A corporeidade e o desenvolvimento pessoal na formação continuada de professoras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2358-4319v15n1.2022.12

Palavras-chave:

formação continuada de professores(as), desenvolvimento pessoal, corporeidade

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar as possibilidades de desenvolvimento pessoal de professoras, concebendo a corporeidade como matriz orientadora de um processo de formação continuada na docência. O estudo foi desenvolvido no âmbito de um programa de formação continuada em yoga e educação e contou com a participação de 17 professoras atuantes na Educação Infantil de um Sistema Municipal de Ensino do interior de São Paulo. Os dados foram gerados por entrevistas semiestruturadas. As análises resultaram em reflexões sobre a corporeidade no âmbito do conhecimento de si e das relações afetivas e sociais. Constatou-se que o processo formativo promoveu a consciência corporal, o respeito aos limites do corpo, a descoberta das potencialidades, a consciência na respiração, a diminuição de dores físicas, estados de relaxamento, flexibilidade e equilíbrio. Somadas a tais percepções, as professoras indicaram melhor controle de ansiedade e de agitação, reflexões pessoais, socialização, autocontrole e tranquilidade. Conclui-se que a formação alcançou a dimensão pessoal das professoras, potencializando a manifestação e expressão da corporeidade por meio da prática e filosofia do yoga. A corporeidade presente nos processos formativos pode agregar mais qualidade na ampla esfera da formação docente, contemplando a dimensão pessoal articuladamente à profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Pastori Franzé, Sistema Municipal de Ensino de Bauru-SP

Mestra em Ciências da Motricidade. Professora da Educação Infantil no Sistema Municipal de Ensino de Bauru-SP. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Históricas, Sociológicas e Pedagógicas em Educação Física, CNPq.

Fernanda Rossi, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Mestra e Doutora em Ciências da Motricidade. Professora Assistente Doutora na Universidade Estadual Paulista – UNESP, campus Bauru.  Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Históricas, Sociológicas e Pedagógicas em Educação Física, CNPq.

Downloads

Publicado

2022-05-06

Como Citar

Franzé, F. P., & Rossi, F. (2022). A corporeidade e o desenvolvimento pessoal na formação continuada de professoras. Revista Educação E Emancipação, 15(1), 308–336. https://doi.org/10.18764/2358-4319v15n1.2022.12

Edição

Seção

Artigos