ANÁLISE TEXTUAL DISCURSIVA E ANÁLISE DE CONTEÚDO

proximidades e aplicabilidades em produções textuais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2229v29n2.2022.26

Palavras-chave:

análise textual discursiva, análise de conteúdos , Mestrado Profissional em Ensino

Resumo

Discussão teórico metodológica que parte da compreensão e aplicação da Análise Textual Discursiva (ATD) e da Análise de Conteúdos (AC) enquanto metodologias de análise de dados de natureza qualitativa, neste caso, em produções textuais de mestrandos de um Programa de Mestrado Profissional em Ensino (PPGEN). A análise dos textos intitulados “Minha história com o mestrado” traçou o perfil dos participantes da pesquisa, suas motivações e dificuldades no trajeto até o ingresso no mestrado. Três principais fases da ATD e AC foram aplicadas e comparadas, com identificação de características, regulações, procedimentos concernentes a cada método, assim como apontamentos de semelhanças e diferenças nas análises das produções escritas. Não houve a preocupação de valorizar mais um método em detrimento do outro, mas de apontar caminhos para análise das informações, considerar singularidades e a importância do rigor metodológico no processo. A análise dos textos produzidos pelos alunos, pela aplicação tanto da ATD quanto da AC sobre os fatores motivacionais para ingresso no mestrado, apontou busca pelo conhecimento, realização pessoal, crescimento profissional e financeiro, além da determinação dos alunos em se capacitar para exercerem melhor à docência. Considera-se  que as duas metodologias de análise de dados e seus enfoques teóricos aqui investigados representam fundamentos significativos, relevantes e não excludentes, mas que se mostram até complementares em certos aspectos. Possuem características que levam a ampliação da compreensão do pesquisador a respeito do fenômeno investigado, cabendo a este, levando em conta suas expectativas e objetivos almejados, escolher qual delas utilizar em sua pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Aldinete de Almeida Reinaldi, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Mestre em Ensino pelo Programa de Pós Graduação em Ensino - Mestrado Profissional (PPGEN-UENP). Graduada em Ciências Contábeis  pela UENP.

Annecy Tojeiro Giordani, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) – Cornélio Procópio – PR

Enfermeira. Doutora. Professora permanente do Programa de Pós-Graduação do Mestrado Profissional em Ensino - Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel, Bandeirantes, Paraná, Brasil.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BENTO, A. Investigação quantitativa e qualitativa: Dicotomia ou complementaridade?. Revista JA (Associação Académica da Universidade da Madeira), nº 64, ano VII (pp. 40-43). ISSN: 1647-8975. Abril, 2012.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Diretoria de avaliação. Documento de área 2013. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacaotrienal/Docs_de_area/Ensino_doc_area_e_comiss%C3%A3o_block.pdf> Acesso em 05 de mar. 2019.

CEVALLOS, I. et al. O mestrado profissional em ensino de matemática e o desenvolvimento profissional de professores: um desafio institucional. Educação Matemática Pesquisa: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, v. 13, n. 2, 2011.

DEVECHI, C. P.V.; TREVISAN, A. L. Sobre a proximidade do senso comum das pesquisas qualitativas em educação: positividade ou simples decadência? Revista Brasileira de Educação, v. 15, n. 43, 2010.

FELTES, H. P. M.; BALTAR, M. A. R. (2005, julho) Novas perspectivas para mestrados profissionais: competências profissionais e mercados regionais. Revista Brasileira de Pós-Graduação, 2 (4), 72-78.

GALIAZZI. M. C; SOUSA, R. S. Compreensões acerca da hermenêutica na análise textual discursiva: marcas teórico-metodológicas à investigação. Revista Contexto & Educação, v. 31, n. 100, p. 33-55, 2016.

GIBBS, G. Análise de dados qualitativos: coleção pesquisa qualitativa. Bookman Editora, 2009.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. Ijui: Ed. Unijui, 2007.

MOREIRA, M. A. O mestrado (profissional) em ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 1, n. 1, 2004.

PARANÁ, Edital n. 11 de 25 de julho de 2018. Edital de convocação para seleção de estudantes regulares para o ano de 2019, do Programa de Pós-Graduação em Ensino PPGEN/UENP, 2018.

Portaria CAPES nº 80, de 16 de dezembro de 1998. Dispõe sobre o reconhecimento dos mestrados profissionais e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em https://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacao/avaliacao---n/1892015---Portaria-CAPES-080--1998.pdf. Acesso em 24 de Fev., 2020.

Portaria Normativa MEC nº 17, de 28 de dezembro de 2009. Dispõe sobre o mestrado profissional no âmbito da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Brasília, DF. Recuperado em 10 de agosto, 2016, de

http://capes.gov.br/images/stories/download/avaliacao/avaliacao‐n/Portaria--‐MEC--‐17--‐ 2009.pdf

RIBEIRO, R. J. Ainda sobre o mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 3, n. 6, 2006.

SILVA, P. A. D.; DEL PINO, J. O Mestrado Profissional na área de Ensino. HOLOS, v. 8, p. 318-337, 2016.

Downloads

Publicado

2022-07-05

Como Citar

REINALDI, Maria Aldinete de Almeida; GIORDANI, Annecy Tojeiro.
ANÁLISE TEXTUAL DISCURSIVA E ANÁLISE DE CONTEÚDO : proximidades e aplicabilidades em produções textuais
. Cadernos de Pesquisa, v. 29, n. 2, p. 79–98, 5 Jul 2022 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/13784. Acesso em: 25 jul 2024.