Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Normas para publicação, na seção Sobre a Revista ou em Instruções aos autores.
  • Os textos devem ter a seguinte formatação: editor Word for Windows 6.0 ou superior, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço entre linhas 1,5, com margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm.

  • Os textos devem ser enviados após uma rigorosa revisão ortográfica e de digitação.

  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word ou OpenOffice  (desde que não ultrapassem 2MB).

Diretrizes para Autores

REVISTA PÓS CIÊNCIAS SOCIAIS: Normas para publicação

Apresentação


A Revista Pós Ciências Sociais (REPOCS) é uma publicação quadrimestral produzida pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão (PPGCSoc/UFMA).

Para a sua composição, aceitamos trabalhos sob a forma de artigos, resenhas, documentos, entrevistas. Os trabalhos devem ser inéditos (ao menos em português).
Os artigos podem ser publicados nas seguintes línguas: Português, Espanhol, Inglês, Francês e Italiano.
Os trabalhos recebidos passarão por uma conferência preliminar, relativa às exigências estabelecidas pelas Normas para Publicação (o não cumprimento das orientações implicará na interrupção do processo). A seguir, serão remetidos aos conselheiros e pareceristas ad-hoc para emissão de pareceres, em sistema “duplo cego” (double blind review), preservando a identidade do autor e do avaliador. Os autores serão avisados via endereço eletrônico da aceitação, exigência de revisão ou recusa de seus trabalhos.
Para efeitos de padronização gráfica, os trabalhos enviados deverão seguir rigorosamente as normas abaixo especificadas sob o risco de não serem aprovados para a publicação:

1. INFORMAÇÕES AOS AUTORES

1.1. Sobre o material

Todo o material deve ser encaminhado para os endereços eletrônicos:
repocs.ppgcsoc@ufma.br e revistapgcs@gmail.com , contendo:
a) um arquivo com o texto original, com a identificação da(s) autoria(s), sendo precedido por uma folha de rosto com as seguintes informações: Nome completo; Nota biográfica (máximo três linhas), Titulação; Forma de citação do nome do(s) autor(es); Instituição a qual é vinculado(a) (nome completo e sigla); E-mail; Endereço para correspondência (com CEP); Telefones (com DDD);
b) e um arquivo com a cópia fiel do texto original, porém sem identificação de autoria e sem nota biográfica; Os textos devem ter a seguinte formatação: editor Word for Windows 6.0 ou superior, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço entre linhas 1,5, com margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm; E devem ser enviados após uma rigorosa revisão ortográfica e de digitação.

1.2. Quanto ao texto

Especificamente no que diz respeito aos textos:
O título deve ser escrito em Times New Roman, corpo 12, negrito, utilizando caixa alta. Caso houver, o subtítulo virá separado do título por dois pontos (:), sem negrito e em caixa-baixa.
Exemplo: MODELOS DE INTERVENÇÃO POLÍTICA DOS INTELECTUAIS: o caso francês.

1.2.1. Sobre as seções:

a) Introdução, Considerações Finais e Referências devem aparecer sem numeração, em negrito, caixa alta e baixa.
b) As seções primárias devem vir em negrito, caixa alta e baixa, numeradas.
Exemplo: 1. Fundamentos de uma ciência das obras
c) As seções secundárias devem vir em negrito, caixa alta e baixa, numeradas e separando seção primária e secundária por um ponto.
Exemplo: 1.1. Questão de método
d) As seções terciárias devem vir sem negrito, caixa alta e baixa, numeradas e separadas por ponto.
Exemplo: 1.1.1. Um novo espírito científico 1.2.2. Sobre as citações:
Para as referências aos autores feitas a partir de citações ao longo do texto, solicitamos a aplicação das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), especificamente: NBR 10520/2002.
Destacamos que:
a) as referências aos autores feitas entre parêntesis ao longo do texto deve seguir a seguinte padronização: o sobrenome do autor deverá ser escrito em caixa alta, seguido do ano da publicação e, no caso de citações literais, também o número da página da qual foi extraída. Para os casos de referências com até três autores, separar os sobrenomes com ponto e vírgula. Para acima de três autores, fazer referência somente ao sobrenome do primeiro autor seguido de “et al.”
Exemplo: (MONTEIRO, 1988); (MONTEIRO; VILHENA; CAVALCANTE, 1995); (MONTEIRO et al., 1999).
b) As citações literais com mais três (3) linhas deverão vir destacadas em blocos e recuadas, em fonte 10, sem aspas e espaçamento simples.

