas sociais e econômicas e o encontro de tais práticas com a pedagogia libertadora proposta por Paulo Freire.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Atair Silva de Sousa, Universidade de São Paulo

Doutorando em Educação pela Universidade de São Paulo (USP).

Referências

BALL, Stephen. Educação Global S.A: Novas redes políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa, PR: UEPG, 2014.

BOBBIO, Norberto. A era dos direito. Tradução de Carlos Nelson Coutinho: apresentação de Celso Lafer. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

BROWN, Anthony. Queering Teacher Education Through Intergroup Dialogue. Educational Research for Social Change (ERSC). Soulth Africa, v. 9, n. 2. p. 16­31, sept. 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.17159/22214070/2020/v9i2a2. Acesso em: 1 mar. 2021.

CARVALHO, Sandra Maria Gadelha; PIO, Paulo Martins. A categoria da práxis em Pedagogia do Oprimido: sentidos e implicações para a educação libertadora. Revista Brasileira de Estudos pedagógicos. Brasília, v. 98, n. 249, p. 428­ - 445, mai./ago. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.24109/2176­6681.rbep.98i249.2729. Acesso em: 1 abr. 2021.

CERQUEIRA, Hugo Eduardo Araújo da Gama, Trabalho e Política: Locke e o Discurso Econômico. Revista de Economia Política, Belo Horizonte, v. 22, n. 1, p. 156­175, jan./mar. 2002. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0101­31572002­1241. Acesso em: 1 mai. 2021.

DARDOT, Pierre; LAVAl, Christian. A nova razão do mundo: Ensaios sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016.

DAVIES, Byron; The Affective and the Political: Rousseau and Contemporary Kantianism. Tópicos, Revista de Filosofia. Ciudad de México/México, v. 59, [s.n.], jul./dec. 2020. Disponível em: http://doi.org/10.21555/top.v0i59.1110. Acesso em: 1 abr. 2021.

FOLEY JR., William. Suggestions for Critical Awareness, Accountability, and Transformation in Human Rights Education. Current Issues in Comparative Education (CICE). v. 23, [s.n.], p. 77 ­ 89 Issue 1, Winter, 2021.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREITAS, Luiz Carlos de. A reforma empresarial da educação: nova direita, velhas ideias. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

GUERRERO, Marcel Alejandro Doubront. Necesidad de una Hebegogía transformacional. Rev. Int. Investig. Cienc. Soc. Asunción/Paraguay, v. 17, n. 1, p. 175­194. jun. 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18004/riics. 2021.junio.175. Acesso em: 10 abr. 2021.

LAVAL. Christian. A escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. Londrina, Planta, 2004.

LEAKE, Eric. Writing Pedagogies of Empathy: As Rhetoric and Disposition. Composition Forum. v. 34. Summer, 2016.

LOCKE, John. Segundo tratado sobre o governo civil e outros escritos. 3. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 1994.

MATTOS, Luiza Maria Abreu; GOMES, Maria Margarida. Environment as a cosmopolitan value: a comparative socio­historical analysis of the school biology curriculum. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 47, e230058, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1678­4634202147230058. Acesso em: 1 mai. 2021.

OLIVEIRA, Jáima Pinheiro, BRACKEN, Seán; NAKANO Natália. Preliminary Indicators of the Use of Lesson Study as a Teaching Practice Capable of Enabling an Inclusive Perspective in Higher Education. Rev. Bras. Ed. Esp, Bauru/SP, v. 27, e0161, p. 371­390, jan./dez. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980­54702021v27e0161. Acesso em: 20 mar. 2021.

PADILHA, Paulo Roberto; ABREU, Janaina; GADOTTI, Moacir; ANTUNES, Ângela Biz. 50 olhares sobre os 50 anos da pedagogia do oprimido [livro eletrônico] / Paulo Roberto Padilha et. al., (orgs.). Instituto Paulo Freire, São Paulo, 2019.

ROUSSEAU, Jean­Jacques. Do contrato social: ensaio sobre a origem das línguas. Tradução de Lurdes Santos Machado. São Paulo/SP: Ed. Nova cultura, 2000.

SIERRA, Vânia Morales. FREIRE, Silene de Moraes A moderna construção da vigilância e do controle social no Brasil. Revista Katál. Florianópolis, v. 24, n. 1, p. 168­176, jan./abr. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1982­ 0259.2021.e75233. Acesso em: 1 mai. 2021.

TORRES, Juliana Rezende; CARRIL, Lourdes de Fátima Bezerra. Formação docente crítica em torno das questões de raça, etnia, gênero e sexualidade à luz da concepção de educação libertadora de Paulo Freire. Educar em Revista. Curitiba, v. 37, [s.n], p. 1­23, [s.d] e75679. 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104­4060.75679. Acesso em: 1 jun. 2021.

WOLDEYES, Yirga Gelaw; Decolonizing Human Rights Education: Critical Pedagogy Praxis in Higher Education. The International Education Journal: Comparative Perspectives, Sydney, v. 17, n. 1, p. 24­36, 2018. Disponível em: https://openjournals.library.sydney.edu.au/index.php/IEJ. Acesso em: 1 jun. 2021.

WONG, Sulan. Sobre los fundamentos de la propiedad intelectual. Problema: Anuario de Filosofía y Teoría del Derecho. Ciudad de México, n. 14. p. 369­398 , ene./dic. 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.22201/iij.24487937e. 2020.14.14915. Acesso em: 1 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2022-05-10

Como Citar

SILVA DE SOUSA, A. . A CONSCIÊNCIA ÉTICA E CRÍTICA DO OPRIMIDO EM CONTRAPOSIÇÃO ÀS TEORIAS LIBERAIS. Revista Humanidades & Educação, Imperatriz(MA), 2022. Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/humanidadeseeducacao/article/view/19195. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos