CAPITALISMO GLOBAL, NEOLIBERALISMO E “PÓS-MODERNIDADE REACIONÁRIA”

a Educação como mercadoria e os contextos atuais da formação de professoras/es da Escola pública

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2229v29n1.2022.19

Palavras-chave:

Formação de professores, Globalizações, Neoliberalismo, “Pós-modernidade reacionária”, Privatização, Escola pública

Resumo

Este artigo analisa muito brevemente três contextos atuais em que se dá a formação de professoras/es para as escolas públicas no Brasil: o capitalismo global, o neoliberalismo e o que Paulo Freire chamou de “pós-modernidade reacionária” a fi m de compreender os ritmos acelerados de privatização da educação e, mais especifi camente, do ensino superior e da formação de professoras/es no país, bem como as políticas docentes aprovadas nos últimos anos – com foco na BNC-Formação. Consequentemente, a formação de professoras/es para as escolas públicas no Brasil acontece hoje, principalmente, em instituições de ensino superior não-universitárias, privadas com fi ns lucrativos, em cursos noturnos e, progressivamente, a distância – o que compromete bastante a qualidade da formação das/os profi ssionais que trabalharão nessas escolas.

Palavras-chave: Formação de professores. Globalizações. Neoliberalismo. “Pós-modernidade reacionária”. Privatização. Escola pública.

 

 

 

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julio Emilio Diniz Pereira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Professor Titular da Faculdade de Educação (FaE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É Doutor (Ph.D.) em Educação (mais especifi camente, em Sociologia do Currículo e da Formação de Professores) pela University of Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos.

Downloads

Publicado

2022-03-29

Como Citar

PEREIRA, Julio Emilio Diniz.
CAPITALISMO GLOBAL, NEOLIBERALISMO E “PÓS-MODERNIDADE REACIONÁRIA”: a Educação como mercadoria e os contextos atuais da formação de professoras/es da Escola pública
. Cadernos de Pesquisa, v. 29, n. 1, p. 433–452, 29 Mar 2022 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/18988. Acesso em: 22 jul 2024.