Gerenciando riscos, discrição e lucros extraordinários: uma análise dos agentes dos operadores e gestores de hedge funds

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2236-9473v21n1.2024.2

Palavras-chave:

Hedge funds, Elites, Sociologia das finanças, Marcadores sociais, Distinção

Resumo

Esse artigo oferece um balanço preliminar de uma pesquisa sobre analistas, traders e gestores financeiros brasileiros que operam hedge no mercado de derivativos. Incipiente, inclusive no debate da sociologia das finanças internacional, os hedge funds são a representação e consolidação de estrutura de investimentos considerada vanguarda entre investimento e risco. Assim, com base em um conjunto de entrevistas semiestruturadas, o trabalho busca descrever e analisar os processos de acumulação dos recursos materiais e simbólicos necessários para garantir ou facilitar a entrada, permanência e circulação dos agentes no espaço de hedge funds.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2024-04-24

Como Citar

BICHOFFE, Ana Carolina.
Gerenciando riscos, discrição e lucros extraordinários: uma análise dos agentes dos operadores e gestores de hedge funds
. Revista Pós Ciências Sociais, v. 21, n. 1, p. 29–46, 24 Abr 2024 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rpcsoc/article/view/23445. Acesso em: 17 jul 2024.