1.2.3. Sobre as Referências

A entrada de autores nas Referências (no final do artigo) deverá ser idêntica àquela feita para as citações no texto e deverá, igualmente, seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): NBR 6023/2002.
Grifamos que:
a) O(s) sobrenome(s) do(s) autor(es) aparece(m) em caixa alta, seguido de vírgula e somente a inicial do primeiro nome. Assim como para as citações: nos casos de referências com até três autores, separar os sobrenomes com ponto e vírgula, para acima de três autores, fazer referência somente ao sobrenome do primeiro autor seguido de “et al.”
b) Os títulos das obras ou dos periódicos devem ser em negrito e os títulos de artigos ou de capítulos de livros devem aparecer sem nenhuma marca. Somente no caso de capítulos de livros, utilizar “In” e aplicar o mesmo padrão de referência. É preciso colocar dois pontos entre a cidade e a editora pela qual foi publicado e o ano da publicação no final.
Para os casos de capítulos de livros, o número das páginas (abreviado como “p.”) deve aparecer no final da referência, depois do ano, e, para os casos de artigos, antes do ano.
Exemplificamos alguns modelos de referências:
- Livro com um autor:
WEBER, M. Ciência e Política: duas vocações. São Paulo: Cultrix, 1993.
- Livros com dois autores:
PALMEIRA, M.; GOLDMAN, M. (Orgs.) Antropologia, voto e representação política. Rio de Janeiro: Contracapa Livraria, 1996.
- Capítulo de livro:
DAMATTA, R. A família como valor: considerações não familiares sobre a família à brasileira. In: CARNEIRO, M. J.; PAULA, S. de (Orgs.) Pensando a família no Brasil. Rio de Janeiro: Espaço e tempo, 1987, p.115-136.
- Artigo de revista:
BOSCHI, R.R.; DINIZ, E. Empresariado e estratégias de desenvolvimento. Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 18, n. 52, p. 15-33, 2003.

Alerta-se que: em caso de texto em línguas estrangeira, será mantida a normalização original.

1.2.4. Sobre imagens, quadros, tabelas e figuras:

As imagens devem ser enviadas individualmente, nunca inseridas em arquivos de WORD. Os formatos aceitos são JPG, TIFF, PNG, com resolução mínima de 150dpi, em cores ou tons de cinza, com tamanho mínimo de 9x13cm. Gráficos, infográficos e mapas devem ser enviados em arquivos abertos, gerados em softwares vetoriais (arquivos CDR, AI).

Os quadros, as tabelas e as figuras deverão ser numerados em algarismos arábicos (com suas respectivas legendas), de preferência incluídos no texto. Os pontos gráficos e as linhas não deverão ser coloridos; deverão estar legíveis e simplificados para facilitar a redução.

2. NORMAS ESPECÍFICAS

2.1. Artigos

a) O autor deve ser no mínimo doutorando. Os textos submetidos por mestres ou mestrandos somente serão avaliados quando em co-autoria com orientador-doutor.
b) Os textos dos artigos devem conter entre 15 e 30 laudas.
c) Os trabalhos devem apresentar a seguinte sequência:
– Título;
– Título em inglês;
– Texto;
– Conclusão;
– Referências;
– Breve Biografia com, no máximo, três linhas, e-mail e ORCID.
– Resumo informativo conforme ABNT/NBR 6028/2003 (de 100 a 150 palavras);
– Palavras-chave (no máximo de 06 palavras, separadas por ponto e com inicial maiúscula);
– Abstract;
– Keywords;

2.2. Resenhas

a) O autor deve ser no mínimo mestrando.
b) Os textos direcionados a essa seção não devem ultrapassar o limite de seis (06) laudas;
c) Serão aceitos textos referentes a obras editadas há no máximo 03 anos;
d) As resenhas devem apresentar a seguinte sequência:
– Título específico da resenha;
– Título específico da resenha em inglês;
– Nome do resenhista e instituição a que pertence;
– Referências completas da obra (Título da obra. Cidade: Editora, Ano. Nº de páginas.
Sobrenome e nome do autor);
– Palavras-chave: no máximo de 06 palavras;
– Texto;
– Breve Biografia do autor da resenha com, no máximo, três linhas, e-mail e ORCID.

2.3. Documentos

a) O autor deve ser no mínimo doutorando. Os textos submetidos por mestres ou mestrandos, somente serão avaliados quando em co-autoria com orientador-doutor.
b) O número de laudas não deve ultrapassar vinte (20).
c) Os trabalhos devem apresentar a seguinte sequência:
– Título;
– Título em inglês;
– Palavras-chave: no máximo de 06 palavras;
– Apresentação esclarecendo a relevância e a procedência dos documentos;
– Texto;
– Breve Biografia com, no máximo, três linhas, email e ORCID.

