Apresentação - Dossiê Ensinar e Aprender na Universidade

Autores

Resumo

Em Meditações Pascalianas, Pierre Bourdieu (2001) se propõe a colocar em exame a razão e a prática escolástica, marcas da atividade filosófica. Ao fazer isso, o autor oferece interpretações desconcertantes acerca do homo academicus e, claro, do próprio campo acadêmico. Ao fazer isso, o intelectual francês salienta que uma das características dos filósofos reside na doxa epistêmica, ou seja, em um “[...] conjunto de crenças fundamentais que nem sequer precisam se afirmar sob a forma de um dogma explícito e consciente de si mesmo” (Bourdieu, 2001, p. 25). Compreender, portanto, o que caracteriza a atividade acadêmica requer explicitar tais elementos, frequentemente, distantes da consciência dos sujeitos. O dossiê Ensinar e aprender na universidade, embora com pretensões muito mais modestas do que a de Pierre Bourdieu, se propõe a explorar dimensões do espaço acadêmico, especialmente, no que se refere às possibilidades e/ou especificidades das formas de se entender e praticar a vida universitária. Poderíamos pensar que, de certa forma, os trabalhos ora apresentados buscam suspender um pouco do funcionamento impensado do cotidiano universitário para que se consiga enxergar um pouco mais de suas características, sobretudo, no que respeita às instituições universitárias de formação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2024-06-30

Como Citar

CÂNDIDO, Renata Marcílio; AMPARO, Patrícia Aparecida do; CASTRO, Cesar Augusto.
Apresentação - Dossiê Ensinar e Aprender na Universidade
. Cadernos de Pesquisa, v. 31, n. 2, p. 1–8, 30 Jun 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/23921. Acesso em: 24 jul 2024.

Edição

Seção

Dossiê "Ensinar e aprender na universidade"

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)