O FETICHISMO NO CAPITAL A JUROS E NO CAPITAL FICTÍCIO

Autores

  • Mauricio Sabadini

Palavras-chave:

Fetiche, capital a juros, capital fictício, crise

Resumo

O objetivo principal deste artigo é o de problematizar a temática do fetichismo em duas categorias centrais presentes no Livro III de O capital, o capital (portador de) a juros e o capital fictício. Argumenta-se que o desenvolvimento das formas funcionais do capital atinge o ápice do fetichismo no capital fictício que, a nosso ver, possui a fórmula D-D’, dinheiro que gera dinheiro valorizado sem passar pela produção. Para demonstrar tais argumentos, concentramos nossa leitura principalmente em alguns capítulos da Seção V do Livro III de O capital, bem como cotejamos tais capítulos com os Manuscritos de 1864-65

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauricio Sabadini

Professor do Departamento de Economia e do Programa de Pós-Graduação em Política Social (PPGPS) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Pesquisador do CNPq. E-mail: mauricio.sabadini@ufes.br

Downloads

Publicado

2024-07-11

Como Citar

SABADINI, Mauricio.
O FETICHISMO NO CAPITAL A JUROS E NO CAPITAL FICTÍCIO
. Revista de Políticas Públicas, v. 28, n. 1, p. 398–416, 11 Jul 2024 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/23981. Acesso em: 22 jul 2024.