Avaliação de cultivares de feijoeiro comum com agricultores familiares do estado do Rio de Janeiro

Autores

  • Rodolfo Condé Fernandes Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ
  • Mara Alexandre Silva Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ
  • Adelson Paulo Araújo Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ
  • José Guilherme Marinho Guerra Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ

Palavras-chave:

Phaseolus vulgaris, agricultura familiar, inoculante, produção de grãos

Resumo

A produção de feijoeiro comum pela agricultura familiar demanda a identificação de cultivares adaptadas com aceitação pelo mercado consumidor. Objetivou-se avaliar a produção de cultivares de feijoeiro de diferentes tipos comerciais de grão, por agricultores familiares no estado do Rio de Janeiro. Em Cachoeiras de Macacu, no sítio Dois Irmãos adotou-se esquema fatorial 2 x 5 combinando duas adubações (química ou orgânica) e cinco cultivares. No sítio Santa Mônica foram avaliadas seis cultivares. As sementes foram inoculadas com rizóbio. Em Teresópolis-RJ, foi adotado esquema fatorial 2 x 4, entre dois tratamentos de inoculação das sementes (inoculado ou não inoculado) e quatro cultivares. Em todos experimentos, os rendimentos de grãos foram acima de 2700 kg. ha-1. No Sítio Dois Irmãos, a produção de grãos não diferiu entre os tratamentos de adubação orgânica ou química. As cultivares Valente e Radiante atingiram a maior produção nos Sítios Dois Irmãos e Santa Mônica, respectivamente. Em Teresopólis, a inoculação não afetou a nodulação e a produção de grãos, e a cultivar Constanza apresentou maior produção. O cultivo de feijões com grãos especiais pode incrementar a renda do produtor dentro de práticas preconizadas pela agricultura de base agroecológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodolfo Condé Fernandes, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ

Departamento de Fitotecnia

Adelson Paulo Araújo, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ

Departamento de Solos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Como Citar

Fernandes, R. C., Silva, M. A., Araújo, A. P., & Guerra, J. G. M. (2020). Avaliação de cultivares de feijoeiro comum com agricultores familiares do estado do Rio de Janeiro. Revista Trópica: Ciências Agrárias E Biológicas, 12(1). Recuperado de http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/ccaatropica/article/view/13268

Edição

Seção

Microbiologia e Fitopatologia