DA CANTIGA TROVADORESCA AOS DESAFIOS DE VIOLA:

literatura, oralidade e musicalidade na tradição oral de língua portuguesa .

Autores

  • PETERSON JACOB DOS SANTOS MEILI Universidade Estadual do Maranhão
  • JOSENILDO CAMPOS BRUSSIO Universidade Federal do Maranhão - Campus de São Bernardo
  • ALGEMIRA MACÊDO MENDES Universidade Estadual do Piauí - UESPI

Resumo

Este artigo busca estabelecer uma conexão entre a poética contida nos desafios da cantoria de viola nordestina e as cantigas satíricas galego-portuguesas da Era Medieval. Partindo do campo da oralidade, sua principal forma de difusão, o enfoque da pesquisa situa-se na performance dessas manifestações por meio da literatura comparada (POSNETT, 1994). Esta pesquisa é bibliográfica, qualitativa em relação a abordagem do objeto de pesquisa e exploratória quanto aos meios uma vez que o tema é pouco explorado dificultando assim predições assertivas. Foram escolhidas duas cantigas de escárnio e maldizer: de Afonso X, "Achei Sanch' [E]anes encavalgada" e de Martin Moxa, "Maestr'Acenço, dereito faria". Foi escolhido um desafio em Galope à beira-mar entre Zé Viola e Raulino Silva para análise do seu conteúdo. Na visão de Bardin (1997) a análise de conteúdo é uma etapa importante, pois os dados serão extraídos e, posteriormente, as interpretações e inferências feitas. Como resultados a pesquisa, temos a presença do aspecto depreciador direcionado ao oponente no caso da cantoria de viola e direcionado às pessoas públicas nas cantigas de escárnio e maldizer. Coexistem semelhanças e diferenças estéticas pelos dois tipos de manifestações. As obras analisadas confluem em apreço a uma métrica preestabelecida e pela musicalidade característica e compartilhada por ambas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

PETERSON JACOB DOS SANTOS MEILI, Universidade Estadual do Maranhão

Mestrando em Teoria Literária pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGLetras-UEMA), da Universidade Estadual do Maranhão, sob a supervisão do professor Josenildo Campos Brussio. Especialista em Literatura em Língua Inglesa pela Faculdade de Educação São Luís (2021). Licenciado em Letras - Português/Inglês pela Faculdade do Baixo Parnaíba - FAP (2018). Professor Bolsista de Língua Inglesa do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - IEMA. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Meio Ambiente, Desenvolvimento e Cultura (GEPEMADEC) e do LEI (Laboratório de Estudos do Imaginário).

JOSENILDO CAMPOS BRUSSIO, Universidade Federal do Maranhão - Campus de São Bernardo

Doutor em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2012), Mestre em
Educação pela Universidade Federal do Maranhão (2008), Bacharel em Direito pela Universidade Fe-deral do Maranhão (2012) e Licenciado em Letras Português/Inglês e respectivas Literaturas pela Uni-versidade Estadual do Maranhão (1998). Professor Associado II
do Curso de Licenciatura em Ciências Humanas/Sociologia do Centro de Ciências de São Bernardo, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Professor colaborador do Programa
de Pós-Graduação em Educação (PPGE-UEMA), da Universidade Estadual do Maranhão. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGLetras-UEMA), da Universidade Estadual do Maranhão. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Meio Ambiente, Desenvolvimento e Cultura (GEPEMADEC) e. Líder do LEI (Laboratório de Estudos do Imaginário)

ALGEMIRA MACÊDO MENDES, Universidade Estadual do Piauí - UESPI

Doutora em Letras pela PUC-RS, Professora Associada IV - da Universidade Estadual do Piauí- Professora Emérita da Universidade Estadual do Maranhão . Atua no PPGL das duas IES . Coordena o Núcleo de Estudos Literários Piauienses -NELIPI,NELG e Membro do Comitê Institucional de Pesquisa da UESPI, Conselho Editorial das revistas Pesquisa em Foco (UEMA) e Letras em Revista/UESPI ,Membro do conselho editorial da EDUESPI .Membro do CLEPUL-Universidade de Lisboa.

Downloads

Publicado

2023-03-07

Como Citar

MEILI, PETERSON JACOB DOS SANTOS; BRUSSIO, JOSENILDO CAMPOS; MENDES, ALGEMIRA MACÊDO.
DA CANTIGA TROVADORESCA AOS DESAFIOS DE VIOLA: : literatura, oralidade e musicalidade na tradição oral de língua portuguesa .
. Infinitum: Revista Multidisciplinar , v. 5, n. 8, p. 136–153, 7 Mar 2023Tradução . . Disponível em: . Acesso em: 19 abr 2024.

Edição

Seção

Artigos