HAIDER, Asad. Armadilha da identidade: raça e classe nos dias de hoje. Tradução: Vinicius Liberato. São Paulo: Editora Veneta, 2018. 144 p.

Autores

  • Claudia Alves Durans

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2865.v25n2p788-795

Palavras-chave:

Raça, Identidade, Classe

Resumo

O livro Armadilha da Identidade: raça e classe nos dias de hoje, do autor Asad Haider, filho de paquistaneses e nascido no estado da Pensilvânia-EUA, expõe uma rica e necessária reflexão sobre a questão da identidade, envolvendo duas outras categorias fundamentais: raça e classe. Parte da reflexão sobre sua experiência pessoal desde a infância, com garotos brancos na escola, onde não o reconheciam como do lugar; das férias em Karochi (Paquistão), quando visitava seus familiares e estes apontavam o seu sotaque americano, passa, ainda, pelo 11 de setembro de 2001, data do ataque às torres gêmeas nos EUA, a partir do qual emergiu violenta hostilidade com os de aparência árabe, não interessando se nascido no Iraque, Paquistão etc., todos acusados de terroristas. São acontecimentos que forçaram o autor a pensar sobre a sua identidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-13

Como Citar

DURANS, Claudia Alves.
HAIDER, Asad. Armadilha da identidade: raça e classe nos dias de hoje. Tradução: Vinicius Liberato. São Paulo: Editora Veneta, 2018. 144 p.
Revista de Políticas Públicas, v. 25, n. 2, p. 788–795, 13 Jan 2022Tradução . . Disponível em: . Acesso em: 19 abr 2024.