Sobre a Revista

Afluente: Revista de Letras e Linguística, em formato eletrônico, foi criada em 2015 pela Coordenação de Letras, da Universidade Federal do Maranhão, campus Bacabal, com o objetivo de promover e divulgar pesquisas nacionais e internacionais sobre Linguística, Teoria Literária, Estudos Comparados, Língua Portuguesa, Ensino de Literatura e Língua Portuguesa e, por fim, Língua Brasileira de Sinais.

Atualmente, publica dois números por ano, constituídos sobretudo de artigos, resenhas, ensaios e entrevistas nacionais e/ou internacionais.

O periódico recebe trabalhos inéditos (artigos, resenhas e ensaios) em suas duas seções, Estudos Linguísticos e Estudos Literários. A Afluente recebe trabalhos apenas de professores doutores. Mestres, mestrandos e doutorandos podem submeter textos desde que em coautoria com um professor doutor. A recepção de artigos dá-se em fluxo contínuo, com publicações em junho e dezembro.

Eventualmente, pode haver publicações temáticas com chamadas e prazos específicos.

As línguas aceitas para publicação são o português, o inglês, o espanhol e o francês. Conceitos e opiniões contidos nos trabalhos submetidos à Afluente são de responsabilidade de seus autores.

ISSN 2525-3441

Periodicidade: Semestral

Qualis/CAPES (2017-2020): A4 

Notícias

Edição Atual

v. 8 n. 24 (2023): Recontar o amor em Literatura
					Visualizar v. 8 n. 24 (2023): Recontar o amor em Literatura

Número temático de estudos literários, tendo como tema principal O AMOR. Além da seção temática, são publicados textos no campo dos estudos linguísticos e literários.

Publicado: 2024-03-08

Amor na Literatura

  • MARIANA LUZ E “A MENDIGA DO AMOR” NA SOCIEDADE PATRIARCAL

    MIRNA ROCHA SILVA, Cristiane Navarrete Tolomei
    47-67
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.40
  • RELAÇÕES PALIMPSESTUOSAS DO AMOR EM “MELANCIA E COCO MOLE”: UM FENÔMENO BRASILEIRO QUE ULTRAPASSA UM SÉCULO

    Weber Firmino Alves, Naelza de Araújo Wanderley
    68-94
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.41
  • A NATUREZA DO AMOR EM O SOLDADINHO DE CHUMBO, DE HANS CHRISTIAN ANDERSEN

    José Wanderson Lima Torres
    96-107
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.42
  • Os  conceitos de “amor” e “desamor” no conto Os dragões não conhecem o paraíso, de Caio Fernando Abreu

    Douglas Rodrigues dos Santos
    108-123
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.43

Seção Livre

  • LOVE AS NARRATIVE DRIVE level 26: dark origins and transmedia storytelling

    Vanessa de Carvalho Santos, Thiago Rhys Bezerra Cass
    06-26
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.37
  • A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NA ESCRITA EM LÍNGUA PORTUGUESA DE UMA ESTUDANTE SURDA DO ENSINO MÉDIO

    Shelton Lima de Souza, Ana Carolina Ferreira de Barros
    27-47
    DOI: https://doi.org/10.18764/2525-3441V8N24.2023.38
Ver Todas as Edições

 Qualis CAPES A4

                      

     CONTROLE DE PLÁGIO