ESTUDOS DE USUÁRIOS EM RELAÇÃO A FORMAÇÃO LEITORA NO INSTAGRAM: uma análise do Pausa literária = USER STUDIES IN RELATION TO READER TRAINING AT INSTAGRAM: an analysis of Pausa literária

Autores

  • Bruna Rodrigues de Lima Praxedes
  • Maria Ester Sampaio de Almeida

DOI:

https://doi.org/10.18764/2526-6160v21n1.2022.4

Palavras-chave:

formação leitora, estudo de usuários, Instagram, práticas leitoras

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar o estudo dos usuários, em relação aos seus desafios e os impactos nas formações e práticas leitoras. Além disso, ressalta o papel do bibliotecário nesse cenário, e como esse profissional pode contribuir para a práticas de leitura e na formação do leitor. A metodologia adotada no estudo tem natureza qualitativa, com uma revisão de literatura utilizando técnicas de análises exploratória e descritiva com o propósito de analisar além das manifestações dos usuários, como também para oferecer subsídios ao bibliotecário para atuar na formação leitora em ambiente virtual - Instagram - com levantamentos bibliográficos sobre o assunto proposto.

ABSTRACT

This article aims to present the study of users, in relation to their challenges and impacts on training and reading practices. Furthermore, it emphasizes the role of the librarian in this scenario, and how this professional can contribute to the practice of reading and reader training. The methodology adopted in the study is qualitative in nature, with a literature review using exploratory and descriptive analysis techniques in order to analyze beyond the users' manifestations, but also to offer subsidies to the librarian to act in reader training in a virtual environment - Instagram - with bibliographic surveys on the proposed subject.

Keywords: reader training; study of users; Instagram; reading practices.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Rodrigues de Lima Praxedes

Graduanda em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará.

Maria Ester Sampaio de Almeida

Graduanda em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará.

Referências

BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Revista de Odontologia da Universidade Cidade de São Paulo. São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006. Disponível em: http://arquivos.cruzeirodosuleducacional.edu.br/principal/old/revista_odontologia/pdf/setembro_dezembro_2006/metodologia_pesquisa_bibliografica.pdf. Acesso em: 20 jul. 2021.

CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. Brasília: Ed. da UnB, 1999.

JESUS, Ingrid Paixão de; GOMES, Henriette Ferreira. Dimensões da mediação da informação e suas contribuições para a formação do mediador da leitura: aproximações teóricas e empíricas. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 26, p. 1-24, 2021.

JESUS, Ingrid Paixão de; GOMES, Henriette Ferreira. A MEDIAÇÃO DA LEITURA NO VIÉS DAS DIMENSÕES DA MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO. In: ENANCIB 2019. 2019.

GALLI, Fernanda Correa Silveira. Práticas de leitura no contexto acadêmico: a constituição histórica do sujeito-leitor e dos sentidos. Linguagem & Ensino (UCPel. Impresso), 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/rle/article/viewFile/15305/9493. Acesso em: 20 jul. 2021.

GALLI, Fernanda Correa Silveira; GARCIA, Dantielli Assumpção. Prática leitora e suas discursividades: formações imaginárias e memória discursiva. Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Ufgd, Dourados, v. 9, n. 19, p. 115-127, 2015. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/Raido/article/view/4661. Acesso em: 24 ago. 2021.

MAIA, Janicleide Vidal. A leitura crítica a partir da interpretação de charges jornalísticas. 2011. 137 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de A Leitura Crítica A Partir da Interpretação de Charges Jornalísticas, Departamento de Letras Vernáculas, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/8854/1/2011_dis_jvmaia.pdf. Acesso em: 22 ago. 2021.

NETTO, Raymundo; LIMA, Lidia Eugenia Cavalcante (org.). Curso Formação de mediadores de leitura. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha, 2018. 192 p. Ilustrado por: Rafael Limaverde.

ORLANDI, Eni P. Discurso e leitura. São Paulo: Cortez/Edunicamp, 1988/1989, p. 120.

SILVA, Ezequiel Theodoro da. Criticidade e leitura: ensaios. Campinas, SP: Mercado de Letras.

PROETTI, Sidney. AS PESQUISAS QUALITATIVA E QUANTITATIVA COMO MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA: UM ESTUDO COMPARATIVO E OBJETIVO. Revista Lumen, Adamantina, v. 2, n. 4, 2017. Semestral. Disponível em: http://www.periodicos.unifai.edu.br/index.php/lumen/article/view/60/88. Acesso em: 20 ago. 2021.

SANTOS, Hellinton Staevie dos; FERREIRA, Manuella Marinho; PASSOS, Naiara Raíssa da Silva. O bibliotecário e a agenda 2030. Revista Fontes Documentais, v. 3, p. 429-437, 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/151175. Acesso em: 17 jul. 2021.

SANTOS, Laís Costa; PAMPONÉT, Vanessa de Carvalho Cayres; CERQUEIRA, Ingrid Bomfim. Práticas de leitura: o uso das redes sociais como recurso de ensino-aprendizagem no ensino médio. Palimpsesto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Uerj, [S.L.], v. 19, n. 34, p. 171-188, 18 dez. 2020. Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/palimpsesto/article/view/54113. Acesso em: 24 ago. 2021.

SILVA, Elaine Teixeira da. A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço: um recurso para a condição leitora. Revista de Letras e Linguagens Midiáticas, Ribeirão Preto, v. 10, n. 1, p. 1-12, 15 fev. 2016. Semestral. Disponível em: http://www2.baraodemaua.br/comunicacao/publicacoes/vocabulo/pdf/10/13_ciberspaco_10.pdf. Acesso em: 24 ago. 2021.

SOARES, Magda. NOVAS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA: letramento na cibercultura. Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/zG4cBvLkSZfcZnXfZGLzsXb/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 18 ago. 2021.

SOUZA, Kellcia Rezende; KERBAUY, Maria Teresa Miceli. Abordagem quanti-qualitativa: superação da dicotoamia quantitativa-qualitativa na pesquisa em educação. Educação e Filosofia, [S.L.], v. 31, n. 61, p. 21-44, 30 abr. 2017. EDUFU - Editora da Universidade Federal de Uberlândia. http://dx.doi.org/10.14393/revedfil.issn.0102-6801.v31n61a2017-p21a44.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Praxedes, B. R. de L., & Almeida, M. E. S. de. (2022). ESTUDOS DE USUÁRIOS EM RELAÇÃO A FORMAÇÃO LEITORA NO INSTAGRAM: uma análise do Pausa literária = USER STUDIES IN RELATION TO READER TRAINING AT INSTAGRAM: an analysis of Pausa literária. Revista Bibliomar, 21(1), 62–76. https://doi.org/10.18764/2526-6160v21n1.2022.4

Edição

Seção

Artigos