A BNC-FORMAÇÃO: O PROJETO DE FORMAÇÃO POR COMPETÊNCIA DOS DOCENTES PÓS-GOLPE JURÍDICOINSTITUCIONAL DE 2016

Autores

Palavras-chave:

Trabalho docente. Formação de professores. BNC-Formação.

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a proposta de formação profi ssional da Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Para tanto, parte-se de um estudo de natureza qualitativa, a partir de uma discussão fundamentada teoricamente. O texto faz uma análise crítica dessa proposta, bem como tensiona as competências que a balizam. No Brasil, após o Golpe de 2016, o campo educacional tem sofrido profundas mudanças, emergindo, assim, uma tentativa de desconstrução da valorização simbólica do professor perante a sociedade. As instituições formativas e os professores passaram a sofrer perseguições, há ocorrências de uma série de medidas que restringem o direito à educação pública e de precariedade do trabalho do professor, além do descaso com o financiamento da Educação Básica (o Fundeb), do desinvestimento em estratégias para alcançar as metas do Plano Nacional de Educação e a aprovação da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Na mesma esteira, ocorreu a revogação impositiva da Resolução CNE/CP No 2/2015 e a aprovação da Resolução CNE/CP No 2/2019, que define a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a BNC-Formação. Este estudo aponta que, para cumprir com o alinhamento da BNCC da Educação Básica e da BNC-Formação, se minimiza a sólida formação teórica no campo dos fundamentos da educação e se maximizam os conteúdos da Educação Básica, dando, assim, importância a uma visão técnica e instrumental do ensino.

Palavras-chave: Trabalho docente. Formação de professores. BNC-Formação.

BNC-FORMAÇÃO: THE TRAINING PROJECT BY COMPETENCE OF TEACHERS AFTER THE LEGAL-INSTITUTIONAL COUP OF 2016

 This paper aims to discuss the proposal for professional training of the National Common Core for the Initial Training of Basic Education Teachers (known in Brazil as BNC-Formação). Therefore, this is a study of a qualitative nature, based on a theoretically grounded discussion. The text makes a critical analysis of this proposal, as well as places a strain on the competences that guide it. In Brazil, after the 2016 Coup, the educational field has undergone profound changes, thus emerging an attempt to deconstruct the symbolic value of the teacher in society. Educational institutions and teachers started to suffer persecution, there are occurrences of a series of measures that restrict the right to public education and the precariousness of the teacher’s work, in addition to the neglect of the Basic Education financing (Fundeb), disinvestment in strategies to achieve the goals of the National Education Plan and the approval of the National Curriculum Common Core (known as BNCC).In the same perspective, there was the imposing revocation of the Resolution CNE/ CP no. 2/2015 and the approval of the Resolution CNE/CP no. 2/2019, which defines the Initial Teacher Training for Basic Education and institutes the BNC-Formação. This study points out that, in order to comply with the alignment of the BNCC for Basic Education and BNC-Formação, the solid theoretical training in the field of fundamentals of education is minimized and the contents of Basic Education are maximized, thus giving importance to a technical and instrumental vision of teaching.

Keywords: Teaching work. Teacher training. BNC-Formação.

LA BNC-FORMACIÓN: EL PROYECTO DE FORMACIÓN POR COMPETENCIA DE LOS DOCENTES POST GOLPE JURÍDICO-INSTITUCIONAL DE 2016

Este artículo tiene como objetivo discutir la propuesta de formación profesional de la Base Nacional Común para la Formación Inicial de Profesores de Educación Primaria (BNC-Formación). Para ello, se parte de un estudio de carácter cualitativo, a partir de una discusión fundamentada teóricamente. El texto hace un análisis crítico de esta propuesta, así como tensiona las competencias que la orientan. En Brasil, después del Golpe del 2016, el campo educativo ha experimentado profundos cambios, emergiendo así, un intento de desconstrucción de la valoración simbólica del profesor ante la sociedad. Las instituciones formativas y los profesores comenzaron a sufrir persecuciones, hay ocurrencias de una serie de medidas que restringen el derecho a la educación pública y de precariedad del trabajo del profesor, además del descuido del financiamiento de la Educación Primaria (Fundeb), de la desinversión en estrategias para lograr las metas del Plan Nacional de Educación y la aprobación de la Base Nacional Curricular Común (BNCC). En la misma línea, se produjo la revocación impositiva de la Resolución CNE / CP No. 2/2015 y la aprobación del CNE / CP No. 2/2019, que define la Formación Inicial de Profesores para la Educación Primaria e instituye la BNC-Formación. Este estudio señala que, para cumplir con la alineación de la BNCC de Educación Primaria y de la BNC-Formación, se minimiza la formación teórica sólida en el campo de los fundamentos de la educación y se maximizan los contenidos de la Educación Primaria, dando así importancia a la visión técnica e instrumental de la enseñanza.

Palabras clave: Trabajo docente. Formación de profesores. BNC-Formación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavia Wegrzyn Magrinelli Martinez, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus de Jacarezinho, Paraná. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação (GEPE). Membro do Grupo de Pesquisa sobre Trabalho Docente (GEPTRADO).

Priscila Gabriele da Luz Kailer, Faculdade de Arapoti (FATI)

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora na Faculdade de Arapoti (FATI). Membro do Grupo de Pesquisa sobre Trabalho Docente (GEPTRADO)

Susana Soares Tozetto, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) de Araraquara. Professora Associada da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UEPG. Líder do Grupo de Pesquisa sobre Trabalho Docente (GEPTRADO).

Downloads

Publicado

2022-03-29

Como Citar

Martinez, F. W. M., Kailer, P. G. da L., & Tozetto, S. S. (2022). A BNC-FORMAÇÃO: O PROJETO DE FORMAÇÃO POR COMPETÊNCIA DOS DOCENTES PÓS-GOLPE JURÍDICOINSTITUCIONAL DE 2016. Cadernos De Pesquisa, 29(1), 357–378. Recuperado de http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/18985