AMAZÔNIA: CARTOGRAFIA E ANÁLISE DIDÁTICA DO ESPAÇO AGRÍCOLA NA REGIÃO GEOGRÁFICA IMEDIATA DE CASTANHAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2446-6549.e2023.14

Palavras-chave:

Ensino de Geografia, Produção Agrícola, Escrita Gráfica, Castanhal

Resumo

Os fundamentos cartográficos e os elementos da comunicação gráfica alcançaram saltos consideráveis a partir da segunda década do século XXI. A unicidade das técnicas anunciada por Santos e Silveira (2008) permitiu novos olhares e interpretações sobre o espaço geográfico. Assim, neste artigo a fundamentação cartográfica e as grafias do cenário agrícola da Região Geográfica Imediata de Castanhal (IBGE, 2017) subsidiam as análises da produção das lavouras agrícolas abordadas sob o viés educacional. A estruturação metodológica desta pesquisa consiste em referenciais cartográficos, geográficos, com aporte nos avanços tecnológicos e de desenho gráfico de assessoramento à temática da pesquisa (CASTRO, 2019), o processo de formação territorial na Amazônia apresenta elementos da unicidade das técnicas (SANTOS, 2013). O resultado é a elaboração de produtos didáticos – cartilhas – nos quais são revelados de forma ilustrada os processos socioespaciais através de desenhos pictóricos infantis com uso do software Inkscape; a formalização da escrita incorporada aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) a partir do software Quantum Gis (versão 3.14 - π Pi), expressam o objetivo proposto nesta pesquisa, confecção de Cartilha Cartográfica abordando a Produção Agrícola regional, enquanto elaboração de recurso didático voltado ao ensino de Geografia, revelando e afirmando o papel protagonista da Cartografia e da escrita gráfica na segunda década do século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Jorge Nogueira de Castro, Universidade do Estado do Pará

Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Pará – UFPA. Professor do Curso de Licenciatura em Geografia da Universidade do Estado do Pará – UEPA/Campus Universitário de Igarapé-Açu e do Programa de Pós-graduação em Geografia – PPGG-UEPA. Pesquisador do Grupo de Estudos e Observação Cartográfica da Amazônia (GEOCAM) e do Observatório da Violência, Metrópole, Criminalidade e Vulnerabilidade.

Railana Oliveira da Silva, Universidade do Estado do Pará

Discente do Curso de Licenciatura em Geografia e Bolsista do Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Universidade do Estado do Pará – UEPA/Campus Universitário de Castanhal. Integrante do Grupo de Estudos e Observação Cartográfica da Amazônia (GEOCAM).

Referências

ALMEIDA, Rosângela Doin de. A propósito da questão teórica metodológica sobre o ensino de geografia. In: RIBEIRO, Wagner Costa (org.). Prática de ensino em Geografia. São Paulo: Ed. Marco Zero / AGB, 1991.

ANDRADE, Felipe Inácio Melo. A elaboração de Recursos Didáticos no Ensino de Geografia na formação territorial da Região Geográfica Imediata de Castanhal. Trabalho de Conclusão de Curso (monografia) - Curso de Licenciatura em Geografia, Universidade do Estado do Pará, Belém, Pará, 2020.

BARBOSA, Rodolpho Pinto. A Questão do Método Cartográfico. Revista Brasileira de Geografia, 1967: 117-128.

CASTRO, Carlos Jorge Nogueira de. Belém: da Formação da Cidade à atuação dos Agentes do Sistema de Transporte Urbano. Em: Belém dos 400 anos: Análises Geográficas e Impactos Antropogênicos, In Christian Nunes da Silva, Luziane Mesquita da Luz, Franciney Carvalho da Ponte e José Edilson Cardoso Rodrigues, 275-296. Belém: GAPTA-UFPA, 2017.

______. Projeto cartográfico e a pesquisa: a implementação da escrita gráfica nos princípios geográficos e o tripé Geografia - Cartografia - Geoinformação. Revista Interespaço. Grajaú/MA. v.5, n. 17. p. 01-17 maio/ago. 2019.

CONCEIÇÃO, Ewerton Henrique; BEZERRA, Levi Araujo; BARROS, Daniely Santos; SOUZA, Luiz Carlos Alves. A Produção e Uso de uma Cartilha Educativa como Recurso Didático no Ensino do Ciclo da Água. VI Congresso Internacional das Licenciaturas - Cointer - PDVL. 2019.

ÉGLER, Eugênia Gonçalves. A Zona Bragantina no Estado do Pará. Revista Brasileira de Geografia, 1961: 71-102.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Cultivo de Frutos. Disponível em: https://www.embrapa.br > (acesso em: 2 de Janeiro de 2021).

FAPESPA, Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas. Anuário estatístico do Pará. Belém, 2019.

GEOCAM. Grupo de Estudos e Observação Cartográfica da Amazônia. Projeto Cartográfico: Produção de Recursos Didáticos em Geografia na Região Geográfica Imediata de Castanhal. Universidade do Estado do Pará. Projeto de Desenho Gráfico e Escrita Gráfica (Carlos Castro e Railana Oliveira). Igarapé-Açu, 2020.

______. Quantum Gis: Desenho Escalonado e Análise da Produção de Dendê R.G.I. de Castanhal, em 2017. Disponível em, 27 de Outubro de 2020. http://geografia-cartografia.blogspot.com/2020/10/quantum-gis-desenho-escalonado-e.html (acesso em, 18 de Janeiro de 2021).

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Divisão regional do Brasil em regiões geográficas imediatas e regiões geográficas intermediárias: 2017. Rio de Janeiro: IBGE, Coordenação de Geografia, 2017.

______. IBGE - Cidades: Vitória de Santo Antão-PE. 1 de Janeiro de 2020 a. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/vitoria-de-santo-antao/panorama (acesso em: 31 de Março de 2021).

______. IBGE - Cidades: Vigia-PA. 1 de Janeiro de 2020 b. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/vigia/panorama (acesso em: 31 de Março de 2021).

INKSCAPE. Software: versão 0.92.5 - Draw Freely. 2017. Disponível: 6 junho de 2017 em: https://inkscape.org/ (acesso em: 11 de Agosto, 2020).

LOPES, Francisco de Assis da Silva. A expansão da Mobilidade do Transporte Rural e suas interações ao Espaço Urbano de Castanhal. Trabalho de Conclusão de Curso (monografia) - Curso de Licenciatura em Geografia, Universidade do Estado do Pará, Igarapé-Açu, Pará, 2019.

MORAES, Andrea Cristina Costa; SOUSA, Marco Antônio de Moura. A Cartografia e Ensino de Geografia: o uso de mapas temáticos e seu processo de ensino aprendizagem na E. E. de E. F. Comandante Castilhos França (Vigia de Nazaré-PA). Trabalho de Conclusão de Curso (monografia) - Curso de Licenciatura em Geografia, Universidade do Estado do Pará, Vigia, Pará, 2014.

PENHA, Jonas. Marques; MELO, Josandra Araújo Barreto. Geografia, novas tecnologias e ensino: (re)conhecendo o “lugar” de vivência por meio do uso do google earth e google maps. Geo UERJ, Rio de Janeiro, n. 28, p. 116-151, 2016. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/view/13119/16421 > acesso em: 23 de Março. 2021.

PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. Amazônia Amazônias. São Paulo: Contexto, 2012.

QUANTUM-GIS. Software: versão 3.14 - π Pi. Disponível em: https://qgis.org/pt_BR/site/ > acesso em: 1 Dezembro 2021.

SÁ, Rodrigo dos Santos. Ensino de Geografia e Cartografia: uma proposta prática de atividade para a utilização da cartografia temática em sala de aula. Trabalho de Conclusão de Curso (monografia) - Curso de Licenciatura em Geografia, Universidade do Estado do Pará, Igarapé-Açu, Pará, 2019.

SANTOS, Milton. Espaço e Método. São Paulo: Edusp, 2008.

______. Por uma Geografia Nova: Da Crítica da Geografia a uma Geografia Crítica. São Paulo: EdUsp, 2012.

______. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2013.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2008.

SOARES, Daniel Araújo Sombra; TACO, Luís Hernán Villacís; CASTRO, Carlos Jorge Nogueira de; OLIVEIRA, Rodrigo Rafael Souza de; MORAES, Sérgio Cardoso de “Desenvolvimento da cartografia como linguagem geográfica: um processo de aprendizagem territorial.”, In: Revista Atlante: Cadernos de Educação e Desenvolvimento (Online) 20 p., 2018. Disponível em: < https://www.eumed.net/rev/atlante/2018/07/desenvolvimento-cartografia.html >. Acesso em: 1 Março de 2021.

TRINDADE, José Raimundo Barreto; OLIVEIRA, Wesley Pereira. Conversão Geopolítica da Fronteira e Estratégia de desenvolvimento regional: a intervenção Estatal na Amazônia Brasileira a partir dos anos de 1940. Em: Seis Décadas de Intervenção Estatal na Amazônia: a SPVEA auge e crise do ciclo ideológico do desenvolvimento brasileiro, In: José Raimundo Barreto Trindade (Org.), 41-59. Belém: Paka-Tatu, 2014.

Downloads

Publicado

2023-08-12

Como Citar

CASTRO, Carlos Jorge Nogueira de; SILVA, Railana Oliveira da.
AMAZÔNIA: CARTOGRAFIA E ANÁLISE DIDÁTICA DO ESPAÇO AGRÍCOLA NA REGIÃO GEOGRÁFICA IMEDIATA DE CASTANHAL
. InterEspaço: Revista de Geografia e Interdisciplinaridade, p. e202314, 12 Ago 2023 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/interespaco/article/view/16621. Acesso em: 18 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos