INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR: Emegências no contexto da pandemia

Autores

Palavras-chave:

Covid-19;, modernidade, colonialidade, interculturalidade, internacionalização em casa

Resumo

O artigo é um dos resultados de uma pesquisa mais ampla na área da internacionalização da Educação Superior (ES) com foco na modalidade em casa  (IeC). Nesta etapa da pesquisa, surge a necessidade de compreender emergências da internacionalização no contexto da pandemia. O objetivo é construir uma revisão sistemática de emergências de internacionalização da ES no contexto da pandemia a partir de documentos de organismos e journals com força política no cenário mundial. A partir de metodologia qualitativa-exploratória e de critérios definidos de inclusão e exclusão, 19 documentos foram analisados. Duas emergências foram destacadas como mais significativas: oportunidades e crise. A ideia de oportunidades envolvem necessariamente o padrão hegemônico e seus privilégios epistêmicos de produção de conhecimento. E a ideia de crise remete principalmente à problema 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlize Rubin-Oliveira, Universidade Tecnológica Federal no Paraná

Professora Associada 3 da Universidade Tecnológica Federal do Paraná do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR). Coordenadora do Grupo de Estudos sobre Universidade (GEU/UTFPR). Participou do Programa de Visiting Scholar no Department of Lifelong Education, Administration, and Policy - University of Georgia (Jul/2017 - Jun/2018). Doutora em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsista CAPES/PIQDTec (2007-2011). Participou do Programa de Visiting Scholar no Center for the Study of Higher Education na Universidade do Arizona (Jan-Abril/2010). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pelotas - RS (2000). Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria - RS (1990). Foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR/UTFPR/2015/2017). A partir da perspectiva decolonial os principais interesses de investigação estão no campo da Educação Superior como lugar epistêmico, com foco em temas como produção de conhecimentos, interdisciplinaridade, internacionalização e interculturalidade.

Referências

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K.. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, 1994.

GARCÍA GUADILLA, Carmen. Balance de la década de los ‘90 y reflexiones sobre las nuevas fuerzas de cambio en la educación superior. In: MOLLIS, Marcela (compiladora). Las universidades en América Latina: ¿reformadas o alteradas? La cosmética del poder financiero. Buenos Aires: CLACSO, enero de 2003.

CASTRO-GOMÉZ, S.. Decolonizar la universidad: la hybris del punto cero y el diálogo de saberes. 2007. Disponível em: <https://www.ram-wan.net/restrepo/decolonial/14-castro-descolonizar%20la%20universidad.pdf>. Acesso em: 08 out. 2021.

DECLARAÇÃO DE INCHEON e MARCO DE AÇÃO. Para a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4. Incheon, 2015.

DE WIT, H. de. Globalisation and Internationalisation of Higher Education. Revista de Universidad y Sociedad del Conocimiento (RUSC). vol. 8, no 2, pp. 241-248. UoC.; 2011.

UNESCO - Coalizão Global de Educação <https://pt.unesco.org/covid19/educationresponse/globalcoalition >. Acesso em 10 out. 2021.

KNIGHT, J.. Internationalization remodeled: definition, approaches, and rationales. Journal of Studies in International Education, Thousand Oaks, v.8, n. 5, p. 5-31, 2004. Disponível em: <https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1028315303260832>. Acesso em: 31 ago. 2021.

KNIGHT, J.. Five Truths about Internationalization. International Higher Education. The Boston College Center For International Higher Education. n. 69, Fall 2012. Disponível em: <https://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br/edicoes/ihe/IHE69original.pdf>. Acesso em: 31 ago. 2021.

LEITE, D.; GENRO, M. E. H.. Quo Vadis? Avaliação e Internacionalização Da Educação Superior Na América Latina. In: LEITE, D., et.al. Políticas de evaluación universitaria en América Latina: perspectivas críticas. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: CLACSO; Instituto de investigaciones Gino Germani, 2012.

MAZZETTI, A. C.; RUBIN-OLIVEIRA, M.; PEZARICO, G. ; WIELEWICKI, H. D. G.. Relação Centro x Periferia: a universidade em debate. Educação em Revista (online), v. 35, p. 1-31, 2019.

MIGNOLO, W. D. Desafios decoloniais hoje. Epistemologia do Sul. Foz do Iguaçu/PR, v. 1, n. 1, p. 12 -32. 2017.

MOROSINI, M. C. Internacionalização da Educação Superior: um modelo em construção? In: Audy, J. L.N.; Morosini, M. C. (orgs.) Inovação e Empreendedorismo na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006, p-189-210, 2006.

QUIJANO, A.. Colonialidad y modernidad-racionalidad. In: PALERMO, Z.. Aníbal Quijano: textos de fundación. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Del Signo, 2015.

Downloads

Publicado

2022-05-12

Como Citar

Rubin-Oliveira, M., & Dalla Costa , M. L. . (2022). INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR: Emegências no contexto da pandemia. Revista Húmus, 12(35). Recuperado de https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahumus/article/view/19166

Edição

Seção

Perspectivas da Filosofia