SONDAGEM EMPRESARIAL DOS IMPACTOS DA COVID-19 NO SETOR DE TURISMO NO PARANÁ: o observatório de turismo do Paraná e o protagonismo da informação

Autores

Resumo

A pandemia da COVID-19 surpreendeu o mercado turístico no ano de 2020, com queda significativa da atividade e preocupante impacto econômico para o setor, para além das questões sanitárias. A Rede Brasileira de Observatórios de Turismo – RBOT, criou uma pesquisa online, aplicada por todos os representantes, coordenada pelo Observatório de Turismo do Paraná – OBSTUR/PR. O objetivo é discutir esses resultados da Sondagem Empresarial dos Impactos da COVID-19 e o papel dos observatórios, a fim de conhecer e buscar meios de mitigar os desdobramentos de tais impactos com ênfase no setor de turismo do Paraná. A metodologia foi exploratória baseada no survey descritivo, isolando dados relativos ao Paraná. Como resultados, destacam-se a importância dos observatórios e da informação, além da relevância dessa interação; a predominância das micro e pequenas empresas no turismo e como não foram satisfatoriamente contempladas pelas políticas nacionais de recuperação; e, como principal resultado, a preservação dos empregos mais intensa em empresas menores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Medaglia, Departamento de Turismo da Universidade Federal do Paraná

Doutora em Ciência da Informação pela Escola de Ciência da Informação da UFMG (2017). Possui graduação em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi (1998), Especialização em Marketing Empresarial pela UFSC (2002), Mestrado em Comunicación y Turismo pela Universidad de Malaga, España (2005), além de Especialização em Gestão Social pela UP/Unindus (2008). Atualmente é Professora Adjunto III do Departamento de Turismo da Universidade Federal do Paraná - UFPR (graduação e mestrado). Possui experiência na área de Turismo, com ênfase em Organização da Informação e Gestão do Conhecimento, Educação Superior, Planejamento Estratégico de Marketing e Demanda Turística, atuando principalmente nos seguintes temas: organização da informação em turismo, gestão do conhecimento e turismo, marketing de destinos turísticos, demanda turística real, educação e mercado de trabalho em turismo.

Carlos Eduardo Silveira, Universidade Federal do Paraná

Professor do Bacharelado e da Pós-graduação em Turismo da UFPR

Líder do Grupo de Pesquisa Turismo, Educação, Emprego e Mercado - TEEM

Membro do Grupo de Pesquisa DEMANDATUR

Membro do Observatório de Turismo do Paraná - OBSTUR/UFPR

Bahcarel em Turismo e Hotelaria 

Mestre em Turismo em Países em Desenvolvimento

Doutor em Gestão e Desenvolvimento do Turismo Sustentável

 

 

Referências

BABBIE, Earl. Métodos de pesquisas de Survey. Belo Horizonte: UFMG, 1999.

BRASIL. Ministério do Turismo. Plano Nacional de Turismo: o turismo fazendo muito mais pelo Brasil. Brasília, DF: MTur, 2018.

BREGOLIN, Michel. Turismo e inteligência territorial: aplicação do sistema de capitais para análise de observatórios de turismo da Europa e da América Latina. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade de Caxias do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Caxias do Sul, 2018.

BUHALIS, Dimitrius; LAW, Rob. Progress in information technology and tourism management: 20 years on and 10 years after the Internet - the state of eTourism Research. Tourism Management, v. 29, n. 4, p. 609-623, 2008.

BUHALIS, Dimitrius. Technology in tourism-from information communication technologies to eTourism and smart tourism towards ambient intelligence tourism: a perspective article. Tourism Review, v. 75, n. 1, p. 267-272, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1108/TR-06-2019-0258. Acesso em: 27 ago.2020.

CLEMENTE, Ana; ANDRADE, Lucas; STOPPA, Edmur; SANTOS, Glauber. Políticas públicas frente aos impactos econômicos da COVID-19 no Turismo. Cenário: Revista Interdisciplinar em Turismo e Território, v. 8, n. 14, p.73 – 85, 2020. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/revistacenario/article/view/32210. Acesso em: 27 ago. 2020.

FUJINO, Asa. Gestão de serviços de informação no contexto da cooperação universidade-empresa: reflexões e perspectivas. In: LARA, Marilda L. G. de; FUJINO, Asa; NORONHA, Daisy. P. (org.). Informação e contemporaneidade: perspectivas. Recife: Néctar, 2007.

GANDARA, José; ZEPEDA, Alfonso; MEDINA, Lorena. Experiencia y trabajo del Observatório Turístico de Paraná durante la Copa de Fútbol FIFA 2014 en laciudad de Curitiba (Paraná, Brasil). In: REFLEXIONES e implicaciones prácticas de los observatorios turísticos y gastronómicos. México: Ediciones Eon, 2018.

GARCÊS, Patriciane da S.; CARVALHO, Karoliny D. Os Observatórios do Turismo na Percepção dos stakeholders do município de São Bernardo/MA. Revista Turismo & Cidades, São Luís, v. 2, n. 3, p. 108-127, jan./jun. 2020.

GIONGO, Juliana. A identificação criminal pelo DNA em face da garantia contra a auto incriminação. Revista Eletrônica de Direito Processual – REDP, Rio de Janeiro, ano 10, v. 17, n. 2, p. 377-405, jul./dez. 2016.

GÖSSLING, Stefan; SCOTT, Daniel; HALL, C. Michael. Pandemics, tourism and global change: a rapid assessment of COVID-19. Journal of Sustainable Tourism, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1080/09669582.2020.1758708. Acesso em: 27 ago. 2020.

JARDIM, José Maria. Contornos à meia luz. Transparência e opacidade do Estado no Brasil: usos e desusos da informação governamental. Niterói: EDUFF, 1999.

LLODRÀ-RIERA, Isabel; MARTÍNEZ-RUIZ, María P.; RIMENEZ-ZARCO, Ana I.; IZQUIERDO-YUSTA, Alicia. A multidimensional analysis of the information sources construct and its relevance for destination image formation. Tourism Management, v. 48, p. 319-328, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.tourman.2014.11.012. Acesso em: 27 ago. 2020.

MARTINS, Marcelo. Deficiência da cobrança fiscal no Brasil como estímulo à sonegação: falhas e sugestões de melhoria do modelo em vigor. Revista da Faculdade de Direito da UFMG, v. 61, p. 397 - 423, jul./dez. 2012. Disponível em: https://doi.org/10.12818/P.0304-2340.2012v61. Acesso em: 27 ago. 2020.

MEDAGLIA, Juliana. Os desafios do uso qualificado da informação em turismo: o caso da pesquisa de demanda turística real de Diamantina/MG. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

OBSERVATÓRIO DE TURISMO DO PARANÁ. Sondagem empresarial dos impactos da COVID-19 no setor do Turismo no Paraná. Curitiba: OBSTUR-PR, 2020. Disponível em: https://obsturpr.ufpr.br/portal/noticias/sedagem-empresarial-sobre-impactos-da-covid-19-no-turismo-nacional-e-parananense/. Acesso em: 27 ago.2020.

OLIVEIRA, Rafael A; MIRANDA, Isabela P; AMARAL, João P. S. Gestão da informação: o papel dos observatórios de turismo brasileiros para a tomada de decisão do setor público. Marketing & Tourism Review, v. 1, n. 2, 2016. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.29149/mtr.v1i2.3837. Acesso em: 27 ago.2020.

PANOSSO NETTO, Alexandre; OLIVEIRA, Laize S; SEVERINI, Valéria R. Do overtourism à estagnação. Reflexões sobre a pandemia do Coronavírus e o turismo. Cenário: Revista Interdisciplinar em Turismo e Território, v. 8, n.14, p. 26-43, 2020. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/revistacenario/article/view/32002. Acesso em: 27 ago.2020.

POLIZELLI, Demerval L.; OZAKI, Adalton M. (org.) Sociedade da Informação: os desafios da era da colaboração e da gestão do conhecimento. São Paulo: Saraiva, 2008.

RBOT. Sondagem empresarial dos impactos da COVID-19 no setor do Turismo no Brasil. Curitiba: OBSTUR-PR, 2020. Disponível em: https://obsturpr.ufpr.br/portal/noticias/sedagem-empresarial-sobre-impactos-da-covid-19-no-turismo-nacional-e-parananense/. Acesso em: 27 ago. 2020.

UNWTO. World Tourism Barometer May 2020: special focus on the impact of COVID-19. Madrid: UNWTO, 2020.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Como Citar

MEDAGLIA, Juliana; SILVEIRA, Carlos Eduardo.
SONDAGEM EMPRESARIAL DOS IMPACTOS DA COVID-19 NO SETOR DE TURISMO NO PARANÁ: o observatório de turismo do Paraná e o protagonismo da informação
. Revista Turismo & Cidades, v. 2, p. 153–171, 1 Out 2020 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/turismoecidades/article/view/14785. Acesso em: 22 jul 2024.

Edição

Seção

Edição especial