PROCESSOS E DECISÕES POLÍTICAS DE ENFRENTAMENTO À QUESTÃO DA HABITAÇÃO NA ESCALA DA CIDADE

Autores

  • Camilla Massola Sumi

Palavras-chave:

Políticas públicas, política habitacional, pesquisa documental, Campinas/SP

Resumo

O processo de dualidade da habitação no Brasil com valor de uso para sobrevivência e valor de troca como mercadoria, fez com que o próprio Estado legitimasse o "sonho da casa própria" por meio de políticas habitacionais. Isso levou ao surgimento de um vasto mercado imobiliário, em contradição, a uma parcela significativa da população vivendo em condições precárias. Neste sentido, as dinâmicas urbanas contemporâneas revelam que a moradia se tornou uma questão muitas vezes reduzida ao déficit habitacional, ignorando as desigualdades sociais estruturais. Por isso, este artigo examina as políticas habitacionais adotadas em Campinas, importante município do interior do estado de São Paulo, destacando o desafio da descentralização política e suas implicações nas desigualdades regionais e locais. Para tanto, apresenta um levantamento documental das políticas habitacionais entre pós o período de democratização ao final da pandemia de Covid19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camilla Massola Sumi

Arquiteta e Urbanista, Doutoranda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (IAU-USP). Possui Mestrado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É Pesquisadora do Grupo de Pesquisa SAGEMM (IAUUSP)

Downloads

Publicado

2024-07-11

Como Citar

SUMI, Camilla Massola.
PROCESSOS E DECISÕES POLÍTICAS DE ENFRENTAMENTO À QUESTÃO DA HABITAÇÃO NA ESCALA DA CIDADE
. Revista de Políticas Públicas, v. 28, n. 1, p. 462–476, 11 Jul 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/23985. Acesso em: 22 jul 2024.