2.4. Entrevistas

a) O autor deve ser no mínimo doutorando. Os textos submetidos por mestres ou mestrandos, somente serão avaliados quando em co-autoria com orientador-doutor.
b) O número de laudas não deve ultrapassar trinta (30).
c) Os trabalhos devem apresentar a seguinte seqüência:
– Título;
– Título em inglês;
– Nome do Entrevistado e do Entrevistador;
– Apresentação da entrevista e do entrevistado;
– Transcrição;
– Breve Biografia do entrevistador com, no máximo, três linhas, e-mail e ORCID.

3. NORMAS PARA ORGANIZAÇÃO DE DOSSIÊ NA REPOCS

3.1 As propostas de organização de dossiê serão avaliadas pelo Comitê da Revista em fluxo contínuo. Para tanto, devem ser formalizadas e somente serão analisadas mediante:

a) Breve justificativa da temática comum, pertinente às Ciências Sociais, que será tratada nos artigos;
b) Afirmação de comprometimento do/as organizadores/as com o processo de operacionalização do dossiê, conforme previsto em formulário em anexo.

3.2 Sobre os critérios de composição da organização do dossiê:

a) Deve ter no mínimo dois e no máximo três organizadores/as, sendo todo/as doutores/as (ou com titulação equivalente) e vinculado/as a Programas de Pós-graduação;
b) Ao menos um/a do/as organizadores/as do dossiê deve integrar o corpo docente do PPGCSoc/UFMA;
c) É necessário que ao menos um/a do/as organizadores/as participe de PPG externo à UFMA;
d) E é preciso que ao menos um/a do/as organizadores/as componha PPG localizado em outros estados e/ou países.

3.3 Sobre os critérios de composição do dossiê:

a) Conter entre no mínimo cinco e no máximo dez artigos, selecionados com base em chamada pública;
b) Um texto de apresentação do dossiê (máximo 15 páginas) assinada pelos/as organizadores/as.
c) Dentre os artigos, somente um poderá ser assinado por professores/pesquisadores vinculados à UFMA; e, no máximo, 20% dos artigos podem ser de autores/as vinculados/as a PPGs localizados no Maranhão;
d) O dossiê pode contar com, no máximo, dois convidado/as estrangeiro/as para tradução de artigo (não necessariamente custeada (s) pela REPOCS), que deverá ser inédito em português e com reconhecida importância na área de estudo;
e) Com exceção dos texto dos convidados, todos os demais artigos serão submetidos à avaliação de dois pareceristas indicados pelo Comitê Editorial da REPOCS;
f) Em caso de artigos coletivos, estes devem ser assinados por, ao menos, um doutor (ou titulação equivalente);
g) Todos os artigos devem cumprir as exigências estabelecidas nas Normas Editorais da Revista Pós Ciências Sociais.

4. Orientações para artigos coletivos

É importante atentar que submissões de artigos escritos por mais de um autor deverão obedecer aos critérios de coautoria adotados pela revista, abaixo especificados. Logo, quando o manuscrito for assinado por mais de um autor, o Comitê Editorial de REPOCS precisa ser informado sobre a contribuição específica de cada autor(a) nas distintas etapas de confecção do mesmo.

Concepção de Coautoria

Consideramos como coautores somente aqueles que deram uma contribuição acadêmica em pelo menos dois dos componentes de uma pesquisa abaixo elencados:

a) Construção do problema e das estratégias metodológicas a serem empregadas;
b) Coleta e processamento dos dados;
c) Análise e interpretação dos dados.

Além disso, exigimos que cada coautor tenha participado diretamente da redação de partes do texto.

É indispensável que cada autor/a leia as versões do texto e esteja de acordo com a versão final submetida, responsabilizando-se para todos os efeitos.

A Comissão Editorial REPOCS se reserva o direito de aceitar ou não a atribuição de coautoria para os respectivos participantes assim declarados.

Sendo assim, os autores de produções coletivas devem enviar, junto com o texto, uma declaração a partir do seguinte modelo.

a) Identificação do texto: Título do texto; nome dos co-autores;
b) Identificação do co-autor: Nome, nacionalidade, documento de identidade, endereço completo;
c) Descrição da participação específica em:

1) concepção e desenho da pesquisa;
2) coleta e processamento dos dados;
3) análise e interpretação dos dados;
4) detalhamento da colaboração na elaboração do texto final;

d) Declaração de que aprova a versão final e assume a co-responsabilidade pela integralidade do conteúdo.

Local, data e assinatura.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.