O IMPACTO DAS REDES SOCIAIS NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA DO DESTINO PRAIA DE ATALAIA, LUÍS CORREIA, PIAUÍ

Autores

Resumo

O presente trabalho investigou o impacto das redes sociais na tomada de decisão de compra dos turistas que visitam a Praia de Atalaia, localizada no município de Luís Correia, no estado do Piauí, Brasil. O objetivo foi compreender as tecnologias de informação e comunicação (TICs) não somente como ferramentas na promoção de destinos, mas também nas maneiras de influenciar os turistas que lidam com essas tecnologias. A abordagem metodológica adotada foi mista com análise qualitativa, de natureza descritiva, com o uso de questionários, observações de campo e pesquisa bibliográfica.Por meio de amostra não probabilística por conveniência foram aplicados 150 questionários com visitantes ao longo do ano de 2016 na Praia de Atalaia. Constatou-se a atual importância das TICs para a formação de imagem turística e da tomada de decisão dos turistas que vistam o local, porém observou-se a inexistência de um plano de marketing e/ou ações coordenadas para divulgação da praia de Atalaia. Isso faz com que exista frustração por parte dos turistas que visitam a praia, pois para muitos a realidade local não corresponde à imagem encontrada em redes sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Riani Costa Perinotto, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Graduação em Turismo (Bacharelado) pela Universidade Metodista de Piracicaba. Especialização em Docência para Ensino Superior em Turismo e Hotelaria pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC/SP. Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista -UNESP/Rio Claro. Doutor em Ciências da Comunicação - UNISINOS. Professor Adjunto - D.E. (Efetivo) – Curso de Turismo da UFPI - Universidade Federal do Piauí (Parnaíba) e Professor Permanente do Mestrado em Gestão de Negócios Turísticos da UECE.

Robson Rannier Brito Silva, UESPI

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Piauí

Solano de Souza Braga, Universidade Federal do Piauí

Doutorando em desenvolvimento e meio ambiente PRODEMA/UFPI. Professor Assistente no Curso de Bacharelado em Turismo da Universidade Federal do Piauí – Parnaíba – PI.

Referências

ÁGUAS, P. Determinação dos segmentos de mercado prioritários: uma metodologia para destinos turísticos. Lisboa, 2005.

ALTERMANN, D. Qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?2010. Disponível em: http//www.midiatismo.com.br/qual-a-diferença-entre-redes-sociais-e-emidias-sociais. Acesso em: 25 out. 2019.

ARAÚJO, Luana Lima Bandeira; DANTAS, Eustógio Wanderley Correia. Políticas públicas de turismo: um olhar para a região meio-norte do nordeste brasileiro. Geosaberes: revista de estudos geoeducacionais, v. 6, n. 2, p. 222-236, 2015.

ARRUDA, E; PIMENTA, D. Algumas reflexões sobre a internet e as estratégias comunicativas no marketing em turismo. Caderno Virtual de Turismo,[S.l.], v. 5,n. 4, p. 50-57, 2005. Disponível em: http://www.ivt.coppe.ufrj.br/caderno/index.php/caderno/article/view/104/99. Acesso em: 11 abr. 2019

AYEH, J. K.; AU, N.; LAW, R. Do we believe in Tripadvisor? Examining credibility perceptions and online travelers’ attitude toward Using User-Generated Content. Journal of Travel Research, v.52, n. 4, p. 437–452, 2013.

BIGNAMI, Rosana. A imagem do Brasil no turismo: construção, desafios e vantagem competitiva. Editora Aleph, 2002.

BORGES, Vicente de Paula Censi. Política pública e planejamento estratégico do turismo no Território Polo Costa do Delta: um modelo de desenvolvimento turístico. 2018. Tese (Doutorado) - Universidade de Coimbra, Coimbra, 2018.

BRASIL. Ministério do Turismo. Pesquisa da demanda turística internacional no Brasil: fichas sínteses 2014-2018.Brasília, DF: MTur, 2019 Disponível em: http://www.dadosefatos .turismo.gov.br/2016-02-04-11-54-03/demanda-tur%C3%ADstica-internacional.html. Acesso em: 8 jan. 2019.

