SABERES TRADICIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS PRATICADOS EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL DA CIDADE DE CODÓ – MARANHÃO

Autores

  • Mayara Pereira Galvão
  • Clara Virginia Vieira Carvalho Oliveira Marques

Palavras-chave:

Saberes Tradicionais, Ensino de Ciências, Ensino Fundamental

Resumo

A educação científica deve proporcionar aos estudantes conhecimentos relacionados aos fenômenos naturais, à saúde, à tecnologia, à sociedade e ao meio ambiente, favorecendo a construção e a ampliação de novos saberes para atuarem de forma crítica e participativa na sociedade. Dessa forma, a escola enquanto espaço formativo dos sujeitos deve configurar sua prática relacionando a teoria e a prática, o ideal e o real, o científico e o cotidiano. Nesse sentido, a presente pesquisa trata sobre Saberes Tradicionais presentes nas aulas de Ciências pela ótica das concepções de professores do Ensino Fundamental de escolas públicas municipais da cidade de Codó/Maranhão. A metodologia abordada foi a qualitativa, utilizando questionários como instrumento de coleta de dados. A organização e interpretação dos dados seguiram a perspectiva de análise de conteúdo, estruturada a partir de categorização de signos para formação de uma rede sistêmica. Verificou-se que a maioria dos professores tem ciência da presença de Saberes Tradicionais impregnados no imaginário e cotidiano escolar; porém, não costumam trabalhar com esses saberes em conexão ao conteúdo curricular das Ciências Naturais. Os professores mencionaram que identificam a presença de trabalhos na escola que aludem acerca de saberes populares, implementados principalmente por meio de projetos, por vezes interdisciplinares e liderados por outras áreas, mas afirmam que pouco se envolveram por não enxergarem ponte de conexão com suas áreas de conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-21

Como Citar

Galvão, M. P., & Marques, C. V. V. C. O. (2021). SABERES TRADICIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS PRATICADOS EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL DA CIDADE DE CODÓ – MARANHÃO. Terra De Pretos, 1(2), 88–106. Recuperado de https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/terradepretos/article/view/17087

Edição

Seção

Artigos