Subjetividade, Testemunho e Histórias de Vida:

caminhos confluentes para uma prática de comunicação comunitária anticolonial

Autores

  • Sarah Fontenelle Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Tereza Raquel Arraes Alves Rocha Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Kassandra Merielli Lopes Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Luan Matheus dos Santos Santana Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.18764/2176-5111v19n33.2024.8

Palavras-chave:

Comunicação comunitária, Anticolonialidade, Testemunho, Histórias de vida

Resumo

A partir de uma comunicação anticolonial, o projeto "Culturando nos Morros da Mariana" objetiva que a comunidade narre suas próprias histórias, tendo como resultado uma cartilha, além de textos que foram publicados na plataforma de comunicação popular Ocorre Diário. Analisamos seis narrativas extraídas do site, observando elementos como subjetividade (MORAES, 2020), testemunhos (PERES, 2016) e histórias de vida (PINEAU, LE GRAND, 2012). Em uma análise de conteúdo (BARDIN, 2016; LYCARIÃO, 2021), a metodologia também preservou os modos de ser, onde as narrativas nascem de experiências cotidianas. Entre os saberes comunitários, encontramos caminhos para pensar na contramão da colonialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sarah Fontenelle Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Estudos da Mída (UFRN) Professora substituta na Universidade Federal do Maranhão.

Tereza Raquel Arraes Alves Rocha, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutoranda em Comunicação (UFC).

Kassandra Merielli Lopes Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Estudos da Mídia Universidade (UFRN).

Luan Matheus dos Santos Santana, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutorando em Comunicação (UFC).

Referências

BENJAMIN, Walter. O Narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In:

Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo:

Brasiliense, 1994, p. 197-221.

DUSSEL, Enrique (2000). "Europa, modernidad y eurocentrismo", em LANDER,

Edgardo (coord.). La colonialidad del saber: eurocentrismo y ciencias sociales,

perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: Clacso

Cambiassu, v. 19, n. 33 – Jan./Jun. 2024

IJUIM, Jorge Kanehide; SUIJKERBUIJK, Herma Aafke; SCHIMIDT, Laureane de

Queiroz. Jornalismo: entre o objetivo e o subjetivo. Estudos em Jornalismo e Mídia,

Florianópolis, v. 5, n. 1, 2008, p. 137-148.

KAPLÚN, Mário. El comunicador popular. Coleccion Intiyan, Ediciones CIESPAL,

Quito, Equadro: 1985.

KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras,

MORAES, Fabiana. Fabiana Moraes: “Toda prática jornalística é posicionada e

ideológica”. [Entrevista concedida a Dairan Paul]. Objethos - observatório da ética

jornalística, maio de 2020. Disponível em:

https://objethos.wordpress.com/2020/05/19/fabiana-moraes-toda-pratica-jornalistica-eposicionada-e-ideologica/, Acesso em: 04 mar. 2022.

MEDINA, Cremilda. Entrevista: o diálogo possível. São Paulo: Ática, 1986.

MIGNOLO, Walter. Looking for the Meaning of “Decolonial Gesture”. E-misférica:

v. 11, n.1, 2014. Disponível em: http://hemisphericinstitute.org/hemi/en/emisferica- -111-

decolonial-gesture/mignolo Acesso em: 22 out. 2020.

MOTTA, Luiz Gonzaga. Análise Crítica da Narrativa. Brasília: Editora UnB, 2013.

PERUZZO, Cicilia. Aproximações entre a comunicação popular e comunitária e a

imprensa alternativa no Brasil na era do ciberespaço. Galáxia, n. 17, jun. São Paulo:

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2009.

______________. Conceitos de comunicação popular, alternativa e comunitária

revisitados. Reelaborações no setor. Recibido: 06/06/08, Aceptado: 03/12/08.

Disponível em:

https://palabraclave.unisabana.edu.co/index.php/palabraclave/article/view/1503/1744.

Acesso em: 22 jul. 2016.

_________. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da

cidadania. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

PERES, A. C. Narrar o outro: notas sobre a centralidade do testemunho para as

narrativas jornalísticas. n. 31. São Paulo: Galaxia (São Paulo, Online), abr. 2016, p. 92-

Cambiassu, v. 19, n. 33 – Jan./Jun. 2024

PORTOCARRERO, Maria Luisa. Testemunho e interpretação na filosofia de P.

Ricoeur. v. 29, n. 57. Coimbra: Revista Filosófica de Coimbra, 2020.

PINEAU, Gaston; LE GRAND, Jean-Louis. Histórias de vida. Tradução: Carlos

Eduardo Galvão e Maria da Conceição Passegi. Natal: EDUFRN, 2012.

QUIJANO, Anibal. Colonialidade do poder, Eurocentrismo e América Latina.

CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, 2005.

SANTOS, Antônio Bispo dos. Colonização, Quilombos, Modos e Significações.

Brasília: INCTI/UnB, 2015.

SARLO, Beatriz. Tempo Passado - Cultura da memória e guinada subjetiva. Tradução:

Rosa Freire D’Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: UFMG, 2007.

SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a mídia?. São Paulo: Edições Loyola, 2011.

SOUSA, Maria Sueli Rodrigues. Vivências constituintes: sujeitos

desconstitucionalizados. Teresina: Avant Gard, 2021.

SANTOS, Boaventura de Souza; MENEZES, Maria Paula (org.). Epistemologias do Sul

[livro eletrônico]. São Paulo: Cortez, 2013, 1,9 Mb; epub.

SODRÉ, Muniz. A ciência do comum: notas para o método comunicacional. Petrópolis:

Editora Vozes, 2014.

____________. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política / Muniz Sodré.

Petrópolis, RJ : Vozes, 2006.

REYES-MATTA, F. La comunicación transnacional y la respuesta alternativa. En: M.

Simpson (Ed.). Comunicación Alternativa y Cambio social. Tomo I, América Latina,

2.ed., México: Premia Editora. (apud. Lemus-Poll, M.C. La comunicación

alternativa en la era digital. Procesos, prácticas y actores en el contexto de los jóvenes

mexicanos. Universidad Nacional Autónoma e México. Ciudad de México, diciembre de

.

WALSH, Catherine. Notas pedagógicas desde las grietas decoloniales. E-misférica, vol.

, n.1, 2014. Disponível em: http://hemisphericinstitute.org/hemi/es/e-misferica-111-

gesto-

Downloads

Publicado

2024-07-01

Como Citar

SANTOS, Sarah Fontenelle; ROCHA, Tereza Raquel Arraes Alves; LIMA, Kassandra Merielli Lopes; SANTANA, Luan Matheus dos Santos.
Subjetividade, Testemunho e Histórias de Vida:: caminhos confluentes para uma prática de comunicação comunitária anticolonial
. Cambiassu: Estudos em Comunicação, v. 19, n. 33, p. 146–165, 1 Jul 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cambiassu/article/view/23896. Acesso em: 21 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos