Mineração e captura regulatória: a estratégia da Anglo American em Conceição do Mato Dentro (MG), Brasil

Autores

  • Bruno Milanez
  • Rodrigo Salles Pereira dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.18764/2236-9473.v16n32p69-91

Palavras-chave:

Mineração, Conflitos ambientais, Poder corporativo, Vulnerabilidade institucional, Licenciamento ambiental

Resumo

O artigo discute as transformações nos mercados de commodities ao longo das duas últimas décadas, as estratégias corporativas de adaptação a tais mudanças e seus rebatimentos institucionais. O estudo avalia a implantação e a expansão do Projeto Minas-Rio, da Anglo American, em Conceição do Mato Dentro (MG). A pesquisa é baseada em análise documental, observação participante e entrevistas semiestruturadas, e foca em táticas corporativas voltadas para
influência e controle das instituições e movimentos de contestação, tais como cooptação, controle da informação, judicialização e intimidação. O caso é interpretado como prenúncio da institucionalização da flexibilização do licenciamento ambiental em Minas Gerais. A análise sugere como a fnanceirização vem determinando crescente desterritorialização de empresas extrativas.

Palavras-chave: Mineração. Conflitos ambientais. Poder corporativo. Vulnerabilidade institucional. Licenciamento ambiental.

MINING INDUSTRY AND REGULATORY CAPTURE: ANGLO AMERICAN’S STRATEGY IN CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO (MG), BRAZIL

Abstract

In the text, we discuss the transformations in commodity markets over the last two decades, the adaptive corporate strategies related to those changes, and their institutional outcomes. The study assesses the implementation and expansion of the Anglo American’s Minas-Rio Project in Conceição do Mato Dentro (MG). The research is based on document analysis, participant observation and semi-structured interviews and focuses on corporate tactics aimed at influencing and controlling state organizations and social movements such as co-optation, information control, prosecution and intimidation. We interpret the case as foreshadowing the institutionalization of relaxation procedures towards environmental licensing in Minas Gerais. The
analysis suggests how financialization has been driving the increasing deterritorialization of extractive corporations.

Keywords: Mining. Environmental conflicts. Corporate power. Institutional vulnerability. Environmental licensing. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-12

Como Citar

MILANEZ, Bruno; SANTOS, Rodrigo Salles Pereira dos.
Mineração e captura regulatória: a estratégia da Anglo American em Conceição do Mato Dentro (MG), Brasil
. Revista Pós Ciências Sociais, v. 16, n. 32, p. 69–91, 12 Jan 2020 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rpcsoc/article/view/13238. Acesso em: 22 jul 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ: Como desaparecem os lugares: Mineração e Resistências Populares na América Latina