Sobre a Revista

Foco e Escopo

 

A Kwanissa – Revista de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros é uma revista científica vinculada à Licenciatura em Estudos Africanos e Afro-Brasileiros da Universidade Federal do Maranhão.

O periódico tem como foco a publicação de artigos, resenhas, relatos de experiências, ensaios que debatam: História e Cultura Africana e Afro-Diaspórica; Relações étnico-raciais; Educação das relações étnico-raciais e as leis 10.639/03 e 11.645/08; Legislações referentes às diretrizes de educação das relações étnico raciais e de educação quilombola; Políticas Públicas de promoção da igualdade racial; Além de estudos que envolvam a diáspora africana em sua amplitude, com temas acerca do território, cultura, religião, conflitos, ciências de forma geral abrangendo a diáspora. A revista também tem como foco temas acerca do gênero e suas interseccionalidades; Direito e políticas na diáspora africana.

O continente africano é também referência de publicação na revista, com a publicação de textos que abranjam esse território, passando pela multidisciplinaridade, assim, geografia, ciências naturais e da saúde, ciências sociais, história, arqueologia, dentre outras são de interesse do periódico para a publicação.

Processo de Avaliação pelos Pares

 

O Processo de Avaliação por Pares e às cegas é utilizado na KWANISSA, com o intuito de garantir credibilidade na avaliação, evitando problemas de parcialidade. Dessa maneira, os/as autores/as, bem como os/as revisores/as, devem tomar todos os cuidados contidos nas instruções, tanto na submissão pelo/a autor/a, como no envio pelo/a editor/a e na resposta do/a avaliador/a, para que não haja a revelação das respectivas identidades no processo de avaliação. Isto exige que autores/as, editores/as e avaliadores/as (passíveis de enviar documentos para o sistema, como parte do processo de avaliação) tomem algumas precauções com o texto e as propriedades do documento: 

Os/as autores/as devem excluir do corpo do documento a informação da autoria (apenas constando na primeira folha), bem como, excluir qualquer referência ao seu nome, podendo substituir, quando for o caso, por apenas "Autor/a" e o respectivo ano de publicação.

Em documentos do Microsoft Office, a identificação do autor deve ser removida das propriedades do documento (no menu Arquivo > Propriedades), iniciando em Arquivo, no menu principal, e clicando na sequência: Aqruivo > Salvar como. > Ferramentas (ou Opções no Mac) > Opções de segurança. > Remover informações pessoais do arquivo ao salvar > OK > Salvar.

Em PDFs, os nomes dos autores também devem ser removidos das Propriedades do Documento, em Arquivo no menu principal do Adobe Acrobat.

Cada artigo apresentado à revista para publicação será avaliado no mínimo por dois/duas conselheiros/as científicos/as. Havendo disparidades nas avaliações, será solicitado um/a terceiro/a avaliador/a para efetuar suas considerações. Com base nas avaliações, o/a conselho/a editorial o aceitará, rejeitará ou ainda, solicitará alterações.

Após avaliação, o original receberá, pautado nas avaliações, as seguintes recomendações: aceitar, correções obrigatórias, submeter novamente para avaliação, enviar para outra revista ou rejeitar.

O/a editor/a informará cada um/a dos/as autores/as sobre a situação do texto submetido e, em caso de aceite e atendimento das solicitações feitas pelos/as avaliadores/as e a editoria, dará início ao processo de editoração do trabalho e com vistas à publicá-lo na plataforma. Nesse processo, é imprescindível a participação do (a) autor (a) no atendimento das solicitações.

Política de Isenção de Taxas

A Kwanissa: Revista de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros não cobra taxas para processamento de artigos (APCs - Article processing), nem para sua disponibilização aos autores e demais leitores.