As Américas do General

um estudo da construção de uma memória histórica por José Ignacio de Abreu e Lima na missiva para José António Páez, 1868

Autores

  • Paulo Montini Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Diogo Cunha

Palavras-chave:

Abreu e Lima, Memória de si, Guerras de Independência latino-americanas, Correspondência

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar uma carta de José Ignacio de Abreu e Lima (1794-1869) ao venezuelano José António Páez (1790-1873) publicada em O Novo Mundo, periódico mensal lançado nos Estados Unidos por José Carlos Rodrigues (1844-1923) em abril de 1873. Partimos da seguinte questão: como Abreu e Lima, nesta missiva de 1868, se edifica enquanto ator histórico e labuta um projeto de memória de si? Para respondê-la, examinamos como o general construiu um projeto de memória reconstituindo sua trajetória em três momentos sucessivos: (i) durante as guerras de independência latino-americanas entre os anos 1820 e 1830; (ii) durante o período regencial, quando se instalou no Rio de Janeiro após uma passagem pela Filadélfia; e enfim (iii) no Recife, nos anos 1840, período de efervescência político-partidária que culminou na Insurreição Praieira. O estudo mostra que Abreu e Lima construiu o seu percurso memorialístico assumindo de forma consciente a sua biografia como a de um fiel bolivarista, historicizando seus próprios passos e fazendo projeções àquilo que em sua leitura se delineava no horizonte político do país e, no fim, para si mesmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU E LIMA, José Ignacio de. Compendio da Historia do Brasil I. Rio de Janeiro: Typographia de Laemmert, 1843.

______. Petición de José Ignacio Ribeiro de Abreu e Lima. In: Manuel Pérez Vila (org.). Bolívar y su época (Cartas y testimonios de extranjeros notables), Caracas: Publicaciones de la Secretaria General de la Décima Conferencia Interamericana, tomo I, 1953.

ALTEZ, Rogelio. El Bolívar que no fue. Auge y caída de Antonio Leocadio Gúzman en la política venezolana del siglo XIX. Presente y Pasado, Mérida, nº 46, Jul-Dez 2018.

ASCIUTTI, Mônica Maria Rinaldi. Um perfil do jornal e do seu criador, José Carlos Rodrigues. In: Um lugar para o periódico O Novo Mundo (Nova Iorque, 1870-1879). Dissertação de Mestrado (História). São Paulo, USP, 2010.

BANKO, Catalina. Las municipalidades y el movimiento separatista venezolano. Mañongo, nº 24, 2005.

BRUNI, Sergio. O mui desassossegado Senhor General: a vida de José Inácio de Abreu e Lima. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.

CANDAU, Joël. Memória e identidade. São Paulo: Contexto, 2019.

CATROGA, Fernando. Memória, história e historiografia. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2015.

______. Os passos do homem como restolho do tempo: memória e fim do fim da história. Coimbra: Almedina, 2009.

CHACON, Vamireh. Abreu e Lima: general de Bolívar. Recife: CEPE, 2007.

COSTA, Francisco Augusto Pereira da. José Ignacio de Abreu e Lima. In: Diccionario biographico de pernambucanos celebres. Recife: Typographia Universal, 1882.

DEAS, Malcom. A Venezuela, a Colômbia e o Equador: o primeiro meio século de independência. In: BETHELL, Leslie (org.). História da América Latina: Da Independência a 1870. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2018.

FREDRIGO, Fabiana de Souza. Guerras e escritas: a correspondência de Simón Bolívar (1799-1830). São Paulo: Ed. UNESP, 2010.

MELLO, Evaldo Cabral de. O norte e a política de imigração. In: O Norte agrário e o Império. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999.

MELLO, Urbano Sabino Pessoa de. Apreciação da Revolta Praieira em Pernambuco. Rio de Janeiro: Typ. do Correio Mercantil, 1849.

MEMORIAS DE VENEZUELA. Caracas: Fundación Imprenta de la Cultura, 2019. Disponível em: http://cnh.gob.ve/images/CNH/th/RMV65-03-WEB.pdf, Acesso em: 22 mai. 2023.

O NOVO MUNDO: PERIODICO ILLUSTRADO DO PROGRESSO DA EDADE. Nova Iorque: James Sutton Co., 1873. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=122815&pasta=ano%20187&pesq=&pagfis=511. Acesso em: 22 mai. 2023.

POLO, Marco Manuel Forero. José María Córdova: ¿Prócer o Conspirador?. Goliardos, Bogotá, nº 13, 2010.

RÜSEN, Jörn. Teoria da História: uma teoria da história como ciência. Curitiba: Editora UFPR, 2015.

THIBAULD, Clément. Federalismo-Colombia. In: SEBASTIÁN, Javier Fernández (org.). Diccionario político y social del mundo iberoamericano: la era de las revoluciones, 1750-1850. Madrid: Fundación Carolina: Sociedad Estatal de Conmemoraciones Culturales: Centro de Estudios Políticos y Constitucionales, 2009.

Downloads

Publicado

2024-03-11

Como Citar

Montini, P., & Arruda Carneiro da Cunha, D. (2024). As Américas do General: um estudo da construção de uma memória histórica por José Ignacio de Abreu e Lima na missiva para José António Páez, 1868. Revista Brasileira Do Caribe, 24(47), 103–134. Recuperado de https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rbrascaribe/article/view/22286