BUHALIS, D.; LAW, R. Progress in information technology and tourism management: 20 years on and 10 years after the Internet—the state of e tourism research. Tourism Management, v. 29, n.4, p. 609–623, 2008.

CAFFERKY, M. Venda de boca a boca: deixe seus clientes fazerem a propaganda. São Paulo: Nobel, 1999.

CARO, A. Comportamento do consumidor e a compra online: uma análise multicultural. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponíveis/12q12139/tde-05052010114514/píblico/AbraoCaroTese.pdf. Acesso em: 11 abr. 2019.

CASTELLS, M. A Sociedade em rede - a era da informação: economia, sociedade e cultura. 8. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v.1.

CRUZ, V. L. L.; MOTA, K. M.; PERINOTTO, A. R. C. Redes sociais na internet: estratégia para divulgação das potencialidades turísticas do Piauí – Brasil. Revista Rosa dos Ventos, v. 4, n. 1, p. 77-88, jan./jun. 2012.

CASIMIRO FILHO, Francisco. Contribuição do turismo a economia brasileira. Piracicaba, SP: [s.n.], 2002.

GÂNDARA, J. M. G. 2008. A imagem dos destinos turísticos urbanos. In:SEMANA DETURISMO, 5., 2008, São Paulo. Anais eletrônicos [...].São Paulo:ECA-USP.p. 10-16. Disponível em:http://www.eca.usp.br/turismocultural/aimagem.pdf. Acesso em: 11.abr.2019

GASTAL, S. Turismo, imagens e imaginário. São Paulo: Aleph, 2005.

GONÇALVES, M. B.; MAZARO, R. M. As mídias sociais como ferramenta estratégica no marketing turístico. In: SEMINÁRIO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM TURISMO, 9., 2013, Caxias do Sul. Anais [...]. Caxias do Sul: Universidade de Caxias do Sul, 2013.

GONZALEZ, Priscilla et al. Turismo, planejamento e hospitalidade: o projeto Cancún, México, 2010.

GUERRA, A. C.; GOSLING, M.; COELHO, M. F. Redes Sociais: um jornal on-line como fonte de informação especializada em turismo. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 8, n. 3, p. 403-418, 2014.

GUIMARÃES, A. S.; BORGES, M. P. Turismo: internet e negócios do turismo. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

HOLLOWAY, J. The business of tourism. 4. ed. London: Pitman, 1994.

IBGE CIDADES. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas – Cidades e Estados. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pi/luis-correia/panorama

KOTLER, P. Marketing management. New Jersey: Prentice-Hall, 1997.

KOTLER, P.; ARMSTRONG, G. Princípios de marketing.12. ed. São Paulo: Pearson. 2008.

LAGE, B. H. G.; MILONE, P. C. Turismo: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2000.

LAMFUS, C.; XIANG, Z.; ALZUA-SORZABAL, A.; MARTÍN, D. Conceptualizing context in an intelligent mobile environment in travel and tourism. In: CANTONI, L.; XIANG, Z. (org.). Information and communication technologies in tourism. Heidelberg: Springer, 2013. p. 1-11.

LAPOLLI, M.; GAUTHIER, F. Á. O. Publicidade na era digital: um desafio para hoje. Florianópolis: Pandion, 2008.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

LOHMANN, G.; P. NETTO, A. Teoria do turismo: conceitos, modelos e sistemas. São Paulo: Aleph, 2008.

MACHADO, D. F. C.; GOSLING, M. A imagem do destino turístico Ouro Preto e seus reflexos na lealdade, na satisfação e na divulgação boca a boca. Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo, v. 5, p. 1-28, 2010. Disponível: http://www.spell.org.br/documentos/ver/210/a-imagem-do-destino-turistico-ouro-preto-e-seus---. Acesso em: 11. abr.2019.

MANOSSO, C.; BIZINELLI, C.; GÂNDARA, J. M. G. A imagem da cidade em fotografias online: estudo de caso do site Flickr sobre Curitiba, Paraná, Brasil. Revista Turismo e Sociedade, v. 6, n. 4, 2013. Disponível:https://www.academia.edu/16375313/A_Imagem_da_Cidade_em_Fotografias_Online_Estudo_de_Caso_do_Site_Flickr_sobre_Curitiba_Paran%C3%A1_Brasil_ Acesso em: 11 abr. 2019.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Metodologia do trabalho científico. 4. ed.São Paulo: Atlas, 1992.

