18 ANOS DE PROGRESSO

a construção do programa bolsa família com base em programas precursores

Autores

  • João Vitor Rodrigues Gonçalves Universidade Estadual de Goiás
  • Matheus Britto Froner Universidade Federal de Santa Catarina
  • Liziane Angelotti Meira Escola de Políticas Públicas e Governo da Fundação Getulio Vargas

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2865.v27n1.2023.17

Palavras-chave:

Bolsa Família, pobreza, programas de transferência de renda

Resumo

O Programa Bolsa Família, considerado referência internacional entre os modelos de condicional cash transfer, surge durante o primeiro governo do Partido dos Trabalhadores como resultado da unificação de diversos programas de transferência de renda anteriores que buscavam, sobretudo, romper com o ciclo da pobreza. O presente artigo tem o objetivo de descrever, por meio de um panorama histórico, o processo de construção do programa com base em suas experiências pregressas. Para tanto, utiliza como principal estratégia metodológica, a análise qualiquantitativa, com foco nos principais programas e iniciativas implementadas entre 1991 e 2003. Durante os 18 anos em que permaneceu em atividade, identifica que o programa contribuiu, em conjunto com as diversas políticas sociais implementadas, na redução dos índices gerais de pobreza e no fortalecimento do pacto federativo brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-17

Como Citar

Gonçalves, J. V. R., Froner, M. B., & Meira, L. A. (2023). 18 ANOS DE PROGRESSO: a construção do programa bolsa família com base em programas precursores. Revista De Políticas Públicas, 27(1), 283–304. https://doi.org/10.18764/2178-2865.v27n1.2023.17