Memória e letramento racial no Ensino Médio: táticas para aplicabilidade das leis 10.639/03 e 11.645/08 nas escolas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2358-4319v17n1.2024.6

Palavras-chave:

letramento racial, memória, narrativas

Resumo

Este texto aborda a relação entre memória, letramento racial e as práticas pedagógicas estabelecidas a partir das leis 10.639/03 e 11.645/08 que obrigam o ensino de história e da cultura afro-brasileiras e indígenas nas redes escolares. Tanto a leitura quanto a escrita passaram por sensibilidades que carregaram apagamentos de corpos negros. A metodologia empregada foi uma revisão de literatura, seguida de um relato de experiência. No texto, fornecemos modelos de práticas pedagógicas que combatem o epistemicídio através de narrativas descolonizadas. A memória é fundamental para a construção da identidade e para a compreensão do mundo ao nosso redor. Concluímos que, no contexto educacional, reconhecer a importância da memória coletiva sobre o indivíduo é fundamental na produção dos saberes antirracistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ronald Lopes, Universidade Estadual do Rio de Janeiro

Mestre em História pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Doutorando em História pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Coordenador do Coletivo de Pesquisa Ativista Psicanálise, Educação e Cultura. Pesquisador do Laboratório de Estudos de Gênero e Sexualidade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (LEGESEX/UFRRJ), do Grupo ÁFRICAS: Sociedade, Política e Cultura do Grupo de Pesquisa Interinstitucional (UERJ-UFRJ).

Ligia Emanuela Costa Alves, Secretaria de Educação do Estado do Maranhão

Especialista em Ensino de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual do Maranhão. Professora na Secretaria de Educação do Estado do Maranhão. Secretária Executiva do Instituto Valdenia Menegon; Integrante do Grupo de Pesquisa Audre Lorde da Universidade Federal de Rondônia (UNIR).

Referências

ACHEBE, Chinua. O mundo se despedaça. Tradução de Vera Queiroz da Costa e Silva. Introdução e glossário de Alberto da Costa e Silva. São Paulo: TAG/Companhia das Letras. 2009.

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas: Editora da Unicamp, 2006.

BAQUAQUA, Mahommah Gardo. Biografia de Mahommah Gardo Baquaqua, um Nativo de ZOOGOO, no interior da África. São Paulo, Editora Uirapuru, 2017 [1854].

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira. Brasília: Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, 2004. Disponível em: https://download.inep.gov.br/publicacoes/diversas/temas_interdisciplinares/diretrizes_curriculares_nacionais_para_a_educacao_das_relacoes_etnico_raciais_e_para_o_ensino_de_historia_e_cultura_afro_brasileira_e_africana.pdf. Acesso em 30 de maio de 2023.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Rio de Janeiro: Fator, 1952.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Teoria Racial Crítica e Letramento Racial Crítico: Narrativas e Contranarrativas de Identidade Racial de Professores de Línguas. Revista da ABPN. v. 6, n. 14 • jul. – out. 2014, p. 236-263. Disponível em: https://smeduquedecaxias.rj.gov.br/smeportal/wp-content/uploads/2020/07/TEORIA-RACIAL-CR%C3%8DTICA-E-LETRAMENTO-RACIAL-CR%C3%8DTICO.pdf. Acesso em 29 de janeiro de 2024.

GOMES, Nilma Lino. Além do preconceito racial: a educação antirracista como caminho para a equidade. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

GONZALEZ, Lélia. De Palmares às escolas de samba, estamos aí. Mulherio, 2(5), p. 3. 1982.

GONZALEZ, Lélia. “Racismo e sexismo na cultura brasileira”. Ciências Sociais Hoje, 2, 223-244. 1983.

GONZALEZ, Lélia. A categoria político-cultural de amefricanidade. Tempo Brasileiro, 92/93, 69-82. 1988. https://negrasoulblog.files.wordpress.com/2016/04/a-categoria-polc3adtico-cultural-de-amefricanidade-lelia-gonzales1.pdf.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Vértice, 1990.

HENRY, Annette. Literacy and Racial Justice: The Politics of Learning after Brown v. Board of Education. Carbondale: Southern Illinois University Press, 2011.

HOOKS, bell. Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. Arte & Ensaios, Rio de Janeiro, v. 38, p. 34-47, 2019.

MENEGON, Valdenia. Pensar o letramento racial como caminho para a escola antirracista. Instituto Valdenia Menegon (site). Caxias-MA, 28 de março de 2023. Disponível em: https://institutovaldeniamenegon.com/pensar-o-letramento-racial-como-caminho-para-uma-escola-antirracista/. Acesso em 30/05/2023.

NASCIMENTO, Beatriz. Uma história feita por mãos negras. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2021 p. 35.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, n. 10, p. 7-28, dez. 1993.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da Unicamp, 2000.

SAID, Edward W. Culture and Imperialism. New York: Vintage Books, 1994.

SANTOS, I. A. A responsabilidade da escola na eliminação do preconceito racial: alguns caminhos. In: CAVALLEIRO, E. (Org.). Racismo e antirracismo na educação: repensando nossa escola. São Paulo: Selo Negro, 2001. p. 97-113.

SILVA, Marcos Fabrício Lopes da. Boletim, Universidade Federal de Minas, n. 2081, ano 46, 18 nov. 2019. Disponível em: https://ufmg.br/comunicacao/publicacoes/boletim/edicao/2081/educacao-e-l. Acesso em: 8 nov. 2021.

SOARES, Magda Becker, (1998). Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica.

TROUILLOT, Michel-Rolph. Silencing the Past: Power and the Production of History. Boston: Beacon Press, 1995.

TWINE, F. w. A white side of black Britain: The concept of racial literacy. Ethnic and Racial Studies, n. 6, p. 878-907, 2004.

Downloads

Publicado

2024-03-31

Como Citar

LOPES, Ronald; ALVES, Ligia Emanuela Costa.
Memória e letramento racial no Ensino Médio: táticas para aplicabilidade das leis 10.639/03 e 11.645/08 nas escolas
. Revista Educação e Emancipação, v. 17, n. 1, p. 107–128, 31 Mar 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/21550. Acesso em: 24 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos