Arte e imaginário na educação: uma análise das imagens artísticas do grupo de arte da escola comunitária Nossa Senhora da Conceição

Autores

  • Maria Teresa Gonçalves Rocha Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Palavras-chave:

Arte. Imaginário. Educação. Escola Comunitária

Resumo

Estudo sobre arte e imaginário no espaço escolar comunitário. Tem como campo de trabalho o Colégio Nossa Senhora da Conceição, localizado no bairro Cidade Olímpica do município de São Luís do Maranhão. Os sujeitos da pesquisa são sete integrantes do grupo de arte “Pintando o sete”, composto por 10 jovens com idade entre 10 a 15 anos e organizado pela escola citada. Tem como objetivo geral mapear as imagens (símbolos) que permeiam o imaginário artístico do referido grupo de arte da escola e estabelecer correlações entre concepções teóricas, suas objetivações e funcionalidades. Seus objetivos específicos são: a caracterização do processo de iconoclasmo e resistência do imaginário na sociedade ocidental e suas implicações para a educação escolar; a análise teórica das escolas comunitárias e da arte nesse tipo de escolas em alguns de seus aspectos; mapear imagens (símbolos) no espaço escolar comunitário e apreender o imaginário artístico dos integrantes do grupo de arte Pintando o sete. Trata-se de um estudo comparativo entre composições artísticas apresentadas pelos sujeitos da pesquisa nos anos 2006, quando participaram de uma oficina de artes plásticas e 2008, quando lhes foi aplicado um questionário para o levantamento de imagens. A abordagem da pesquisa é na perspectiva simbólica em que se busca revelar questões latentes. Adota-se como base teórica principal a fundamentação fornecida por Gilbert Durand com a sua classificação isotópica e Regimes de Imagens e autores como Martine Joly (2005), Gilberto Dimenstein (2004), Ernst Gombrich (1995), Herder Lexikon (1990), Viktor Lowenfeld (1970) e Gastón Bachelard (1998) que fornecem orientações básicas relativas a imagens. Através do levantamento e análise das composições gráficas mapeadas na pesquisa constata-se a predominância e pertinência de imagens diurnas, pela presença marcante de uma constelação de imagens ascensionais associada à ideia da arte como um meio de ascensão e visibilidade pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-15

Como Citar

Gonçalves Rocha, M. T. (2014). Arte e imaginário na educação: uma análise das imagens artísticas do grupo de arte da escola comunitária Nossa Senhora da Conceição. Revista Educação E Emancipação, 193. Recuperado de http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/3023

Edição

Seção

Resumos de Dissertações