REFLEXÕES SOBRE O FEMININO A PARTIR LOU ANDREAS-SALOMÉ

Autores

Palavras-chave:

Diferença entre os sexos, Ética da existência, Mulheres filósofas

Resumo

O presente artigo é um convite para refletir sobre a questão do feminino a partir de um recorte da inspiradora vida-pensamento de Lou Andreas-Salomé, mais especificamente aquela encontrada no ensaio Das Mensch als Weib [O humano como mulher], de 1899. Elaborada de maneira especulativa, a temática da investigação pode ser definida como a natureza da felicidade feminina,
cujos pressupostos teóricos se encontram na distinção fundamental entre os sexos, isto é, na distinção entre dois modos de existência diversos. A autonomia do elemento feminino sobre o elemento masculino é explorada pela autora a partir de quatro aspectos complementares: no âmbito celular; no campo psíquico das potencialidades criativas; nas pulsões sexuais; e, finalmente, no campo psíquico das produções artísticas. Apesar de um de seus objetivos ser explicitamente demonstrar a superioridade existencial do feminino sobre o masculino, no texto de Andreas-Salomé a demarcação da diferença entre os sexos serve a um propósito ainda mais elevado. O caminho que leva à
diferenciação do masculino com relação ao feminino, para a autora, é o mesmo caminho que leva ao reconhecimento do feminino consigo mesmo, em tudo aquilo que lhe cabe e lhe potencializa. Distinguir-se do masculino é o primeiro passo para o feminino conhecer-se a si mesmo e, portanto, viver livremente em sua plenitude existencial, ou, dito de outro modo, cumprir um propósito ético por excelência: ser feliz.

Palavras-chave: Diferença entre os sexos; Ética da existência; Mulheres filósofas.

REFLECTIONS ON FEMENINE FROM LOU ANDREAS-SALOMÉ`S WORK

Abstract

This article is an invitation to reflect on the feminine question based on the inspiring life and thought of Lou Andreas-Salomé, more specifically that one found in the 1899 essay Das Mensch als Weib [The Human Being as Woman]. Elaborated in a speculative way, the research theme can be defined as the nature of feminine happiness, whose theoretical assumptions are found in the
fundamental distinction between the sexes, that is, between two different modes of life. Feminine element autonomy over male element is explored by the author from four complementary aspects: at the cellular level; in the psychic field of creative potentialities; in sexual drives; and, finally, in the psychic field of artistic productions. Although one of its objectives is to explicitly demonstrate the
existential superiority of the feminine over the masculine, in Andreas-Salomé’s text demarcation of the difference between the sexes serves an even higher purpose. The path that leads to the differentiation of the masculine in relation to the feminine, for the author, is the same path that leads to the recognition of the feminine with oneself, comprised everything that fits and enhances it.
Distinguishing oneself from the masculine is the first step for the feminine to know itself and, therefore, to live freely in its existential plenitude, or, to put it another way, to fulfill an ethical purpose par excellence: to be happy.

Keywords: Difference between sexes; Existential ethics; Women in philosophy.

RIFLESSIONI SUL FEMMINILE NEL PENSIERO DI LOU ANDREAS-SALOMÉ

Riassunto

Il presente articolo vuol essere un invito alla riflessione sulla questione del femminile a partire da un’attenzione specifica alla vita e al pensiero ispiratore di Lou Andreas-Salomé, in particolare rispetto a quanto incontriamo nel saggio del 1899 Das Mensch als Weib [L’Umano come donna]. Affrontata da un punto di vista speculativo, la tematica della ricerca può essere indicata nella
felicità femminile, i cui presupposti teorici si basano sulla fondamentale distinzione tra i sessi, ossia sulla distinzione tra due modi differenti di esistenza. L’autonomia dell’elemento femminile rispetto a quello maschile è indagata dall’autrice a partire da quattro aspetti complementari: nell’ambito cellulare;
nel campo psichico delle potenzialità creative; nelle pulsioni sessuali; e, per ultimo, nella sfera psichica delle produzioni artistiche. Nonostante il fatto che uno dei suoi obiettivi sia esplicitamente quello di dimostrare la superiorità esistenziale del femmineo rispetto al maschile, nel testo di AndreasSalomé la differenza tra i sessi è utilizzata per un proposito ancora più elevato. Il cammino che porta alla differenziazione del maschile dal femminile, secondo l’autrice, è il medesimo cammino che conduce al riconoscimento del femminile con se stesso, in tutto quanto gli pertiene e lo potenzializza. Distinguersi dal maschile è il primo passo del femminile per conoscere sè e, dunque, per vivere liberamente la propria pienezza esistenziale o, detto in altri termini, raggiungere l’obiettivo etico per eccellenza: essere felici.

Parole-chiave: Differenza tra i sessi; Etica dell’esistenza; Filosofia femminile.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Maria Lorenzoni

Doutora em Filosofia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Downloads

Publicado

2020-11-27

Como Citar

LORENZONI, Anna Maria.
REFLEXÕES SOBRE O FEMININO A PARTIR LOU ANDREAS-SALOMÉ
. Barricadas: Revista de Filosofia e Interdisciplinaridade, v. 1, n. 1, 27 Nov 2020 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/barricadas/article/view/15611. Acesso em: 21 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos