O ABUSO DO ÁLCOOL COMO PROBLEMA POLÍTICO: análise das estratégias políticas de assistência ao consumidor abusivo de álcool no Brasil contemporâneo

Autores

  • Wildoberto Batista Gurgel Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • Anna Gomide Mochel Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • Francidalma Soares Sousa Carvalho Filha Universidade Federal do Piauí - UFPI

Resumo

Análise das estratégias políticas para o enfrentamento da drogadicção por álcool. Examina-se a questão do abuso do álcool e sua dependência como um problema político na sociedade brasileira contemporânea e as formas estatais de enfrentamento. Analisam-se os documentos oficiais da política de saúde mental e verifica-se o lugar reservado para a assistência ao dependente químico e seus familiares. Identifica-se o papel reservado ao CAPS nessa política e sua forma de atuação. Percebe-se que o consumo abusivo do álcool está inserido em um paradoxo que o vê como uma questão de saúde mental, mas é limitado pela indústria de psicoativadores que vende como um modo de vida feliz.
Palavras-chave: Alcoolismo. Morte Social. Políticas Públicas de Saúde Mental.

ABSTRACT

Analysis of political strategies for drug addiction for alcohol coping. This paper examines the issue of alcohol abuse and dependence as a political problem in contemporary Brazilian society and the state forms of coping. It analyzes the official documents of mental health policy and checks the place reserved for assistance to the addict and his family. Identifies the role reserved to the CAPS in that policy and its way of acting. It is felt that the alcohol abuse is embedded in a paradox which is seen as a mental health issue but it is limited by psychoactive industry that sells it as a way of happy life.
Keywords: Alcoholism. Social Death. Public Policies on Mental Health.

RESUMEN

Análisis de las estrategias políticas para lidiar con la adicción al alcohol. Se examina la cuestión del abuso y dependencia de alcohol como un problema político en la sociedad brasileña contemporánea y las formas estatales de afrontamiento. Se examina los documentos oficiales de la política de salud mental y es verificado el lugar reservado para la asistencia a los adictos y sus familias. Se identifica el papel reservado al CAPS en esa política y la forma en que opera. Se puede percibir que el consumo exagerado del alcohol es parte de una paradoja que lo ve como un cuestión de salud mental, pero está limitado por la industria de psicoactivos que vende como una forma de vida feliz.
Palabras clave: Alcoholismo. Muerte Social. La Política Pública de Salud Mental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wildoberto Batista Gurgel, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

(Ayala Gurgel) Bacharel em Filosofia (1997), Mestre em Filosofia (2001), ambos pela UFPB, e Doutor em Políticas Públicas (2008) pela UFMA. Professor da UFMA. Desenvolve pesquisas na área de políticas públicas, tanatologia e saúde mental. Membro da ANCP (Academia Nacional de Cuidados Paliativos) e da THANATOS (Liga Acadêmica de Tanatologia). Autor de artigos na área e do livro Direitos Sociais dos Moribundos, pela EdUFMA.

Anna Gomide Mochel, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Maranhão (2002), com formação em diagnóstico de uso e abuso de álcool e outras drogas, pelo SUPERA. Atualmente é psicóloga da rede de assistência social (CRAS, em São Luís) e da rede de saúde (São José de Ribamar).

Francidalma Soares Sousa Carvalho Filha, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Enfermeira da Prefeitura Municipal de Caxias - MA. Pósgraduada em Saúde Pública. Coordena o Programa de Hipertensão e Diabetes do município. Aluna do Mestrado em Enfermagem da UFPI e da Especialização em Saúde da Família e em Oncologia. Professora da FACEMA. Realiza pesquisas na área da Saúde Mental e Tanatologia. Artigos publicados na área.

Publicado

2010-09-28

Como Citar

GURGEL, Wildoberto Batista; MOCHEL, Anna Gomide; CARVALHO FILHA, Francidalma Soares Sousa.
O ABUSO DO ÁLCOOL COMO PROBLEMA POLÍTICO: análise das estratégias políticas de assistência ao consumidor abusivo de álcool no Brasil contemporâneo
. Cadernos de Pesquisa, v. 17, n. 1, 28 Set 2010 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/164. Acesso em: 17 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)