COMIDA DE SANTO E COMIDA DE BRANCO

Autores

  • Vilson Caetano de Sousa Júnior UFBA

Palavras-chave:

Alimentação ritual. Religiões afro-brasileiras. Cultura negra.

Resumo

A comida e o comer ocupam funções diversasdentro das comunidades de terreiro, ondeas comidas dedicadas aos ancestrais preparadasna chamada “cozinha de santo” diferem,pelo “tratamento” das comidas do diaa dia, ou das “comidas refinadas”, chamadasem algumas casas de “comidas de branco”.As comidas de branco são consumidas emconcorridas celebrações dos terreiros, comono “café” dedicado ao orixá ou a um entequerido; no farto almoço oferecido pelos terreiros;sem esquecer as festividades em quesão contratados serviços de buffets. Eis algunsexemplos da relação antiga e estreitaentre as “comidas de branco” e as “comidasde santo”. A chamada “modernização docostume”, acompanhada pela ostentação deprestígio por algumas lideranças vêm ocasionandoora a substituição ora o desaparecimentodas comidas de santo, em detrimentodas comidas de branco. O presente artigovisa discorrer sobre estas questões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilson Caetano de Sousa Júnior, UFBA

Vilson Caetano de Sousa Júnior é antropólogo,Pós Doutor em Antropologia pela UniversidadeJúlio Mesquita e Professor da UniversidadeFederal da Bahia, onde desenvolve pesquisasna área de Alimentação e Cultura.

Downloads

Publicado

2014-09-25

Como Citar

DE SOUSA JÚNIOR, Vilson Caetano.
COMIDA DE SANTO E COMIDA DE BRANCO
. Revista Pós Ciências Sociais, v. 11, n. 21, 25 Set 2014 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rpcsoc/article/view/2872. Acesso em: 17 jul 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ: Multiculturalismo, Tradição e Modernização em Religiões Afro-Brasileiras