DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL, VIDA E CARREIRA: história de professores atingidos pelo mal-estar docente

Autores

  • Jurema Rosendo dos Santos
  • Lúcia Gracia Ferreira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

DOI:

https://doi.org/10.18764/2358-4319.v9n2p108-137

Palavras-chave:

Mal-estar docente. Memória. História de vida.

Resumo

Sabemos que têm sido crescentes as causas que tem levado ao mal-estar docente, pois o profissional da educação vem se adaptando a grandes pressões e demandas familiares, institucionais, do meio social etc. Este mal está vinculado ao ambiente de trabalho e como o professor encara isso perante a sociedade, afetando assim sua forma habitual de agir e ser normalmente, tanto em sua vida pessoal quanto profissional. Nessa perspectiva, este trabalho tem como base teórica autores como Gonçalves (1992), Esteve (1995, 1999) e Ferreira (2014) e tem como objetivo compreender como viviam os professores atingidos pelo mal-estar docente e como desenvolviam na carreira docente após esse mal. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa e exploratória no ano de 2014, com dois professores da Educação Básica atingidos, entre os anos de 2006 e 2012, pelo mal-estar docente. Primeiramente, buscamos conhecer o perfil desses professores e para isso utilizamos o questionário; posteriormente, convidamo-los para falar das suas vidas através da entrevista narrativa, realizada individualmente. Dessa forma, os dados da pesquisa foram coletados, catalogados e analisados. As histórias contadas deram pistas de quão suscetíveis são esses sujeitos e o que desencadeou essa vulnerabilidade. Ainda, pudemos constatar diferenças no desenvolvimento profissional marcada, principalmente, pelas histórias de vida. Assim, as narrativas das histórias de vida foram indispensáveis para alcançar o objetivo proposto, pois através dessas foi possível conhecer a história pessoal e profissional do sujeito que narra e o entrelaçamento das vivências que vão delineando o desenvolvimento da carreira profissional docente.

Palavras-chave: Mal-estar docente. Memória. História de vida.

ABSTRACT 

We know that the causes that have led to teacher malaise have been increasing, because the professional of education has been adapting to great pressures and also family, institutional, social demands, etc. This illness is linked to the work environment and how the teacher sees that in society, thus affecting their normal way of acting and being normally both in their personal and professional life. In this perspective, this work is theoretically based on authors such as Gonçalves (1992), Esteve (1995, 1999) and Ferreira (2014) and it aims to understand how the teachers affected by teacher malaise lived and how was their development in the teaching career after this illness. Therefore, a qualitative and exploratory research was held in 2014, with two teachers of basic education affected by the teacher malaise between the years of 2006 and 2012. First, we sought to know the profile of these teachers and for this we used a questionnaire; later, we invited them to talk about their lives through a narrative interview, conducted individually. Thus, the survey data were collected, cataloged and analyzed. The stories given show how susceptible are these subjects and what triggered this vulnerability. Still, we found differences in professional development, which were mainly marked by the life stories. Thus the narratives of life stories were indispensable to achieve the proposed objective, because through these it was possible to know the personal and professional story of the subject and that tells the interweaving of experiences that will outline the development of the teaching career.

Keywords: Teaching malaise. Memory.Life's history.

RESUMEN

Sabemos que han sido crecientes las causas que han llevado al malestar docente, pues el profesional de educación viene adaptándose a grandes presiones y demandas familiares, institucionales del medio social, etc. Este mal está vinculado al ambiente de trabajo y como el profesor enfrenta eso frente a la sociedad, afectando así su forma habitual de actuar y ser normalmente, tanto en su vida personal como profesional. Mirando de esta forma, este trabajo tiene como base teórica autores como Gonçalves (1992), Esteve (1995, 1999) y Ferreira (2014) y tiene como objetivo comprender como vivían los profesores afectados por el malestar docente y como desarrollaron su carrera docente después de sufrir este mal. Para eso, fue realizado un estudio cualitativo y exploratorio en el año de 2014, con dos profesores, para eso utilizamos el cuestionario; después, los convidamos para hablar sobre sus vidas por medio de una entrevista narrativa, echa individualmente. De esta manera, los datos de la encuesta fueran recogidos, catalogados y analizados. Las historias contadas dieron pistas de lo tanto que son susceptibles esos sujetos y lo que originó esa vulnerabilidad. Todavía, hemos visto las diferencias en el desarrollo profesional marcado, principalmente, por las historias de vida. Así, las narrativas de las historias de vida fueron indispensables para alcanzar el objetivo propuesto, pues por medio de estas fue posible conocer las historias personales y profesionales del sujeto que habla y el entrelazamiento de las vivencias que van alimentando el desarrollo de la carrera profesional docente.

Palabras clave: Malestar docente. Memoria. Historia de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jurema Rosendo dos Santos

Pedagoga pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Lúcia Gracia Ferreira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Professora adjunta da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).  Pós-doutora pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Doutora em Educação pela UFSCar.

Downloads

Publicado

2016-12-26

Como Citar

Santos, J. R. dos, & Ferreira, L. G. (2016). DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL, VIDA E CARREIRA: história de professores atingidos pelo mal-estar docente. Revista Educação E Emancipação, p. 108–137. https://doi.org/10.18764/2358-4319.v9n2p108-137

Edição

Seção

Artigos