DESENVOLVIMENTO E LINGUAGEM NA INFÂNCIA: IMPLICAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS A PARTIR DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL

Autores

Palavras-chave:

Desenvolvimento da criança, Fala e escrita, Perspectiva histórico-cultural, Formação docente.

Resumo

A Política Nacional de Alfabetização atual impõe o método fônico como “única evidência científica” para alfabetização. Contrariamente, discute-se aqui os aspectos epistemológicos de desenvolvimento infantil e da linguagem. Parte de uma pesquisa (2017-2020), o estudo aborda as implicações epistemológicas, baseando-se em autores como Vygotsky, Luria, Leontiev, Bakhtin e outros. Em atividades para formar crianças como sujeitos de linguagem, o professor possibilita aprendizagens que impulsionam a formação das funções psíquicas superiores.  Conclui-se que a linguagem exerce um papel fulcral no desenvolvimento infantil, cabendo à escola planejar e executar atividades com essa finalidade. À vista disso, é indispensável conhecer as implicações epistemológicas sobre desenvolvimento com foco na linguagem, tendo em vista a apropriação das máximas qualidades humanas pela criança.

Palavras-Chave: Desenvolvimento da criança. Fala e escrita. Perspectiva histórico-cultural. Formação docente.

CHILD DEVELOPMENT AND LANGUAGE: EPISTEMOLOGICAL IMPLICATIONS FROM CULTURAL-HISTORICAL THEORY

: This article discusses the epistemological aspects of child and language development. Part of a research (2017-2020), the study addresses the epistemological implications of child development, based on authors such as Vygotsky, Luria, Leontiev, Bakhtin and others. In activities to train children as subjects of language, the teacher can provide learning situations that drive the formation of higher psychic functions in Early Childhood Education and the early years of Elementary School. It is concluded that language plays a key role in child development, and it is up to the school to plan and execute activities for this purpose. In view of this, it is essential to know the epistemological implications on development with a focus on language, with a view to the appropriation of maximum human qualities by the child in relationships with others, through activities that make sense to them.

Keywords: Child development. Speaking and writing. Historical-cultural perspective. Teacher training.

DESARROLLO Y LENGUAJE INFANTIL: IMPLICACIONES EPISTEMOLÓGICAS DE LA TEORÍA HISTÓRICO-CULTURAL

Este artículo discute los aspectos epistemológicos del niño y el desarrollo del lenguaje. Parte de una investigación (2017-2020), el estudio aborda las implicaciones epistemológicas del desarrollo infantil, con base en autores como Vygotsky, Luria, Leontiev, Bakhtin y otros. En las actividades para formar a los niños como sujetos del lenguaje, el docente puede propiciar situaciones de aprendizaje que impulsen la formación de funciones psíquicas superiores en la Educación Infantil y los primeros años de la Enseñanza Primaria. Se concluye que el lenguaje juega un papel clave en el desarrollo infantil, y corresponde a la escuela planificar y ejecutar actividades para este fin. Ante ello, es fundamental conocer las implicaciones epistemológicas sobre el desarrollo con enfoque en el lenguaje, con miras a la apropiación de las máximas cualidades humanas por parte del niño en las relaciones con los demás, a través de actividades que le den sentido.

Palabras-clave: Desarrollo infantil. Hablando y escribiendo. Perspectiva histórico-cultural. Formación del profesorado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria Esteves Bortolanza, Docente da Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL

PÓS-DOUTORADO NA UNIVERSIDADE DE ÉVORA.

DOUTORADO EM EDUCACÇÃO BRASILEIRA -UNESP/Marília

 

Downloads

Publicado

2022-03-29

Como Citar

Bortolanza, A. M. E. (2022). DESENVOLVIMENTO E LINGUAGEM NA INFÂNCIA: IMPLICAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS A PARTIR DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL. Cadernos De Pesquisa, 29(1), 215–236. Recuperado de http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/12515