Alterações estruturais na folha de Ficus benjamina L. durante a infestação de Gynaikothrips ficorum (Marchal) (Thysanoptera: Phlaeothripidae)

Autores

  • Camila Ferreira Pontes Bezerra
  • Isabela Almeida Ramos Universidade Federal do Maranhão
  • Max Valério Dora Barbosa Museu Nacional/UFRJ
  • André Luiz Silva Universidade Federal do Maranhão - UFMA

DOI:

https://doi.org/10.0000/rtcab.v7i2.1308

Palavras-chave:

Anatomia vegetal, galha, galhadores

Resumo

A ocorrência de galhas é relativamente comum nas folhas de algumas espécies do gênero Ficus, sendo seu principal agente causador espécies do gênero Gynaikothrips. Foram avaliados indivíduos adultos de Ficus benjamina infestados por G. ficorum, escolhidos aleatoriamente de árvores de até quatro metros de altura em vários estágios de predação com base na presença de lesões e no dobramento da lâmina foliar. Nas folhas saudáveis, a epiderme em ambas as faces é pluriestratificada e apresenta células arredondadas revestidas por cutícula delgada e mesófilo dorsiventral. Em folhas infestadas, as células do mesofilo, próximo aos pontos de lesão, apresentam hipertrofia e o tecido, como um todo, hiperplasia. As galhas em F. benjamina são rudimentares, pois não há formação de novos tecidos após a infestação por G. ficorum, o que é comum a outras espécies vegetais atacadas por estes insetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Luiz Silva, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Formado em Ciências Biológicas pela UFRJ, Mestre e Doutor em Botânica pelo Museu Nacional/UFRJ. Experiência em biologia reprodutiva vegetal, botânica estrutural, etnobotânica e sistemática vegetal.

Publicado

2013-12-14

Como Citar

Pontes, C. F., Ramos, I. A., Barbosa, M. V. D., & Silva, A. L. (2013). Alterações estruturais na folha de Ficus benjamina L. durante a infestação de Gynaikothrips ficorum (Marchal) (Thysanoptera: Phlaeothripidae). Revista Trópica: Ciências Agrárias E Biológicas, 7(2). https://doi.org/10.0000/rtcab.v7i2.1308

Edição

Seção

Botânica