Mal-Estar Docente: reflexões sobre os desconfortos presentes no desempenho da profissão

Autores

  • Terezinha do Socorro Lira Pereira Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.
  • Alessandra Lima Aguiar Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.
  • Sinara Almeida da Costa Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.

DOI:

https://doi.org/10.18764/

Palavras-chave:

Mal-estar, Professor, Desassossego.

Resumo

O presente estudo tem como objetivo investigar alguns referenciais que apontam as ocorrências do mal-estar docente, uma vivência há muito tempo recorrente, que somente nos últimos anos iniciaram se os estudos e atenção voltados para este tema. Este trabalho pauta-se em uma pesquisa bibliográfica, por meio de referenciais teóricos, que abordam o tema, bem como conceitos, fatores que contribuem e as atitudes dos professores diante desse mal-estar. A expressão mal-estar docente, embora exista há vários anos, do ponto de vista epistemológico, nunca foi vista como objeto de estudo pela ciência. Somente nas últimas décadas, alguns pesquisadores dedicaram seus estudos a esta abordagem. Atualmente, percebe-se que alguns autores estão preocupados em centralizar e explicar as bases de estudo sobre este assunto. De acordo com Esteve (1999), a expressão mal-estar docente é empregada para descrever os efeitos permanentes, de caráter negativo, que afetam a personalidade do professor, resultantes das condições psicológicas e sociais em que exercem a docência, no contexto de mudanças sociais aceleradas, no que tange à educação.

Palavras-chave: Mal-estar. Professor. Desassossego.

ABSTRACT

The present study aims to investigate some references that point to instances of teacher malaise, an experience recurring long time, but only in recent years started the studies and attention toward this subject. This work is guided on a bibliographical research, through theoretical frameworks that address as well, concepts, contributing factors and attitudes of teachers on this malaise. The teacher malaise expression, although  existing for several years, from the epistemological point of view, has never been seen as an object of study for science. Only in recent decades, some researchers have devoted their studies on this approach. Currently, it is clear that some authors are concerned to centralize and explain the study bases on this. According to Esteve (1999), teacher malaise expression is used to describe the permanent effects of negative character, which affect the teacher’s personality resulting from psychological and social conditions in which they are teaching, in the context of accelerated social change, with respect to education.

Keywords: Profession. Teacher. Unrest.

RESUMEN

El presente estudio tiene como objetivo investigar algunos referenciales que apuntan a los casos de malestar docente, una experiencia recurrente desde hace mucho tiempo, pero sólo en los últimos años empezaron los estudios y la atención devuelta para este tema. Este trabajo está guiado en una investigación bibliográfica, a través de marcos teóricos, que abordan el tema, así como los conceptos, factores que contribuyen y las actitudes de los maestros delante de ese malestar. La expresión malestar docente, aunque exista desde hace varios años, desde el punto de vista epistemológico nunca ha sido vista como objeto de estudio para la ciencia. Solamente en las últimas décadas algunos investigadores han dedicado sus estudios sobre este enfoque. Actualmente, está claro que algunos autores están preocupados en  centralizar y explicar las bases de estudio sobre tema. Según Esteve (1999), la expresión malestar docente se utiliza para describir los efectos permanentes, de carácter negativo, que afectan la personalidad del maestro, resultante de las condiciones psicológicas y sociales en que ejercen la docencia, en el contexto de cambios sociales acelerados, con respecto a la educación.

Palabras clave: Malestar. Maestro. Desasosiego.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Terezinha do Socorro Lira Pereira, Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UFOPA.

Alessandra Lima Aguiar, Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UFOPA.

Sinara Almeida da Costa, Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA.

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UFOPA.

Downloads

Como Citar

Pereira, T. do S. L., Aguiar, A. L., & Costa, S. A. da. (2016). Mal-Estar Docente: reflexões sobre os desconfortos presentes no desempenho da profissão. Revista Educação E Emancipação, p. 161–181. https://doi.org/10.18764/

Edição

Seção

Artigos