SEVERINO BEZERRA E SUA TRAJETÓRIA NA EDUCAÇÃO NORTE-RIO-GRANDENSE: de normalista à criação do Colégio Dom Pedro II (1908-1946)

Autores

  • Ana Tereza dos Santos Araújo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Maria Inês Sucupira Stamatto Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Olívia Morais de Medeiros Neta Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

Intelectual. Professor público. História da educação. Rio Grande do Norte.

Resumo

Esta pesquisa tem como finalidade investigar a trajetória do intelectual Severino Bezerra de Melo (1888-1971), no recorte temporal de 1908 à 1946, contemplando seu ingresso na primeira turma da Escola Normal de Natal, sua atuação como professor público, a construção do Colégio Dom Pedro II, colégio que ele dirigiu e lecionou até sua atuação como diretor do Departamento de Educação do Estado do Rio Grande do Norte. Para tal, utilizamos de análise documental e bibliográfica e dos entendimentos de Intelectuais para Sirinelli (1996), Barros (2010), sobre Fontes Históricas e Ginzburg (1989) que trata de Método Indiciário. Os estudos acerca dos Intelectuais demonstram uma linha tênue entre o cultural e o político, isto posto, buscamos investigar o professor Severino Bezerra em todos os seus aspectos, assim como em seus espaços de atuação e os agentes envolvidos nessa sua trajetória, evidenciando a sua história como Intelectual no Rio Grande do Norte.

Palavras-chave: Intelectual. Professor público. História da Educação. Rio Grande do Norte.

SEVERINO BEZERRA AND ITS TRAJECTORY IN NORTE-RIOGRANDENSE EDUCATION: from normalist to the creation of Dom Pedro II College (1908-1946)

Abstract

his research aims to investigate the trajectory of the intellectual Severino Bezerra de Melo (1888-1971), in the time frame from 1908 to 1946, contemplating his entry into the first class of the Escola Normal de Natal, his performance as a public teacher, the construction of the Colégio Dom Pedro II, the school he ran and taught until his performance as director of the Department of Education of the State of Rio Grande do Norte . To this end, we used documentary and bibliographic analysis and the understanding of Intellectuals for Sirinelli (1996), Barros (2010), on Historical Sources and Ginzburg (1989), which deals with the Indicator Method. Studies on intellectuals demonstrate a fine line between the cultural and the political, that is, we seek to investigate Professor Severino Bezerra in all its aspects, as well as in his areas of activity and the agents involved in his trajectory, evidencing his history as an Intellectual in Rio Grande do Norte.

Keywords: Intellectual. Public teacher. History of education. Rio Grande do
Norte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Tereza dos Santos Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Acadêmica do curso de Pedagogia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e bolsista de Iniciação Cientifica CNPQ, atuando no projeto de pesquisa: A Lei e a Escola: uma história da escola no Brasil (1808-2008), na área da história da educação.

Maria Inês Sucupira Stamatto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professora titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e do Programa de Pós-Graduação em Educação ( UFRN). Graduada e licenciada em História (URFGS), mestre em Ciência Política (UFRGS), doutora em História (Sorbonne), pós-doutora em Educação pela Université de Québéc à Montreal (UQAM/Canadá). Vice-líder do Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero/diretório do CNPq, e coordenadora dos projetos de pesquisa: "Livro Didático: História do ensino de História no Brasil (1808-2008)" e "A Lei e a Escola: uma história da escola no Brasil (1808-2008)".

Olívia Morais de Medeiros Neta, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui doutorado em Educação, mestrado em História e graduação em História (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É professora do Centro de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e atua como professora-orientadora no Programa de Pós-Graduação em Educação (UFRN) e no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Referências

BARBOSA, Valdinha de Melo. Nanny, Suíte em cinco movimentos para uma violoncelista. Rio de Janeiro: Imprimatur, 2000.

BARROS, José D’Assunção. “Fontes Históricas – um caminho percorrido e perspectivas sobre os novos tempos”. Revista Albuquerque, v. 3, n.1, 2010.

BARROS, José D’Assunção. Os Campos da História – uma introdução às especialidades da História. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 16, p. 17-35, dez. 2004.

BARROS, José D‟Assunção. FONTES HISTÓRICAS – UMA INTRODUÇÃO AOS SEUS USOS HISTORIOGRÁFICOS. In: ENCONTRO INTERNACIONAL HISTÓRIA & PARCERIAS, 2. ed. 2019, Rio de Janeiro: Anpuh, 2019. p. 1-17.

CARDOSO, Rejane. (coord.) 400 nomes de Natal. Natal: Prefeitura Municipal do Natal, 2000.

CASCUDO, Luiz da Câmara. Ontem. Natal: Imprensa Universitária, 1972.

CORREIO DA MANHÃ. Rio de Janeiro, 10 fev. 1924.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

RIO GRANDE DO NORTE. Mensagem dos governadores. Natal: Typographia d’A República, 1926.

SILVA, Janeclécia Ferreira da. A prática educativa do professor Severino Bezerra de Melo, em Natal/RN (1927-1946). 2009. p. 65. Monografia (Curso de Pedagogia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.

SIRINELLI, Jean François. Os intelectuais. In: REMOND, René (Org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2003, p. 231-269.

SIRINELLI, Jean-François. As Elites Culturais. In: RIOUX, Jean-Pierre; SIRINELLI, Jean-François. Para uma história Cultural. Lisboa: Editorial Estampa, 1998, p. 259-280.

MORAIS, Maria Arisnete Câmara de. Chicuta Nolasco Fernandes: intelectual de mérito. Natal: Editorial A República, 2006.

MELO, Severino de. A Escola Normal do Rio Grande do Norte e a sua instalação em 1908. A república, Natal, 31 de maio de 1958.

NASCIMENTO, Francinaide de Lima Silva. A Escola Normal de Natal: Rio Grande do Norte 1908-1971. Natal: Ifrn, 2018. 2016 p.

PEDAGOGIUM, Revista Oficial da Associação de Professores. ano 1, n. 2, Natal, novembro, 1921.

PEDAGOGIUM, Revista Oficial da Associação de Professores. Anno 2. n.3. Natal. Empreza Typographica Natalense. Março. 1922.

WANDERLEY, Walter. Eliseu Viana, o educador (1890-1960). Rio de Janeiro: Pongetti, 1971.

Downloads

Publicado

2020-12-01

Como Citar

ARAÚJO, Ana Tereza dos Santos; STAMATTO, Maria Inês Sucupira; MEDEIROS NETA, Olívia Morais de.
SEVERINO BEZERRA E SUA TRAJETÓRIA NA EDUCAÇÃO NORTE-RIO-GRANDENSE: de normalista à criação do Colégio Dom Pedro II (1908-1946)
. Revista Humanidades & Educação, p. 2–14, 1 Dez 2020 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/humanidadeseeducacao/article/view/15018. Acesso em: 23 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos