AGROTÓXICOS, SAÚDE E AMBIENTE: ação estratégica e políticas públicas em territórios do agronegócio

Autores

  • Marcia Leopoldina Montanari Corrêa
  • Wanderlei Antônio Pignati
  • Marta Gislene Pignatti
  • Francco Antônio Neri de Sousa Lima

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2865.v24n1p11-27

Palavras-chave:

Política Pública, Agrotóxicos, Saúde e ambiente

Resumo

A exposição aos agrotóxicos demanda a ação integrada de prevenção, vigilância e controle na redução das consequências à saúde. O estudo analisou as ações dos agentes governamentais e da sociedade civil na implementação das políticas públicas de saúde e ambiente quanto ao uso de agrotóxicos em municípios mato-grossenses. Realizou entrevistas com vinte e sete interlocutores, interpretadas por Análise de Conteúdo Temática, a partir da Teoria da Ação Comunicativa. As categorias analisadas, Vulnerabilidades na Saúde e Ambiente, Desafios das Políticas Públicas, Hegemonia política e econômica do agronegócio, evidenciaram as dificuldades na estruturação da atenção e vigilância em saúde, ausência de participação social e ausência de ações intersetoriais. Concluiu que a influência de representantes do agronegócio na ação política local contribui para invisibilização estrutural do tema.

Palavras-chave: Política Pública. Agrotóxicos. Saúde e Ambiente.

PESTICIDES, HEALTH AND ENVIRONMENT: strategic action and public policies in agribusiness territories

Abstract

Exposure to pesticides demands integrated prevention, surveillance and control actions to reduce health consequences. The study analyzed the actions of government agents and civil society in the implementation of public health and environment policies regarding the use of pesticides in Mato Grosso municipalities. Interviews were conducted with twenty-seven interlocutors, interpreted by Thematic Content Analysis, based on the Communicative Action Theory. The categories analyzed, Vulnerabilities in Health and Environment, Challenges of Public Policies, Political and economic hegemony of agribusiness, evidenced the difficulties in structuring health care and surveillance, absence of social participation and absence of intersectoral actions. It is concluded that the influence of agribusiness representatives on local political action
contributes to the structural invisibility of the theme.

Keywords: Public Policy. Pesticides. Health and Environment.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-24

Como Citar

CORRÊA, Marcia Leopoldina Montanari; PIGNATI, Wanderlei Antônio; PIGNATTI, Marta Gislene; LIMA, Francco Antônio Neri de Sousa.
AGROTÓXICOS, SAÚDE E AMBIENTE: ação estratégica e políticas públicas em territórios do agronegócio
. Revista de Políticas Públicas, v. 24, n. 1, p. 11–27, 24 Jun 2020 Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/14363. Acesso em: 17 jul 2024.