MALTA, G. A. P., BRAGA, S. S., PERINOTTO, A. R. C., & BARBOSA, M. F. P. Análise da oferta, uso e qualidade dos APPS de informação turística em Belo Horizonte–MG no período 2014-2017. Marketing & Tourism Review, 3, 2018.

MURPHY, P.; PRITCHARD, M.; SMITH, B. The destination product and its impact on traveller perceptions. Tourism Management, v.21, n.1, p. 43-52, 2000.

NUNES, Raul. Atores e práticas ciberativistas no Brasil: o esboço de uma história cyberactivist actors and practices in Brazil: outline of a history. COMPOLÍTICA8, Brasília, DF, 2019.

OLIVEIRA, I. C; HARB. A. G. A imagem do destino turístico e a influência na tomada de decisão do visitante.Amazonas, 2012.

PAULA, J. E. A. Dinâmica morfológica da planície costeira do Estado do Piauí:evolução, comportamento dos processos costeiros e a viação da linha de costa. 2013. 247f. Tese (Doutorado)- Programa de Pós-Graduação em Ciências Marinhas Tropicais – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17672. Acesso em: 11. abr. 2019.

PERINOTTO, A. R. C. Investigando a comunicação turística de Parnaíba/PI-Brasil: internet e redes sociais, descrição e análise, 2013a. Turydes: Revista de Investigación en Turismo y Desarrollo Local, v. 6, n. 15, 2013. Disponível em http://www.eumed.net/rev/turydes/15/parnaiba.pdf. Acesso em: 11 abr. 2019.

PORTAL G1.Facebook atinge os 2 bilhões de usuários. Rio de Janeiro: Globo, 2017. Disponível em:https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/facebook-atinge-os-2-bilhoes-de-usuarios.ghtml. Acesso em: 27 fev. 2019.

PORTAL G1. Instagram tem 800 milhões de usuários ativos por mês e 500 milhões por dia. Rio de Janeiro: Globo, 2017. Disponível em: https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/instagram-tem-800-milhoes-de-usuarios-ativos-por-mes-e-500-milhoes-por-dia.ghtml. Acesso em: 21 ago. 2019.

RECUERO, R. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

SILVA, M.; PERINOTTO, A. A imagem do destino turístico como ferramenta de diferenciação e promoção do turismo: Caso de Barra Grande/PI–Brasil. Pasos:Revista de Turismo y Patrimonio Cultural, v. 14, n. 2, p. 417-431, 2016.

SILVA, M. M. M. O turismo nas ondas do litoral e das políticas públicas do Piauí. 2013. Tese (Doutorado em Geografia) - Instituto Geociências, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo horizonte, 2013a.

SILVA, R. L. L. Estudo sobre a influência das mídias sociais no processo de compra de serviços turísticos.2013. 78 f. Monografia (Lato Sensu - Marketing e Cadeia de Valor) – Centro Universitário de Brasília, Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento (UniCEUB/ICPD), Brasília, DF, 2013b.

SOMOLON, M. R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 9. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011.

SWARBROOKE, J.; HORNER, S. O comportamento do consumidor no turismo. São Paulo: Aleph, 2002.

VASSALO, M. O fenômeno Instagram: considerações sob a perspectiva tecnológica. Brasília, DF: Universidade de Brasília, 2012.

WANG, Y.; FESENMAIER, D. R. Modeling participation in an online travel community. Journal of Travel Research, v. 42, p. 261–270, 2004.Disponível: https://www.researchgate.net/publication/249701160_Modeling_Participation_in_an_Online_Travel_Community.Acessoem: 11 abr. 2019.

Downloads

Publicado

2020-06-23

Como Citar

PERINOTTO, André Riani Costa; SILVA, Robson Rannier Brito; BRAGA, Solano de Souza.
O IMPACTO DAS REDES SOCIAIS NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA DO DESTINO PRAIA DE ATALAIA, LUÍS CORREIA, PIAUÍ
. Revista Turismo & Cidades, v. 2, n. 3, p. 87–107, 23 Jun 2020 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/turismoecidades/article/view/13271. Acesso em: 17 jul 2024.

Edição

Seção

Artigos