Análise da viabilidade econômica de uma instalação de concentração de vinhaça

Autores

  • Thiago Ometto Zorzenoni Dedini S/A Indústrias de Base
  • Edjane Gonçalves de Freitas Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
  • Ana Paula Meletti Uni-Systems do Brasil Ltda
  • Daiane de Cinque Mariano Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Ricardo Shigueru Okumura Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Paulo Vicente Contador Zaccheo Instituto Agronômico do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.0000/rtcab.v8i2.1129

Palavras-chave:

Saccharum officinarum L., etanol, indústria sucroalcooleira.

Resumo

Com o advento da norma técnica da CETESB P4.231, que controla a aplicação de vinhaça no solo, as destilarias terão que transportar o excedente de vinhaça para áreas mais distantes da usina, o que poderá impactar no aumento dos custos de produção.  Assim, para se enquadrar neste novo contexto, uma opção é a concentração da vinhaça, processo que reduz o teor de água e, consequentemente, aumenta a concentração de nutrientes, reduzindo o volume de vinhaça a ser transportado. O objetivo desse trabalho foi analisar a viabilidade econômica dessa tecnologia, considerando uma instalação de uma planta de concentração de vinhaça para uma destilaria de 900.000 litros dia-1, com um parque industrial para moagem de 2.000.000 de toneladas de cana, por safra. O projeto foi concebido para concentrar o volume de vinhaça para aplicação em áreas mais distantes da unidade, com a proposta de concentrar 25% da vinhaça produzida pela destilaria. Para avaliação econômica do projeto, foram utilizados os seguintes métodos: valor presente líquido (VPL), tempo de retorno do capital (payback descontado) e taxa interna de retorno (TIR). Para o período de 10 anos, os resultados obtidos foram: TIR igual à 53,19%, VPL igual à R$ 20.919.864,96 para uma taxa de desconto de 5,39% e o periodo de payback descontado de aproximadamente quatro anos. Concluiu-se que o projeto é viável economicamente e poderá ser executado por unidades que atendam as premissas do projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Ometto Zorzenoni, Dedini S/A Indústrias de Base

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2006), especialização em Investimento, Planejamento e Gestão no Complexo Agroindustrial Sucroalcooleiro pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (2010). Atualmente é Engenheiro de Vendas na DEDINI S/A Indústrias de Base. Possui experiência no desenvolvimento de projetos e produção de biodiesel.

Edjane Gonçalves de Freitas, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Engenheira Agrônoma, formada pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2006). Mestre em Estatística e Experimentação Agronômica pelo Departamento de Ciências Exatas da Esalq-USP (2008). Possui especialização em Gestão e Investimento no Setor Sucroalcooleiro pela Esalq-USP (2010). Iniciou sua carreira como pesquisadora do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar do Departamento de Biotecnologia Vegetal da Universidade Federal de São Carlos - PMGCA/UFSCar (2006). Atualmente é doutoranda do Departamento de Genética e Melhoramento de Plantas da Esalq-USP. Tem experiência na área de Estatística e Experimentação Agrícola e Genética, atuando principalmente nos seguintes temas: Análise Estatística de Experimentos, Melhoramento Genético e Genética Quantitativa.

Daiane de Cinque Mariano, Universidade do Estado de Mato Grosso

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (2006). Mestrado em Agronomia, área de concentração Produção Vegetal e dissertação com ênfase em Águas residuárias - UEM (2009). Doutoranda em Agronomia, área de concentração Produção Vegetal - UEM e Docente da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT.

Ricardo Shigueru Okumura, Universidade Federal Rural da Amazônia

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2006), mestrado em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2009) e doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2012). Atualmente, é Professor Adjunto I da Universidade Federal Rural da Amazônia.

Paulo Vicente Contador Zaccheo, Instituto Agronômico do Paraná

Graduado em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina - UEL (2006). Mestre em Agronomia - Área de concentração em Fitotecnia - pela UEL (2011). Possui Aperfeiçoamento em Produção Vegetal: ênfase em cana-de-açúcar e Residência em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ (2008). Atualmente é Doutorando do PPG em Agronomia da UEL e Profissional de Ciência e Tecnologia do Instituto Agronômico do Paraná - IAPAR, atuando na Área de Difusão de Tecnologia. Tem experiência na área de Agronomia com ênfase em manejo e tratos culturais, avaliação de raízes, manejo e conservação do solo.

Downloads

Publicado

2014-12-16

Como Citar

Zorzenoni, T. O., Freitas, E. G. de, Meletti, A. P., Mariano, D. de C., Okumura, R. S., & Zaccheo, P. V. C. (2014). Análise da viabilidade econômica de uma instalação de concentração de vinhaça. Revista Trópica: Ciências Agrárias E Biológicas, 8(2). https://doi.org/10.0000/rtcab.v8i2.1129

Edição

Seção

Zootecnia