Tem um aluno autista na minha sala! - desafios da educação inclusiva no curso de Pedagogia da Unemat de Sinop

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2358-4319v17n1.2024.5

Palavras-chave:

inclusão, autismo, Ensino Superior

Resumo

Esse artigo resulta de uma experiência de trabalho da gestão do Curso de Pedagogia, campus de Sinop/MT, referente ao processo de inclusão de um acadêmico com autismo no Ensino superior. O objetivo do texto é mostrar as limitações existentes nos cursos de formação inicial e da instituição em receber estudantes com esse perfil e, ainda, pretende mostrar como os pais dos alunos que tem autismo podem contribuir para dirimir os percalços de seus filhos nesse processo e evidenciar a importância de políticas públicas da Educação Básica ao Ensino Superior para materializar na prática o processo de inclusão. A abordagem metodológica se configura como um estudo de caso e os dados apresentados foram produzidos por meio de entrevistas e conversas informais com a mãe do estudante com autismo e relatos de experiências da equipe gestora da universidade. Diante das dificuldades apresentadas, a gestão, mesmo inexperiente neste assunto, buscou realizar ações que pudessem garantir melhores condições a esse estudante no decorrer do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ivone Jesus Alexandre, Universidade do Estado de Mato Grosso

Doutora em Sociologia. Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Professora Adjunta na área de metodologia de ensino na Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Grupo de Pesquisa em Politicas Publicas, Inclusão, diversidade e Diferença (PPIDD).

Edneuza Alves Trugillo, Universidade do Estado de Mato Grosso

Doutora em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP). Professora Adjunta na área de metodologia de Ensino na Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT).

Patrícia Alzira Proscêncio, Universidade do Estado de Mato Grosso

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Professora na Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Assessora pedagógica na rede municipal de ensino de Sinop- MT.

Referências

ABRAMOWICZ, Anete. Fracasso escolar na sociedade de controle: aprendi o que é ser preto na escola. In. ARROYO, Miguel.; ABRAMOWICZ, Anete (orgs.). A reconfiguração da escola: entre a negação e a afirmação de direitos. Campinas, SP: Papirus, 2009. p.109-128.

ANTUNES, Katiuscia Crsitina Vargas; AMORIM, Cassiano Caon. Os desafios da docência no ensino superior frente a inclusão de pessoas com deficiência nas universidades. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp. 2, ago. 2020, p. 1465-1481.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm>. Acesso em 24 fev. 2023.

BRASIL. MEC. Parâmetros Curriculares Nacionais (1ª a 4ª séries). Brasília: MEC/SEF, 10 volumes, 1997. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12640:parametros-curriculares-nacionais-1o-a-4o-series>. Acesso em 25 fev. 2023.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na educação básica. Resolução CNE/CEB, n. 2, 11 set, 2001.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. 2015a. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm>. Acesso em 04 fev. 2023.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº9.394/96. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017.

BOSA, Cleonice Alves. Autismo: intervenções psicoeducacionais. Revista Brasileira de Psiquiatria. 2006;28(Supl I):S47-53. Disponível em Dhttps://www.scielo.br/j/rbp/a/FPHKndGWRRYPFvQTcBwGHNn/abstract/?lang=pt. Acesso em 19 nov. 2022.

CONTE, Elaine.; GOMES, Cristiane. Transtorno do espectro autista em questão: debates acerca da inclusão no ensino superior. Revista Educação e Emancipação, São Luís, v. 16,n. 2, maio/ago. 2023. Disponível em https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/18022/11897 . Acesso em 19 fev.2023.

COSTA, Mariane de Lima Vasconcellos.; CAVALCANTE, Valéria Campos Cavalcante. Inclusão dos estudantes com deficiência em alagoas. Revista Debates em Educação. v. 14, nº. 34, Jan./Abr. 2022, p. 411-429. Disponível em: <https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/11165>. Acesso 02 jan. 2022.

DSM-5. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: American Psychiatric Association; tradução: Maria Inês Corrêa Nascimento ... et al.]; revisão técnica: Aristides VolpatoCordioli [et al.]. – 5. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2014.

FERRARI, Marian Ávila de Lima. Dias; SEKKEL, Marie Claire. Educação Inclusiva no Ensino Superior: Um Novo Desafio. Psicologia ciência e profissão, 2007, v. 27, n. 4 , p. 636-647. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/pcp/a/bv8ZgTdG4C7VMNZXzrDXdcz/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em 05 fev. de 2023.

FERREIRA, Windiz Brazão. O conceito de diversidade no BNCC- Relações de poder e interesses ocultos. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 299-319, jul./dez. 2015. Disponível em: . Acesso em 09 fev. de 2021.

MAIO, Eliane Rose; OLIVEIRA, Marcio; PEIXOTO, Reginaldo. Discussão sobre gênero na escola: discussões e resistência. Revista retratos da escola. Brasília, v.14, n.24, p. 57-74, jan/abr, 2020.Disponível em https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/issue/view/38. Acesso em 14 de mar.2023.

MACIEL, Mariene Martins; GARCIA FILHO, Argemiro de Paula. Autismo: uma abordagem tamanha família. In: DIAZ, Félix; BORDAS, Miguel; GALVÃO, Miranda; SOUZA, Elias dos S. Educação inclusiva, deficiência e contexto social: questões contemporâneas. Salvador: EDUFBA, 2009. 354p., p.224-235.

OPAS. Excesso de mortalidade associado à pandemia de COVID-19 foi de 14,9 milhões em 2020 e 2021. Site na organização mundial da saúde. Disponível em <https://www.paho.org/pt/brasil>. Acesso em 05 jan. 2023.

PACHECO, Renata Vaz.; COSTAS, Fabiane Adela Tonetto. O processo de inclusão de acadêmicos com necessidades educacionais especiais na Universidade Federal de Santa Maria. Revista Educação Especial. n. 27, p. 151- 167. 2006, Santa Maria. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/4360/pdf>. Acesso em 07 fev. 2023.

UNESCO. Declaração de Salamanca Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. Salamanca, 1994: UNESCO.

WERNECK, Guilherme Loureiro; CARVALHO, Marília Sá. A pandemia de COVID-19 no Brasil: crônica de uma crise sanitária anunciada. Editorial Cadernos de Saúde Pública. Rio de Janeiro: 2020. Disponível em: <http://cadernos.ensp.fiocruz.br/static//arquivo/1678-4464-csp-36-05-e00068820.pdf>. Acesso em 05 fev. 2023.

Downloads

Publicado

2024-03-31

Como Citar

ALEXANDRE, Ivone Jesus; TRUGILLO, Edneuza Alves; PROSCÊNCIO, Patrícia Alzira.
Tem um aluno autista na minha sala! - desafios da educação inclusiva no curso de Pedagogia da Unemat de Sinop
. Revista Educação e Emancipação, v. 17, n. 1, p. 88–106, 31 Mar 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/21048. Acesso em: 24 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos