PARA UMA AVALIAÇÃO DO CHATGPT COMO FERRAMENTA AUXILIAR DE ESCRITA DE TEXTOS ACADÉMICOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18764/2526-6160v22n1.2023.6

Palavras-chave:

escrita académica, ChatGPT, inteligência artificial, processamento de Linguagem Natural

Resumo

Este trabalho reflete sobre a escrita humana de textos quando apoiada por uma inteligência artificial (IA) que utilize o Processamento de Linguagem Natural. Após uma breve contextualização teórica, concretiza-se o desenho metodológico. Este procedimento requer que o chatbot "CHATGPT" escreva uma introdução para um artigo científico com base em um determinado abstract. De seguida, é realizada uma análise qualitativa entre a obra do autor humano e o texto gerado pelo ChatGPT, que implementa modelos de linguagem natural. Finalmente, as capacidades do ChatGPT como ferramenta auxiliar para a escrita académica são avaliadas e comparadas.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro d'Alte, Universidade do Minho Instituto Politécnico de Macau

Doutoramento em Estudos da Criança pela Universidade do Minho, Portugal (2020); Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares pela Universidade Aberta, Portugal (2015); Licenciatura em Professor de Ensino Básico de Português-Inglês pela Escola Superior de Educação do Porto (2009); Membro CIEC - Universidade do Minho, Portugal; Professor no Instituto Politécnico de Macau, China.

Lia d'Alte, Universidade Aberta

Mestranda em Estudos de Língua Portuguesa, na Universidade Aberta, Portugal. Pós-graduada em Ciências da Educação – Promoção e Mediação da Leitura, na Escola Superior de Educação João de Deus, Portugal. Colabora, atualmente, com a Escola Portuguesa de Macau. 

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BLAYER, I.; GAGO, D. Espaços e estórias na obra de Rodrigo Leal de Carvalho: encontro com o escritor. Interdisciplinary journal of Portuguese Diaspora Studies,[S. l.] , n. 5, p. 111-124, 2016.

CAMPA, R. The rise of social robots: a review of the recent literature. Journal of Evolution and Technology, n. 26, p. 106–113, 2016.

CHAROLLES, M. Le résumé de texte scolaire: functions et principes délaboration. Pratiques, n. 72, p. 7-27, 1991.

COUTINHO, C. P. Metodologia de investigação em ciências sociais e humanas: teoria e prática. Coimbra: Almedina, 2014.

D’ALTE, P. A MULHER e a Guerra do Pacífico. Leituras da representação feminina nas obras de Luís Cardoso e de Rodrigo Leal de Carvalho. Revista Rascunhos Culturais, v. 13, n. 26, p. 154-186, 2023.

D’ALTE, P. Inteligência artificial e poesia: uma reflexão sobre o caso dos “Poetry bots”. Revista 2i: estudos de identidade e intermedialidade, v. 2, n. 2, p. 165-177, 2020.

D’ALTE, P. FIGURAÇÕES da mulher na literatura de expressão portuguesa a Oriente: os casos de Luís Cardoso e de Senna Fernandes. E-Rei, revista de estudos interculturais, v. 10, p. 1-22, 2022.

D’ALTE, P. FIGURAÇÕES da mulher nos contos macaenses de Conceição, Ondina Braga e Senna Fernandes. Asas da palavra, v. 18, n. 2, p. 20-36, 2021.

GAGO, D. Travessias identitárias: representações dos refugiados em Macau na obra de Rodrigo Leal de Carvalho. ALEA, v. 20, n. 3, p. 277-298, 2018.

GYÖRGY, M.; SZŰTS, Z. What Is the Worth of Digital Content and Online Curriculum for Students? Lessons from survey conducted at BME. In: Autoria, SISY 2016; IEEE 14th International Symposium on Intelligent Systems and Informatics. Szabadka, Serbia, p. 29–31. ago. 2016; p. 245–250, 2016.

HALPERIN, R. Reading and writing poetry: The recommendations of noted poets from many lands on the teaching of poetry in secondary schools. France: Unesco, 2005.

KANDA, T.; ISHIGURO, H. Human-robot interaction in social robotics. Boca Raton: CRC Press, 2013.

KAUFMAN, D.; SANTAELLA, L. O papel dos algoritmos de inteligência artificial nas redes sociais. Revista Famecos, n. 27, p. 1-10, 2020.

LABORINHO, A. P. Notas para um Requiem. In: Carvalho, R. L. Requiem por Irina Ostrakoff. Macau: Livros do Oriente, 2015.

LÉVY, P. O que é virtual?. São Paulo: Editora 34, 1997.

MUTHUKRISHNAN, N.; MALEKI, F.; OVENS, K.; REINHOLD, C.; FORGHAINI, B.; FORGHANI, R. Brief History of Artificial Intelligence. Neuroimaging Clinics of North America, v. 30, n. 4, p. 393-399, 2020.

OPENAI. ChatGPT (Default 3.5 versão de fevereiro). [Large language model], 2023.

PEREIRA, S.J.C. O delta literário de Macau. Macau: IPM, 2015.

RAMON, M. Centro e periferia da biblioteca lusógrafa. A literatura de Macau no sistema literário em língua portuguesa. Rotas a Oriente. Revista de estudos sino-portugueses,1, 119-132, 2021.

RIBEIRO, A. S.; MARTINS, J.; SOUZA, A. G. Possibilidades e Limites para Ensino de Programação Computacional nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. In: VI Simpósio Internacional de Educação e comunicação, 8., 2017. Anais [...].

Aracaju/SE: SIMEDUC, 2017.

SGOBBI, F. S.; NUNES, F. B.; BOS, A. S.; BERNARDI, G.; TAROUCO, L. M. R. Interação com artefatos e personagens artificiais em mundos virtuais. Brazilian Symposium on Computers in Education, p. 642-651, 2014.

WEIZENBAUM, J. E. A computer program for the study of natural communication between man and machine. Communications of AMC, v. 9, n. 1, p. 36-45, 1966.

Downloads

Publicado

2023-06-28

Como Citar

d’Alte, P., & d’Alte, L. (2023). PARA UMA AVALIAÇÃO DO CHATGPT COMO FERRAMENTA AUXILIAR DE ESCRITA DE TEXTOS ACADÉMICOS. Revista Bibliomar, 22(1), 122–138. https://doi.org/10.18764/2526-6160v22n1.2023.6

Edição

Seção

Artigos