DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL DE UMA POPULAÇÃO RIBEIRINHA URBANA DO RIO PINDARÉ, ESTADO DO MARANHÃO

Autores

  • Milena Mária Assunção Universidade Federal do Maranhão – UFMA.
  • Larissa Nascimento Barreto Universidade Federal do Maranhão – UFMA
  • Felipe Morais Addum Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – IFES/Colatina
  • Antonio Cordeiro Feitosa Universidade Federal do Maranhão – UFMA
  • Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues Universidade Federal do Maranhão – UFMA

DOI:

https://doi.org/10.18764/2446-6549.v2n7p96-114

Palavras-chave:

População Ribeirinha, Ambiente, Saneamento, Pindaré-Mirim-MA

Resumo

O rio Pindaré integra o conjunto de cursos fluviais que desaguam no Golfão Maranhense, utilizados historicamente pela população, ao longo dos processos de ocupação e povoamento do território norte maranhense. Neste contexto foi edificada a cidade de Pindaré-Mirim, localizada às margens do rio Pindaré, que se utiliza das águas do rio para usos diversos em que incluem o sustento, transporte e lazer. Com o crescimento populacional, o ambiente fluvial vem sofrendo impactos negativos que interferem na qualidade ambiental e de vida. No presente estudo, analisa-se a percepção dos moradores em relação aos problemas ambientais e sanitários na área urbana ribeirinha de Pindaré, com base no diagnóstico socioambiental, procurando identificar tais problemas especificamente no bairro Beira Rio. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa e qualitativa. Foram aplicados questionários com 103 famílias, tendo como critério de inclusão morar há mais de cinco anos no bairro. Os dados coletados foram analisados por meio de estatística descritiva; os dados qualitativos, mais representativos, foram expressos através das falas dos informantes. Utilizou-se uma matriz de inter-relação homem e ambiente e registros fotográficos. Os problemas mais citados foram identificados nas falas dos informantes que apontaram os impactos negativos relacionados ao esgoto a céu aberto, acúmulo de lixo e o rio contaminado. De forma similar a matriz de inter-relação identificou as modificações ambientais e na qualidade de vida do bairro. Conclui-se que os impactos ambientais e sanitários identificados são de
responsabilidade dos moradores e poder público, sendo necessário o planejamento integrado dos mais diversos setores e atores sociais para resolução dos problemas.

Palavras-chave: População Ribeirinha; Ambiente; Saneamento; Pindaré-Mirim-MA.

SOCIOENVIRONMENTAL DIAGNOSTIC OF A RIVERSIDE URBAN POPULATION OF THE PINDARÉ RIVER, MARANHÃO STATE.

ABSTRACT
The Pindaré River integrates the group of fluvial courses that drain towards the Gulf of Maranhão, historically used by the population throughout the occupation and settlement processes of the northern Maranhão State’s territory. In this context the Pindaré-Mirim city was built, located at the margins of the Pindaré River using its waters for several uses including sustenance, transportation, and leisure. With the population growth the fluvial environment has been suffering negative impacts that interfere with the environmental and life quality. In the present study, the resident’s perception regarding environmental and sanitary problems in Pindaré’s urban riverside area are analyzed, based on the socioenvironmental diagnostic, aiming at identifying such problems, specifically in the Beira Rio neighborhood. This study is an exploratory and descriptive research using the quantitative and qualitative approaches. A total of 103 families that lived in the neighborhood for at least five years were interviewed. Data collected were analyzed through descriptive statistics; the qualitative data, more representative, were expressed by the informant’s words. An inter-relationship matrix between man and environment was used together with photographic records. The most commonly cited problems identified by the interviewed were the negative impacts associated to the lack of sanitation, garbage accumulation and contaminated water from the river. In a similar manner, the inter-relationship matrix identified the environmental changes and the neighborhood’s quality of life. It is concluded that the environmental and sanitary impacts identified are of the residents and the local government’s responsibility. Integrated planning from several sectors and social actors is needed in order to solve the problems shown.

Keywords: Riverside Population; Environment; Sanitation; Pindaré-Mirim-MA.


DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL DE UNA POBLACIÓN RIBEIRINHA URBANA DEL RÍO PINDARÉ, ESTADO DEL MARANHÃO

RESUMEN
El río Pindaré integra el conjunto de cursos fluviales que desaguan en el Golfão Maranhense, utilizados históricamente por la población, a lo largo de los procesos de ocupación y poblamiento del territorio norte maranhense. En este contexto fue edificada la ciudad de Pindaré-Mirim, ubicada a orillas del río Pindaré, que se utiliza de las aguas del río para usos diversos en que incluyen el sustento, transporte y ocio. Con el crecimiento poblacional, el ambiente fluvial viene sufriendo impactos negativos que interfieren en la calidad ambiental y de vida. En el presente estudio se analiza la percepción de los habitantes en relación a los problemas ambientales y sanitarios en el área urbana ribereña de Pindaré, con base en el diagnóstico socioambiental, buscando identificar tales problemas específicamente en el barrio Beira Rio. Se trata de una investigación exploratoria y descriptiva, con abordaje cuantitativo y cualitativo. Se aplicaron cuestionarios con 103 familias, teniendo como criterio de inclusión morar desde hace más de cinco años en el barrio. Los datos recolectados fueron analizados por medio de estadística descriptiva; Los datos cualitativos, más representativos, se expresaron a través de las palabras de los informantes. Se utilizó una matriz de interrelación hombre y ambiente y registros fotográficos. Los problemas más citados fueron identificados en las palabras de los informantes que apuntaron los impactos negativos relacionados con el alcantarillado a cielo abierto, la acumulación de basura y el río contaminado. De forma similar la matriz de interrelación identificó las modificaciones ambientales y en la calidad de vida del barrio. Se concluye que los impactos ambientales y sanitarios identificados son de responsabilidad de los habitantes y poder público, siendo necesario la planificación integrada de los más diversos sectores y actores sociales para la resolución de los problemas.

Palabras clave: Población Ribereña; Entorno; Saneamiento; Pindaré-Mirim-MA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Mária Assunção, Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Mestra em Saúde e Ambiente pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Larissa Nascimento Barreto, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Doutora em Ecologia pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. Professora Associada da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Felipe Morais Addum, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – IFES/Colatina

Mestre em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – IFES/Colatina.

Antonio Cordeiro Feitosa, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP/Rio Claro. Professor Associado da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Doutora em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo – USP. Professora Associada da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Downloads

Publicado

2017-07-31

Como Citar

Assunção, M. M., Barreto, L. N., Addum, F. M., Feitosa, A. C., & Rodrigues, Z. M. R. (2017). DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL DE UMA POPULAÇÃO RIBEIRINHA URBANA DO RIO PINDARÉ, ESTADO DO MARANHÃO. InterEspaço: Revista De Geografia E Interdisciplinaridade, 2(7), 96–114. https://doi.org/10.18764/2446-6549.v2n7p96-114

Edição

Seção

Geografia e Análise Ambiental