Contradições na gestão da educação: entre o processo e o produto

Autores

  • Américo Rodrigues de Almeida Neto

DOI:

https://doi.org/10.18764/2358-4319.v10n2p278-298

Palavras-chave:

Gestão democrática. Gestão Gerencial. Gestão Escolar

Resumo

Gestão gerencial e gestão democrática parecem termos complementares quando comparados à luz do plano de reestruturação do Estado. No contexto democrático, a partir da década de 1990, busca-se ampliação, universalização e consolidação dos direitos sociais. No ambiente escolar, embora o arcabouço teórico e legislativo brasileiros preconizem educação para a cidadania, gestão democrática e participação com autonomia, os programas de políticas públicas implementados e a legislação de responsabilidade fiscal exigem orientação autocrática dos gestores para o cumprimento de metas e exigências externas das agências de fomento. Essa contradição, de eficiência do Estado proposta pelo modelo gerencial e as diretrizes pedagógicas de educação, afeta a escola, pois gestão democrática e participação estão sendo preteridas pelo cumprimento de normas e exigências alheias às questões pedagógicas. Por meio da análise de obras das ciências políticas, sobre democracia e gerencialismo, gestão e participação política, esse artigo passa pela pedagogia, sobre gestão escolar, gestão democrática e gerencial, permeados pelo programa de reestruturação do Estado. O método utilizado neste estudo foi de natureza bibliográfica, de caráter exploratório, do tipo revisão integrativa de literatura, permitindo reunir e sintetizar resultados de pesquisas sobre gestão democrática na escola objetivando compreender a importância da gestão democrática no ambiente escolar, seus caminhos e possibilidades para que estes atores sejam efetivos na gestão, bem como, refletir sobre os ganhos pessoal e organizacional proporcionado pela participação, frente às políticas de gestão gerencial. Foi possível compreender, portanto, a democracia, como um processo, e a escola como ambiente de aprendizagem do fazer democrático.

Palavras-Chave: Gestão democrática. Gestão Gerencial. Gestão Escolar

Contradictions In education management: between the process and the product

ABSTRACT

Administrative management and democratic management are complementary terms compared with the light of the state of the restructuring plan. In a democratic context, from the 1990s, it was sought expansion, globalization and consolidation of social rights. In the school environment, although the theoretical framework of Brazil and education stipulate legislative citizenship, democratic management and participation with autonomy, public policy programs implemented and fiscal responsibility laws require autocratic guidance of managers to meet the objectives and requirements of external funding agencies. This contradiction of State efficiency proposed by the management model and pedagogical guidelines of education affects school as management and democratic participation are being displaced by compliance and demands of others in pedagogical issues. Through analysis of the works of political science, democracy and public management, management and political participation, this article goes through education, the school management, democratic management and management permeated the status of the restructuring program. The method used in this study was bibliographic, exploratory, integrative review of such literature, enabling gather and synthesize the results of research on democratic management in schools in order to understand the importance of democratic governance in the school environment, forms and possibilities of these agents are effective in managing well, reflect on personal and organizational expected earnings for the stake, compared with management policies management. It was possible to understand, therefore, democracy as a process, and the school as a learning environment of democratic tasks.

Keywords: Democratic management. Management Management.School management

Contradicciones en la gestión de la educación: entre el proceso y el producto

RESUMEN

Gestión gerencial y gestión democrática parecen términos complementarios cuando se comparan a la luz del plan de reestructuración del Esta do. En el contexto democrático, a partir de la década de 1990, se busca ampliación, universalización y consolidación de los derechos sociales. En el ambiente escolar, aunque el marco teórico y legislativo brasileño preconizen educación para la ciudadanía, gestión democrática y participación con autonomía, los programas de políticas públicas implementados y la legislación de responsabilidad fiscal exigen orientación autocrática de los gestores para el cumplimiento de metas y exigencias externas de las agencias de fomento. Esa contradicción, de eficiencia del Estado propuesta por el modelo gerencial y las directrices pedagógicas de educación, afecta la escuela, pues gestión democrática y participación están siendo preteridas por el cumplimiento de normas y exigencias ajenas a las cuestiones pedagógicas. Por medio del análisis de obras de las ciencias políticas, sobre democracia y gerencialismo, gestión y participación política, ese artículo pasa por la pedagogía, sobre gestión escolar, gestión democrática y gerencial, permeados por el programa de reestructuración del Estado. El método utilizado en este estudio fue de naturaleza bibliográfi ca, de carácter exploratorio, del tipo revisión integrativa de literatura, permitiendo reunir y sintetizar resultados de investigaciones sobre gestión democrática en la escuela objetivando comprender la importancia de la gestión democrática en el ambiente escolar, sus caminos y posibilidades para que estos actores son efectivos en la gestión, así como, refl exionar sobre las ganancias personales y organizacionales proporcionadas por la participación, frente a las políticas de gestión gerencial. Es posible comprender, por lo tanto, la democracia, como un proceso, y la escuela como ambiente de aprendizaje del hacer democrático.

Palabras clave: Gestión democrática. Gestión Gerencial. Gestión Escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Américo Rodrigues de Almeida Neto

Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista – UNESP. Professor de Sociologia no Ensino Médio. E-mail: netodoamerico@gmail.com

Downloads

Publicado

2017-08-01

Como Citar

Almeida Neto, A. R. de. (2017). Contradições na gestão da educação: entre o processo e o produto. Revista Educação E Emancipação, p.278–298. https://doi.org/10.18764/2358-4319.v10n2p278-298

Edição

Seção

Artigos