https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/afluente/issue/feed Afluente: Revista de Letras e Linguística 2024-06-28T00:00:00-03:00 Luís Serra luis.henrique@ufma.br Open Journal Systems <p>Afluente: Revista de Letras e Linguística, em formato eletrônico, foi criada em 2015 pela Coordenação de Letras, da Universidade Federal do Maranhão, campus Bacabal, com o objetivo de promover e divulgar pesquisas nacionais e internacionais sobre Linguística, Teoria Literária, Estudos Comparados, Língua Portuguesa, Ensino de Literatura e Língua Portuguesa e, por fim, Língua Brasileira de Sinais.</p> <p>Atualmente, publica dois números por ano, constituídos sobretudo de artigos, resenhas, ensaios e entrevistas nacionais e/ou internacionais.</p> <p>O periódico recebe trabalhos <strong>inéditos</strong> (artigos, resenhas e ensaios) em suas duas seções, Estudos Linguísticos e Estudos Literários. A <strong>Afluente </strong>recebe trabalhos <strong>apenas</strong> de professores <strong>doutores. </strong>Mestres, mestrandos e doutorandos podem submeter textos desde que em <strong>coautoria com um professor doutor.</strong> A recepção de artigos dá-se em fluxo contínuo, com publicações em junho e dezembro.</p> <p>Eventualmente, pode haver publicações temáticas com chamadas e prazos específicos.</p> <p class="default">As línguas aceitas para publicação são o português, o inglês, o espanhol e o francês. Conceitos e opiniões contidos nos trabalhos submetidos à <strong>Afluente</strong> são de responsabilidade de seus autores.</p> <p class="default">ISSN 2525-3441</p> <p class="default">Periodicidade: Semestral</p> <p class="default"><strong>Qualis/CAPES (2017-2020): A4 </strong></p> https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/afluente/article/view/21869 O fixo e o fluido em “Retrato de família”, de Carlos Drummond de Andrade 2024-06-20T10:17:13-03:00 Adriano de Paula Rabelo aprabelo@hotmail.com <p>O poema “Retrato de família”, de Carlos Drummond de Andrade, condensa questões filosóficas acerca da mobilidade de todas as coisas, refletindo também sobre problemas relacionados à fotografia e à memória. A consciência da fluidez do universo em contraste com a suposta fixidez da imagem capturada pela câmera provoca todo um incômodo no observador, o que será o assunto do texto. Este artigo faz uma análise cerrada do poema, correlacionando-o com reflexões de pensadores e estudiosos que trataram dos temas que o poeta brasileiro retoma e sintetiza.</p> 2024-06-28T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Afluente: Revista de Letras e Linguística https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/afluente/article/view/22666 Enganos e descobertas em Nada a dizer, de Elvira Vigna 2024-06-18T18:27:25-03:00 Clara Magalhães do Vale clara.vale@aluno.ufop.edu.br Mônica Fernanda Rodrigues Gama monica.gama@ufop.edu.br <p>Partindo dos conceitos acerca da escrita autobiográfica, sobretudo os de Philippe Lejeune (2008) e Manon Auger (2006), este artigo propõe uma análise do romance <em>Nada a dizer </em>(2010), de Elvira Vigna, como um diário ficcional. Neste romance, Vigna dá voz a uma mulher traída pelo marido após anos de casamento. A narradora vai expondo o processo de descoberta de forma cronológica, lançando mão de uma série de traços da escrita em ato próprios do diário. Essa autora ficcional encontra na escrita uma forma de organização do real e do emocional, da relação com o outro e consigo, em uma dinâmica entre narrar a si e narrar o outro diante dos impasses da relação conjugal quanto à formação de uma identidade.</p> 2024-06-30T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Afluente: Revista de Letras e Linguística